NBA: Kings precisam de manobra arriscada para não entregar Sabonis a rivais

Paola Zanon | 02/05/2023 - 15:00

O Sacramento Kings precisará se arriscar para não entregar Domantas Sabonis de bandeja para os times rivais a partir de junho, quando abre a janela de negociações da NBA.

Fim dos playoffs significa sempre novas transações para as franquias da liga. O Sacramento, que adquiriu Sabonis na janela do ano passado, agora precisará abrir mão de um contrato de quatro anos caso queira que ele continue.

O pivô foi negociado pelo Indiana Pacers com os Kings dois anos antes do fim de uma extensão de quatro anos, assinada em outubro de 2019, por US$ 74,9 milhões (R$ 377 milhões, na atual cotação).

Em outras palavras, isso significa que ele ainda não pode decidir seu futuro sem um acordo com o Sacramento, que adquiriu os direitos do contrato que chega ao fim apenas em outubro deste ano.

O momento, então, é oportuno para a franquia californiana. De acordo com a imprensa norte-americana, os dirigentes têm a intenção de oferecer a Domantas uma extensão de mais quatro anos por US$ 122 milhões (R$ 615 milhões) —quase 65% a mais que que seu atual salário.

Só que o novo acordo entre a liga e os jogadores, que passará a valer a partir da próxima temporada, prevê um teto maior para os atletas que optarem pela agência livre, ou então, um aumento de até 140% em cima do atual salário dentro de qualquer franquia.

LEIA TAMBÉM:

+ NBA muda regras para escolha de MVP a partir da próxima temporada

++ NBA: novo acordo libera uso de maconha para jogadores

Caso não aceite a proposta dos Kings, Sabonis se tornará free agent na janela da próxima temporada e poderá receber um salário de até US$ 254 milhões (R$ 1,2 bilhão) em contratos com duração máxima de cinco anos.

Mas também existe o risco de que outras franquias, com mais poder de capital, possam oferecer a ele contratos de quatro anos por até US$ 292 milhões (R$ 1,4 bilhão).

Domantas foi essencial na temporada histórica que o Sacramento Kings fez em 2022-23, ao ajudar a franquia a se classificar para os playoffs pela primeira vez desde 2006.

Além disso, o time abriu a série contra o Golden State Warriors, atual campeão da liga, com uma vantagem de 2 a o e conseguiu forçar o Jogo 7, perdendo por 4 a 3. Ainda assim, os fãs e executivos ficaram satisfeitos.

Não seria interessante para o Sacramento perder Sabonis agora, então, a alternativa mais provável é que o pivô espere um ano para se tornar free agent e negocie um valor acima do que está sendo oferecido agora para ficar no time que ele tem considerado como sua nova casa.

Escrito por Paola Zanon
Paola Zanon é jornalista formada pela Cásper Líbero, repórter e redatora com passagens pelo Notícias da TV, R7 e UOL Esporte. A carreira no jornalismo esportivo começou com a cobertura dos Jogos Pan-Americanos de 2019 pelo R7 até chegar ao Quinto Quarto em fevereiro de 2023. São-paulina de coração e apaixonada por basquete, futebol e viagens.