NBA: LeBron no New York Knicks? Astro dá ultimato nos Lakers e exige mudança

Paola Zanon | 05/02/2024 - 12:20

A paciência de LeBron James com a falta de mudanças no Los Angeles Lakers está cada vez menor à medida que a trade deadline se aproxima.

O prazo de negociações para a temporada 2023-24 da NBA se encerrará na próxima quinta-feira (8), e até o momento, o front office dos Lakers não fez nenhuma troca, mesmo vivendo uma má fase.

Após derrotar o New York Knicks no último sábado (3), LeBron deixou a quadra do Madison Square Garden com uma toalha da franquia nova-iorquina nas costas. De acordo com Brian Windhorst, jornalista da ESPN, a atitude foi uma forma de pressionar o time de Los Angeles por mudanças imediatas.

Não satisfeito, James ainda chegou a declarar que já pensou em jogar pelos Knicks e elogiou a boa fase que o time está vivendo na Conferência Leste.

— É ótimo quando os Knicks estão em um bom momento e você pode vir aqui e jogar basquete competitivo no mais alto nível. Cada posse de bola significa algo. É a meca do basquete. Tantas coisas boas aconteceram lá, tantos grandes jogadores, grandes equipes estiveram lá. Fico feliz por fazer parte disso—, declarou ele, durante a entrevista coletiva após a partida.

LeBron está em seu último ano de contrato com os Lakers e terá que decidir se aceitará a player option de US$ 51 milhões (R$ 255 milhões, na cotação atual) para seguir em Los Angeles, ou se tentará um novo destino para uma possível última temporada na NBA. Por enquanto, a resposta oficial do jogador é um “não sei”.

Má fase dos Lakers incomoda LeBron

Ao contrário do time de Nova Iorque, as coisas não estão nada boas em Los Angeles. A franquia já acumula 25 derrotas em 51 jogos e ainda está longe de conseguir uma vaga direta para os playoffs desse ano.

Uma das soluções pensadas pelo front office para melhorar a situação da equipe era trocar D'Angelo Russell por Dejounte Murray, do Atlanta Hawks. Graças às boas atuações do armador, no entanto, as negociações foram pausadas.

Outra opção seria mandar o técnico Darvin Ham embora. O treinador tem tido dificuldade de encaixar o time e perdeu a confiança do vestiário, especialmente a de LeBron James e Anthony Davis, principais jogadores dos Lakers.

Graças às últimas duas vitórias, contra Boston Celtics e Knicks, duas das equipes mais fortes no momento, a demissão de Ham deverá ser adiada mais uma vez.

Escrito por Paola Zanon
Paola Zanon é jornalista formada pela Cásper Líbero, repórter e redatora com passagens pelo Notícias da TV, R7 e UOL Esporte. A carreira no jornalismo esportivo começou com a cobertura dos Jogos Pan-Americanos de 2019 pelo R7 até chegar ao Quinto Quarto em fevereiro de 2023. São-paulina de coração e apaixonada por basquete, futebol e viagens.