NBA

Jordan Poole segura o piano na ausência de Curry

Jordan Poole segura o piano na ausência de Curry

Jordan Poole segura o piano na ausência de Curry. Não só na partida contra o Toronto Raptors, no duelo frente ao Philadelphia 76ers o jovem já tinha realizado bom jogo e a percepção ao seu redor era nítida. Jogadores e o próprio técnico, Steve Kerr, reconheceram a importância que Jordan Poole terá na ausência de Steph Curry. Confira detalhes.

Poole já havia mostrado que pode ajudar

Mesmo com a derrota por 118 x 106 contra o Philadelphia 76ers no primeiro jogo sem Curry, Poole contribuiu bastante com a equipe. O que mais chamou a atenção do técnico do Warriors, Steve Kerr, foi a compostura do jovem de 23 anos.

“Achei que ele foi muito melhor em termos de se manter equilibrado. Ele teve um início lento e fez um trabalho melhor em não ficar frustrado e permanecer no jogo emocionalmente e trazer energia.

O jogo mudou para ele e ele obviamente nos carregou ofensivamente durante grande parte do jogo.” – disse Kerr.

Poole jogou 37 minutos e marcou 29 pontos, o cestinha do time na partida. Mesmo sem ser perguntado, Looney fez questão de elogiar a atuação do companheiro.

“Às vezes, quando ele não joga bem no primeiro tempo, ele pode se incomodar. Ele não chutou muito, deixou o jogo vir para ele e no segundo tempo ele realmente assumiu e deu aquele empurrão que precisávamos. É o que ele espera dele.

Ele é um grande jogador e se destaca em grandes jogos e grandes momentos. Com Steph fora, ele terá muito mais em seus ombros e acho que ele está pronto para isso.” – disse Kevon Looney.

Jordan Poole segura o piano na ausência de Curry

“Ele jogou muitos jogos excelentes para nós. Portanto, se não é o melhor, é definitivamente um dos poucos melhores, porque ele foi ótimo nas duas pontas.

Achei a defesa dele excelente, ele foi paciente ofensivamente. Ele nos colocou bem no ataque, deu o tom e apenas nos carregou.” – disse Kerr sobre o grande jogo de Poole.

De fato, Jordan Poole incendiou a partida contra o Toronto Raptors anotando 43 pontos, a maior pontuação em sua carreira até o momento. Placar de 126 x 110 para a franquia de San Francisco e elogios de sobra para o jovem de 23 anos, com muitos méritos. A saber, o recorde anterior na carreira de Poole era de 38 pontos. Após o jogo, o garoto falou sobre a sensação de passar dos 40 pontos.

“É uma sensação boa. Estávamos conversando sobre isso no banco, muitos dos caras mais velhos tinham jogos de 39 (pontos) com oito assistências ou sete assistências, então foi legal passar dos 40 e alguns dos caras mais velhos estavam me criticando sobre isso, mas mais importante, foi muito bom conseguir uma vitória na estrada.” – disse Poole.

Por fim, Golden State Warriors entra em quadra contra New York Knicks na terça-feira (20) no Madison Square Garden, palco de grandes jogos, onde os fãs do Golden esperam ver nova atuação de gente grande do garoto.

 

Foto destaque: Divulgação/The SportsRush

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top