NBA: jogadores elegem o mais ‘falador’, melhor defensor, subestimado e mais

Pedro Rubens Santos | 19/04/2023 - 07:00

O ‘The Athletic’ conduziu uma enquete anônima com mais de 100 jogadores da NBA para saber a opinião dos atletas sobre seus companheiros.

A principal pergunta do questionário talvez tenha sido sobre o melhor jogador da história — Michael Jordan venceu essa disputa, seguido por LeBron James. Mas o veículo trouxe também eleições em outras categorias, e o resultado é óbvio: polêmicas.

VEJA TAMBÉM

+ Embiid ou Jokic? Jogadores da NBA elegem MVP e distância surpreende

++ NBA: De’Aaron Fox bate Butler e DeRozan e recebe prêmio inédito

Na pesquisa, representantes de todas as equipes da NBA votaram para eleger aqueles que consideram o melhor defensor, os jogadores mais subestimados e superestimados, o mais “falador” e até quem eles não gostariam de enfrentar em uma briga.

Confira a seguir os resultados das votações.

O melhor defensor

Na última segunda-feira (17), a NBA anunciou o vencedor do prêmio de Defensive Player of the Year. Jaren Jackson Jr., do Memphis Grizzlies, foi o escolhido.

No entanto, se dependesse dos jogadores, o destinatário do troféu seria outro. Jrue Holiday, do Milwaukee Bucks, venceu a eleição com 28,7% dos votos. Em comparação, JJJ teve apenas 4% e ficou em oitavo.

O segundo lugar foi Luguentz Dort, do Oklahoma City Thunder, que teve 11,4% dos votos. Em terceiro, Brook Lopez, dos Bucks, e Marcus Smart, dos Celtics, empataram com 8,9%

O mais subestimado

James Harden, do Philadelphia 76ers, e Jrue Holiday, do Milwaukee Bucks
Jrue Holiday ganhou a eleição dos jogadores como melhor defensor e mais subestimado. (Foto: Bill Streicher / SUSA/ Icon Sport)

Para os jogadores entrevistados, Jrue Holiday é também o mais subestimado. O talento do armador dos Bucks não é valorizado como seus colegas acreditam que deveria ser. Ele foi citado por 17,5% dos participantes.

— O que ele faz todas as noites dos dois lados da quadra é incomparável. — disse um dos jogadores entrevistados. — E provavelmente passa um pouco despercebido debaixo do holofote de Giannis (Antetokounmpo).

Shai Gilgeous-Alexander (11,3%) e Mikal Bridges (5,2%) fecham o pódio dos subestimados.

O mais superestimado

Nessa categoria pouco elogiosa, o mais votado foi Trae Young, do Atlanta Hawks.

Principal jogador de uma equipe com campanha mediana, ele recebeu 14,8% das nomeações dos outros atletas da liga.

Logo depois dele, Julius Randle e Paskal Siakam, ambos com 7,4% dos votos, também aparecem na lista.

O mais “falador” em quadra

Essa categoria premiava o mais provocador durante as partidas. Ela acabou sendo uma das mais disputadas, e dois nomes lideraram o ranking.

Não, Dillon Brooks não é um deles. O polêmico ala do Memphis Grizzlies recebeu 14,1% dos votos e ficou em terceiro na enquete. Os primeiros lugares foram de Draymond Green, dos Warriors, que “conquistou” a medalha de ouro por pouco. Com 26,3%, superou os 25,2% de Beverley, do Chicago Bulls.

— Com certeza o Draymond (Green). Se você nunca viu antes, é inacreditável — declarou um jogador rival sobre o trash talk do veterano.

Draymond Green, do Golden State Warriors. Foto: Reprodução/Twitter @warriors
Draymond Green ganhou a eleição como “rei do trash talk”. (Foto: Reprodução/Twitter @warriors)

Qual arena tem os melhores fãs?

O ginásio campeão de citações positivas foi o TD Garden, dos Celtics (18%). Na sequência, veio o Golden 1 Center, do Sacramento Kings (12,1%).

O terceiro lugar foi dividido entre duas arenas icônicas: o Chase Center, dos Warriors, e o Madison Square Garden, do New York Knicks.

— Em termos de ambiente hostil, eu diria Boston — votou um dos entrevistados anônimos. — Se você é um competidor e gosta de jogar fora de casa, sabe que todo mundo lá vai estar dizendo ‘vai se f…’, ‘eu te odeio’.

Qual arena tem os piores fãs?

O Spectrum Center, casa do Charlotte Hornets, teve 15,2% das nomeações e ficou em primeiro. A arena é dona de uma das piores médias de público da NBA.

Outro estádio citado pela ausência de torcedores foi o Little Caesars Arena, do Detroit Pistons, onde “ninguém aparece”, segundo um jogador adversário. O local ficou em segundo na lista, com 11,1%.

E fechando o pódio, a Capital One Arena, do Washington Wizards, que recebeu os votos de 10,1% dos participantes.

Com quem na liga você menos gostaria de brigar?

James Johson, do Indiana Pacers. Foto: Reprodução/Twitter/@Pacers
James Johson, do Indiana Pacers, não tem muitos pretendentes para uma luta. (Foto: Reprodução/Twitter/@Pacers)

Essa categoria não gerou muita polêmica, e a maioria dos jogadores (41,1%) escolheu James Johnson, do Indiana Pacers. Com 2,03m de altura, ele é faixa preta em karatê e luta kickboxing.

Outro gigante ficou com o segundo lugar. Steven Adams, de 2,11m, joga pelos Grizzlies e foi escolhido como “rival a ser evitado em uma briga” por 27,8%.

Joel Embiid, do Philadelphia 76ers, e Udonis Haslem, do Miami Heat, empataram no terceiro lugar, distantes da dupla Johnson e Adams. Eles tiveram somente 3,3% das citações.

Se você estivesse montando um elenco do zero, quem contrataria primeiro?

Essa pergunta serviu para mostrar a moral que Giannis Antetokounmpo tem ao redor da liga. O grego ganhou “de lavada” nessa questão e levou 52,4% dos votos.

Giannis Antetokounmpo, Milwaukee Bucks. Foto: Jeff Hanisch/USA TODAY Sports/Icon
Giannis seria a peça inicial da franquia de mais da metade dos entrevistados. (Foto: Jeff Hanisch/USA TODAY Sports/Icon)

— Ele tem dominado a NBA há bastante tempo — comentou um adversário. — Ele será ótimo por mais oito ou nove anos, pelo menos.

No longínquo segundo lugar ficou Nikola Jokic e seus 8,7% de votos. Ainda mais atrás, Luka Doncic, com 6,3%.

Para qual técnico você mais gostaria de jogar?

Aqui, os entrevistados não podiam citar seus próprios treinadores. E o vencedor não deve surpreender quase ninguém.

A lenda Gregg Popovich, do San Antonio Spurs, com 25,3% das citações, liderou a enquete. “Quem não gostaria de jogar para o Pop?”, indagou um dos atletas.

O segundo mais votado foi Steve Kerr, dos Warriors, que somou 13,7%. E em terceiro, Erik Spoelstra, do Miami Heat, com 9,5%. Todos os integrantes do “pódio” já foram campeões da NBA.

Escrito por Pedro Rubens Santos
Pedro Rubens começou a trabalhar na cobertura de futebol americano no site Torcedores.com e teve uma passagem de três anos pela ESPN, onde atuou também na produção digital. Foi repórter do Quinto Quarto até julho de 2023.