Kevin Durant e mais: jogadores da NBA detonam Noah Lyles após comentários sobre ‘título mundial’

André Merice | 29/08/2023 - 13:50

A forte declaração do campeão mundial nos 200 metros rasos, Noah Lyles causou polêmica e irritou os principais jogadores da NBA.

Noah Lyles criticou de forma dura o fato de que os jogadores americanos de basquete se consideram “campeões mundiais” depois de vencer o título da temporada da NBA.

LEIA MAIS:

++ Nem Lakers escapam: LeBron James já fez todos os times da NBA sofrerem

++ Filho de LeBron James tem diagnóstico definido após parada cardíaca e médicos definem retorno

A fala do velocista aconteceu durante uma entrevista coletiva logo depois de conquistar três medalhas de ouro no Campeonato Mundial de Atletismo, na semana passada.

— Eu assisto às finais da NBA e eles têm o ‘campeão mundial’ na cabeça. Campeão mundial de quê? Dos Estados Unidos? Não me interpretem mal, eu amo os EUA – às vezes -,mas ali não é o mundo. Nós somos o mundo. Temos quase todos os países aqui lutando, prosperando, colocando sua bandeira para mostrar quem estão representados. Não há bandeiras na NBA – disse Noah Lyles, três vezes campeão mundial de atletismo.

Astros da NBA se revoltam após as falas de Noah Lyles

A declaração de de Noah, claro, não pegou bem e irritou algumas das principais estrelas da NBA, que prontamente rebaterem.

Conhecido por ser uma pessoa que não poupa palavras, o ala-pivô do Golden State Warriors, Draymond Green, foi um dos que mais se mostrou chateado com a declaração de Noah. “Quando se tenta falar algo inteligente dá errado”, disse Green.

Outro que não costuma levar desaforo para casa, e aproveitou para rebater as críticas do velocista, foi o ala-pivô do Phoenix Suns, Kevin Durant. O astro ironizou Noah pedindo para que “alguém ajudasse esse cara”.

Além de Draymond Green e Kevin Durant, outros jogadores também se manifestaram.  De’Aaron Fox, armador do Sacramento Kings, Bam Adebayo, pivô do Miami Heat, e Austin Rivers, armador do Los Angeles Lakers, também não gostaram do que ouviram.

Reaves, inclusive, é um dos jogadores do elenco da Seleção dos Estados Unidos que disputa a Copa do Mundo de Basquete. Ele defendeu que o termo usado para classificar os campeões da NBA acontece pelo fato de que os melhores jogadores do mundo atuam nas equipes americanas, o que justifica o título de “campeão do mundo”.

— É fácil de entender. Os melhores jogadores do mundo jogam na liga. Então, ser campeão na NBA te qualifica como um campeão mundial. Não sei o que me dá mais vergonha, o comentário ou a maneira como ele falou — criticou Reaves Rivers.

Quem é Noah Lyles?

Considerado o homem mais rápido do mundo, Noah Lyles foi ginasta quando mais jovem e começou no atletismo ainda aos 12 anos.

Nos Jogos Olímpicos da Juventude de 2014, em Nanquim, China, Noah ganhou uma medalha de ouro nos 200 metros. Dois anos depois, conquistou duas medalhas de ouro nos 100 metros e no revezamento 4 x 100 metros durante o Campeonato Mundial Sub-20, em Bydgoszcz, Polónia.

Durante o Campeonato Mundial de Atletismo de 2019, recebeu medalhas de ouro nos 200 metros e no revezamento 4 x 100 metros em Doha. Tornou-se tricampeão mundial em Eugene, no último ano, conquistando novamente o ouro nos 200 m com a marca de 19.31.

Neste ano, em Budapeste, Lyles conquistou pela primeira vez a medalha de ouro nos 100 m rasos e se sagrou tricampeão mundial dos 200 metros. Ele ainda garantiu uma terceira medalha de ouro, integrando o revezamento 4 x 100 m dos Estados Unidos.

Escrito por André Merice
No Quinto Quarto desde janeiro de 2021, André Merice cursa o 7º período de jornalismo na Universidade de Ribeirão Preto. Apesar de ser torcedor do São Paulo Futebol Clube, André se encontrou na área dos esportes americanos e hoje se tornou "torcedor LeBron" e um admirador de Stephen Curry, o "Víbora".