Mesmo desfalcado, Heat carboniza Bucks com Giannis irreconhecível

Victor Francisco | 14/02/2024 - 00:59

Mesmo atuando sem Jimmy Butler, Josh Richardson e Terry Rozier, o Miami Heat não deu nenhuma chance para o Milwaukee Bucks. Os visitantes simplesmente foram ágeis na defesa, ataque e transição para impedir pontuações e ampliar a cada quarto uma vantagem que não foi ameaçada nenhuma vez.

O destaque da partida foi Bam Adebayo, que não foi o cestinha, mas mostrou o equilíbrio em alto nível técnico do Heat. Foram 16 pontos, 11 assistências e 12 rebotes, em uma importante triplo-duplo para o placar final de 123 a 97. Nikola Jovic foi o destaque nos pontos do Heat, com 24, também o cestinha da partida. Giannis Antetokounmpo, claramente abaixo de seu desempenho normal, ainda assim marcou 23 pontos para os Bucks.

Heat sempre aumentando a temperatura contra um Bucks sem reação

Miami saiu na frente, abrindo 10 pontos (19 a 9) na dianteira com uma defesa que dificultava as ações dos donos da casa e um ataque que girava a bola rapidamente para encontrar espaços que garantiam bons arremessos. Apesar de acelerar os ataques, os anfitriões não conseguiram evitar a desvantagem ao final do primeiro quarto – 40 a 28.

O segundo quarto começou e a rapidez do Heat para deixar o pontuador livre e seguro para pontuar continuou – e o mesmo não ocorria para os Bucks, que tinham dificuldades de entrar no garrafão. Até mesmo Giannis (de todo jeito, cestinha com 19 pontos) estava cometendo erros de passe e domínimo de bola e Damian Lillard não parecia estar muito melhor.

Ao retornar do intervalo com o placar de 69 a 52 para o time da Florida, os Bucks voltaram com tudo com duas cestas de três seguidas de Lillard. A reação dos Bucks, com Lillard inspirado e a marcação também, não se sustentou, e o Heat seguiu ampliando a vantagem, que chegou a 20 pontos na cesta de três de Duncan Robinson, a sua quinta no jogo – 92 a 72.

O último quarto começou com o Heat ainda mais à frente: 98 a 76. O quadro não se alterou até o final da partida, com os times usando todos os reservas de lado a lado. No final, o Heat acabou marcando 31 pontos vindos de contra-ataque, contra apenas 7 dos Bucks.

O que vem por aí para Bucks e Heat

Essa foi simplesmente a sexta derrota em nove jogos dos Bucks desde que Doc Rivers assumiu como técnico da equipe. Agora, a chance dos Bucks (35-20, terceiro na Conferência Leste) melhorarem antes da parada para o All Star Game será quinta (15), contra o Memphis Grizzlies.

Já o Miami Heat aumentou sua confiança, agora em sétimo na mesma Conferência (29-25). O próximo jogo do time da Flórida será nesta quarta (14), contra o Philadelphia 76ers.

Escrito por Victor Francisco
Campeão Brasileiro de Futebol Americano pelo Corinthians Steamrollers (2011), Victor é jornalista, com experiência na área esportiva como Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League. É fundador da plataforma de mídia Salão Oval, destinada ao futebol americano no Brasil. Foi narrador e comentarista do futebol americano praticado no Brasil no BandSports, Fox Sports, Globo Esporte.com e ESPN.