NBA: Heat detona Celtics e fica perto de feito inédito junto aos Nuggets

Pedro Rubens Santos | 21/05/2023 - 23:49

Depois de vencer os dois primeiros jogos em Boston, o Miami Heat voltou a triunfar sobre os Celtics, na noite deste domingo (21), e deu um enorme passo rumo às Finais da NBA.

O Jogo 3, disputado em Miami, terminou com o placar de 128 a 102 para o Heat, que foi superior durante todo o duelo e passou por cima dos rivais com autoridade. As bolas de três pontos foram um dos fatores diferenciais, com o time da casa convertendo 54% e os visitantes, só 26%.

Gabe Vincent, com 29 pontos e 79% de aproveitamento nos arremessos de quadra, foi o grande nome da noite.

VEJA TAMBÉM

+ Jimmy Butler assiste a lances de Neymar antes de jogo decisivo

+ NBA: árbitros viram problema em playoffs e revivem debate de corrupção

+ Quem são os jogadores com os maiores salários da NBA? Veja o top-10

Classificado em oitavo na conferência Leste, o time da Flórida já eliminou o primeiro colocado Milwaukee Bucks e o quinto New York Knicks nesta pós-temporada, e agora caminha para derrubar outro favorito pelo caminho.

Com 3 a 0 na série, o Heat repete o desempenho do Denver Nuggets na final do Oeste contra o Los Angeles Lakers. Se as “varridas” se confirmarem, será a primeira vez na história da NBA que ambas as decisões de conferência terminam em 4 a 0.

O próximo confronto no Leste será o Jogo 4, marcado para a próxima terça-feira, no Kaseya Center, em Miami. Uma vitória do Heat acaba com a série, elimina os Celtics e classifica a equipe de Miami para as Finais da NBA.

Celtics x Heat: Jogo 3

O Heat largou na frente e venceu o primeiro quarto após aproveitar os seis turnovers cometidos pelos Celtics. Butler nem precisou pontuar tanto no início, pois Caleb Martin e Gabe Vincent cuidavam bem da parte ofensiva, e, então, focou em ajudar os companheiros com assistências.

Boston parecia não ter resposta para o ataque de Miami, que superou por muito os rivais no aproveitamento em arremessos de quadra no primeiro tempo (57% a 40%).

O show à parte de Bam Adebayo serviu para completar a festa que foi a metade inicial do confronto, um princípio de chocolate no Kaseya Center. Primeiro, o pivô finalizou uma ponte aérea enterrando com uma mão e, na sequência, tirou onda para cima de Jaylen Brown com um giro e a cravada, enquanto o adversário caía no chão.

Pouco antes do apito que leva as equipes para os vestiários soar no ginásio, os Celtics conseguiram cortar a vantagem para 15 pontos — um cenário ruim, mas melhor do que os 22 pontos que o Heat chegou a abrir em determinado momento.

Segundo tempo: Heat confirma a lavada

Depois do intervalo, nada mudou. O Heat seguiu amassando os Celtics em todas as estatísticas — com exceção aos rebotes ofensivos — e garantiu cedo a vitória.

O terceiro quarto e os 32 pontos anotados pelos mandantes contra 17 de Boston reforçaram ainda mais a sensação de superioridade do time de Erik Spoelstra. Nessa altura do jogo, o semblante dos jogadores celtas já entregava o sentimento de derrota e comprovava a lavada vista em quadra.

A verdade é que o Boston Celtics foi superado nos dois lados da quadra durante todo o tempo, e a discrepância entre o desempenho das equipes parece ter afetado o psicológico dos comandados de Joe Mazzulla.

O último período começou com o Heat 30 pontos à frente. Não havia muito o que os visitantes pudessem fazer para evitar um novo tropeço, então os reservas foram para a quadra e pouparam os principais astros da parte final da agonia.

Os números do Jogo 3 entre Celtics e Heat

Boston Celtics:

Jayson Tatum: 14 pontos | 10 rebotes | 33% nos arremessos de quadra

Jaylen Brown: 12 pontos | 6 rebotes | 35% nos arremessos de quadra

Miami Heat:

Gabe Vincent: 29 pontos | 79% nos arremessos de quadra

Duncan Robinson: 22 pontos | 5/7 em bolas de três

Jimmy Butler: 16 pontos | 8 rebotes | 6 assistências

Caleb Martin: 18 pontos | 64% nos arremessos de quadra