Draymond Green provoca ex-jogador dos Warriors: ‘Ganhando sem você’

Paola Zanon | 14/02/2024 - 10:10

Mais uma vez, Draymond Green resolveu abrir a boca para provocar seus adversários na NBA, e uma das vítimas do momento foi Kevin Durant, que já jogou no Golden State Warriors.

O defensor de São Francisco não gostou das declarações que seu ex-companheiro de equipe deu na época da agressão contra Jusuf Nurkic, do Phoenix Suns, time de Durant. E Draymond ainda aproveitou o gancho para criticar o próprio jogador que foi agredido por ele.

— Questionaram meu caráter fora das quadras. Nurkic e Kevin fizeram isso, questionaram meu caráter pelo basquete, não pela vida real. Eu acho que o que eles fizeram foi covarde, é covardia dos dois questionar meu caráter na frente do mundo todo—, disparou Green, em entrevista ao The Volume Sports.

Na época em que Draymond agrediu Nurkic com um soco no rosto e foi suspenso por 12 jogos pela liga, os dois jogadores dos Suns afirmaram que o defensor dos Warriors precisava de ajuda psicológica.

— Sei que fiz besteira, afirmo e sei disso porque estou ainda colhendo o que eu fiz, mas da parte deles foi covarde. Se forem questionar meu caráter, vocês têm meu número de telefone—, completou Green.

Draymond Green x Kevin Durant

A declaração não foi a única provocação que Green fez contra Kevin Durant. Warriors e Suns voltaram a se enfrentar no último sábado (10), no Chase Center, com vitória para os donos da casa por um ponto.

Ao final da partida, Draymond foi atrás de seu ex-companheiro de equipe, gritou com ele e revelou o que foi dito.

— Eu disse que era eu ali, esse era eu, continuo jogando e vou continuar jogando do meu jeito. Foi a mesma coisa que eu disse para ele anos atrás, naquele jogo contra o Los Angeles Clippers: ‘Ganhamos antes de você, estamos ganhando sem você e vamos continuar ganhando sem você'. E não menti—, contou o defensor.

Kevin Durant jogou pelo Golden State Warriors entre 2016 e 2019 e ajudou a conquistar o bicampeonato de 2017 e 2018 ao lado de Draymond, Stephen Curry e Klay Thompson. Na época, o quarteto era um dos mais temidos da liga.

Escrito por Paola Zanon
Paola Zanon é jornalista formada pela Cásper Líbero, repórter e redatora com passagens pelo Notícias da TV, R7 e UOL Esporte. A carreira no jornalismo esportivo começou com a cobertura dos Jogos Pan-Americanos de 2019 pelo R7 até chegar ao Quinto Quarto em fevereiro de 2023. São-paulina de coração e apaixonada por basquete, futebol e viagens.