Draft WNBA: Kamilla Cardoso é selecionada pelo Chicago Sky na terceira escolha

Matheus Costa | 15/04/2024 - 22:34

O Brasil fez história na WNBA. A pivô Kamilla Cardoso foi selecionada na terceira escolha do draft da liga feminina de basquete e irá defender as cores do Chicago Sky a partir da temporada de 2024-25. A cerimônia foi realizada nesta segunda-feira (15), em Nova Iorque (EUA).

Com apenas 22 anos, a jovem atleta se tornou a 16° atleta do Brasil a ser escolhida no draft da WNBA, sendo a escolha mais alta da história do país na liga. Acima de Kamilla, Caitlin Clark saiu na primeira escolha para o Indiana Fever, enquanto Cameron Brink, na segunda escolha, defenderá as cores do Los Angeles Sparks.

Bastante emocionada, Kamilla Cardoso afirmou que toda sua trajetória no basquete norte-americano, desde os 15 anos, foi com a missão de dar uma vida melhor para sua família.

– Tinha o objetivo de estar aqui esta noite e dar uma vida melhor à minha família. Estou muito grata por eles estarem aqui comigo -, revelou.

Um dos grandes destaques da última temporada da NCAA, Kamilla Cardoso foi a grande estrela de South Carolina e principal responsável pelo título da universidade. Ela foi escolhida como a Defensora do Ano e MVP das Finais, somando médias de 14,4 pontos, 9,7 rebotes e 2,5 tocos por jogo ao longo do ano.

De rivais a companheiras: Kamilla Cardoso e Angel Reese vão jogar juntas na WNBA

A grande surpresa da noite saiu justamente por uma ironia do destino. Grandes rivais que travaram momentos tensos nos confrontos de South Carolina e LSU, a brasileira Kamilla Cardoso irá jogar com Angel Reese, que foi selecionada pelo Chicago Sky na sétima escolha geral do draft da WNBA.

Em rápida declaração à “ESPN” após ser escolhida pela equipe de Chicago, Angel Reese se mostrou bastante animada com seu futuro na WNBA e afirmou que está ansiosa para jogar ao lado da pivô brasileira, sua rival desde os tempos de colegial.

– Estou muito animada, vou poder jogar com a Kamilla. Eu enfrento ela desde os tempos de colegial e estou muito ansiosa para jogar com ela -, afirmou.

O ápice da rivalidade ocorreu no jogo do dia 10 de março, quando Kamilla Cardoso e Angel Reese travaram uma batalha intensa e trocaram diversas provocações durante a partida, inclusive com contatos físicos. Na ocasião, South Carolina venceu por 79 a 72 e conquistou o título da Conferência com a campanha invicta de 16 a 0.

Escrito por Matheus Costa
Matheus Costa é jornalista, repórter e redator com passagens por MMA Brasil, LANCE!, O Dia, Yahoo! e outros. Sua carreira no jornalismo iniciou na cobertura do MMA, depois se expandindo para a cobertura do futebol e dos bastidores de televisão esportiva brasileira. Já cobriu in loco eventos de MMA, futebol, basquete e jiu-jítsu.