NBA Draft: como Rockets ‘roubaram’ astro ignorado na posição 20

Pedro Rubens Santos | 23/06/2023 - 08:00

A grande surpresa da noite no NBA Draft 2023 foi a queda de Cam Whitmore para a posição 20. Cogitado por muitos para sair no top-10 e até no top-5 de alguns analistas, o ala de Villanova acabou sendo selecionado pelo Houston Rockets só na segunda metade da primeira rodada, depois de ser ‘ignorado’ por 16 equipes.

Um dos jogadores mais talentosos disponíveis para seleção no evento, Whitmore foi campeão e MVP da Copa América Sub-18, em 2022. Ele defendeu a seleção dos Estados Unidos, que conquistou o título com uma vitória por 102 a 60 sobre o Brasil.

LEIA MAIS

+ Quanto ganha um novato na NBA? Salário dos jovens vai te surpreender

+ Quem é Victor Wembanyama, número 1 do Draft da NBA 2023

Em seu único ano no basquete universitário, o ala fez 26 jogos, sendo 20 como titular, e teve médias de 12,5 pontos, 5,3 rebotes e 1,4 roubo de bola, com 47,8% de aproveitamento nos arremessos de quadra e 34,3% nas bolas de três.

Apesar de ser visto como um dos nomes mais fortes da Draft, Whitmore teve que esperar muito até ter seu nome chamado, na 20ª posição, pelos Rockets. A equipe do Texas já havia selecionado Amen Thompson com a quarta escolha, voltou ao relógio e trouxe o badalado jovem que vinha sendo ignorado pelas demais franquias.

Por que Cam Whitmore caiu no Draft?

O motivo da queda inesperada de Cam Whitmore só poderá ser totalmente elucidado nos próximos dias, mas os rumores do momento apontam para a questão física, fato que teria deixado muitos times receosos em draftar o ala.

Em Villanova, ele perdeu os sete primeiros jogos da temporada com uma lesão no polegar, antes de apresentar uma campanha sólida em quadra. Mas os temores acerca de seus resultados médicos antecediam o Draft da última quinta-feira (22).

Fontes informaram ao Bleacher Report que os relatórios de saúde do jogador levantaram preocupações em algumas equipes da NBA.

Cam Whitmore, Villanova, Houston Rockets, NBA Draft. Foto: Reprodução/Facebook/@NovaMBB
Foto: Reprodução/Facebook/@NovaMBB

Já o The Athletic revelou a declaração de um executivo de um time da Conferência Leste da liga que trouxe uma visão mais detalhada sobre o perfil do jovem. Segundo o profissional, que falou anonimamente à reportagem, Whitmore não se mostrou muito interessado nos treinos.

— No Hoops Summit (jogo internacional anual), Whitmore não era muito de treinar e não pareceu muito bem durante a semana. Mas uma vez que ele jogou, era um dos melhores jogadores. Isso terá que mudar na NBA — afirmou, segundo o veículo. — Ele deve ter um esforço extra. Ele não terá minutos garantidos como provavelmente tinha em Villanova.

Os times que tiveram a chance de draftar Cam Whitmore, mas optaram por passar adiante foram, em ordem: San Antonio Spurs, Charlotte Hornets, Portland Trail Blazers, Detroit Pistons, Orlando Magic, Indiana Pacers, Washington Wizards, Utah Jazz, Dallas Mavericks, Oklahoma City Thunder, Toronto Raptors, New Orleans Pelicans, Atlanta Hawks, Los Angeles Lakers, Miami Heat e Golden State Warriors.

Escrito por Pedro Rubens Santos
Pedro Rubens começou a trabalhar na cobertura de futebol americano no site Torcedores.com e teve uma passagem de três anos pela ESPN, onde atuou também na produção digital. Foi repórter do Quinto Quarto até julho de 2023.