NBA: Chicago Bulls dá vexame histórico em derrota para Pistons

Paola Zanon | 28/02/2024 - 09:33

A derrota do Chicago Bulls para o Detroit Pistons na noite de terça-feira (27) foi mais do que apenas uma derrota; a franquia que lançou Michael Jordan alcançou uma das piores estatísticas na história da NBA.

Essa foi a primeira vez que uma equipe da liga tentou ao menos 26 arremessos da linha dos três pontos e acertou menos de três deles.

Ao todo, os Bulls arremessaram 29 bolas de três, mas acertaram apenas duas, chegando ao aproveitamento de apenas 6,9% nas tentativas.

O antigo recorde era dividido entre outros três times, que haviam acertado duas em 26 tentativas de bolas triplas. Além disso, com 27 tentativas frustradas, o time de Chicago ainda se iguala ao Houston Rockets como a equipe com mais erros em arremessos da linha dos três pontos.

A franquia do Texas era a única dona da marca ao errar 27 vezes durante o Jogo 7 das finais da Conferência Oeste, em 2018, contra o Golden State Warriors.

Bulls fazem Pistons deixar de ter a pior campanha

Como se não bastasse o vexame histórico, isso aconteceu diante da franquia que, até a noite de ontem, era dona da pior campanha da temporada 2023-24 da NBA.

Antes da partida contra os Bulls, os Pistons, que são donos da maior sequência de derrotas na história da liga, estavam na lanterna da Conferência Leste com apenas oito vitórias e 49 derrotas.

A equipe ainda é a última colocada, mas pelo menos, empatou com o Washington Wizards ao chegar à nona vitória no ano e, por enquanto, não está mais sozinha com o título de pior campanha.

Pela primeira vez na temporada, inclusive, a franquia de Detroit ainda conseguiu reduzir um adversário a 95 pontos ou menos.

Apesar de todos os acontecimentos negativos da partida, os Bulls ainda estão na zona de play-in do leste, com 27 vitórias e 31 derrotas na nona colocação.

Escrito por Paola Zanon
Paola Zanon é jornalista formada pela Cásper Líbero, repórter e redatora com passagens pelo Notícias da TV, R7 e UOL Esporte. A carreira no jornalismo esportivo começou com a cobertura dos Jogos Pan-Americanos de 2019 pelo R7 até chegar ao Quinto Quarto em fevereiro de 2023. São-paulina de coração e apaixonada por basquete, futebol e viagens.