MLS

Pós episódio Vini Jr, time de Rooney sofre com racismo na MLS

A saber, em duelo entre DC United x Inter Miami, Rooney, por conta própria, retirou o jogador acusado de racismo da partida e o técnico adversário elogiou atitude em coletiva pós-jogo. Por fim, depois de toda a repercussão com o brasileiro, Vini Jr voltou a ser criticado pelo mesmo programa em que sofreu ataques racistas. Confira: pós episódio Vini Jr, time de Rooney sofre com racismo na MLS

Pós episódio Vini Jr, time de Rooney sofre com racismo na MLS

A saber, aos 62′ do duelo entre DC United x Inter Miami, novo caso de racismo aconteceu no futebol. Em suma, Taxi Fountas e Damiam Lowe foram os protagonistas após desentendimento mútuo e o grego Fountas ser acusado de ofensas racistas. É válido acrescentar que o árbitro se comportou muito bem e controlou a possível confusão. Contudo, o trabalho não foi dos mais difíceis, pois treinadores e capitães foram bem práticos para resolver o imbróglio. No entanto, são as atitudes que fazem a diferença. Algo não mostrado tão bem na Espanha com Vini Jr.

Wayne Rooney, a lenda do Manchester United e futebol inglês, foi destaque por uma simples atitude. Phil Neville do outro lado, técnico do Inter Miami, elogiou muito esta ação. Na verdade, a decisão foi mais nobre ainda, pois Rooney valorou a ética, entre outros, do que o resultado. A saber, Fountas anotou o gol de empate e era um dos perigosos no jogo. Com sua saída, o time não se segurou e sofreu a derrota. Como dito antes, o técnico do Inter Miami se pronunciou após a partida e elogiou Rooney pela atitude espontânea. Confira:

“Devo elogiar o árbitro por uma situação, muito, muito difícil, ele seguiu os protocolos da MLS e devo dar enorme respeito a Wayne Rooney por lidar com isso da maneira que ele fez. Eu acho que os jogadores ficaram feridos, desapontados e você sabe, eu chamei os jogadores porque em meu trabalho anterior com a Inglaterra tivemos muitas experiências em certos países de racismo, então estamos bastante informados sobre como lidar com essas situações. Disse a eles que iríamos ficar juntos, lidar com isso, que era inaceitável, que não há formulários… não há lugar para o racismo para mim na sociedade, muito menos em um campo de futebol. A situação foi tratada muito bem tomada devido as circunstâncias”.

Por fim, a MLS afirmou que vai abrir investigação e apurar o ocorrido.

O preço do sucesso?

De fato, o programa esportivo da TV espanhola, El Chiringuito, atacou mais uma vez o brasileiro Vini Jr. O jornalista Juanfe Sanz foi o protagonista das impressionantes declarações. É válido lembrar que o programa tem cunho sensacionalista. Um dos exemplos é que, durante e depois da saída de Cristiano Ronaldo, o programa frequentemente vinculava um “possível” retorno do português ao Santiago Bernabéu sem qualquer fonte comprovada.

Enfim, falando do novo capítulo Vini Jr, Sanz afirmou que falta inteligência emocional para o jovem, disse que não está sabendo digerir a fama e ainda colocou Rodrygo no meio da roda, fazendo uma comparação de maturidade.

“Estamos colocando na mesa Vinícius e Rodrygo. Para mim, há uma distância abismal de maturidade esportiva entre um e outro. Puramente isso”, declarou e continuou… “Vinícius não está sabendo digerir o peso de ser uma estrela e de ter a responsabilidade de representar o Real Madrid”.

De fato, os grandes sempre são alvos de críticas, justas ou não, inclusive para tentar desestabilizar, contudo racismo velado, engajamento a qualquer custo ou seja lá o que for, não dá, El Chiringuito.

Por fim, Sanz, na posição que tem, deu uma triste declaração dizendo que a imaturidade do brasileiro não é culpa do capitão do Atlético de Madrid. Finalizou dizendo que se tem algum culpado, este alguém é simplesmente o Vinicius Jr.

 

Foto destaque: Divulgação/UOL

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top