Beckham, Zlatan, Kaká: relembre craques que já brilharam na MLS

Matheus Costa | 22/03/2023 - 07:00

A Major League Soccer segue crescendo no cenário internacional do futebol e atraindo cada vez mais nomes relevantes para a liga americana. Diversos atletas de renome mundial já atuaram na competição, geralmente na fase final de suas carreiras, pendurando as chuteiras em solo norte-americano.

Com o crescimento do formato da liga americana de futebol, a competição se torna cada vez mais atrativa ao público e aos jogadores. As grandes cifras da maior economia do mundo também influenciam na evolução, já que a estabilidade financeira oferecida ao atleta vai muito além do salário.

Por isso, o Quinto Quarto separou os principais nomes do futebol internacional que desfilaram seus talentos em solo americano. A lista inclui campeões do mundo e de grandes clubes europeus, incluindo diversos brasileiros. Confira:

1) David Beckham – LA Galaxy

David Beckham - LA Galaxy (Foto: MLS/Divulgação)
David Beckham – LA Galaxy (Foto: MLS/Divulgação)

Um dos nomes mais conhecidos da história do futebol mundial, o inglês David Beckham foi um dos primeiros atletas de renome internacional a migrarem para a MLS. A transferência em si foi um choque. Em 2007, o astro surpreendeu o mundo ao deixar o Real Madrid para acertar com o LA Galaxy. Por lá, marcou 98 gols em cinco temporadas, conquistou dois títulos e garantiu a criação de uma franquia para si, como previsto em contrato, para criar o Inter Miami ao lado de outros empresários.

2) Kaká – Orlando City

Kaká - Orlando City (Foto: MLS/Divulgação)
Kaká – Orlando City (Foto: MLS/Divulgação)

Eleito como o melhor jogador do mundo em 2007, o meia Kaká foi um dos principais nomes do futebol internacional a atuarem na Major League Soccer. O pentacampeão mundial deixou o São Paulo ao fim do ano de 2013 e assinou com o Orlando City no início de 2014 para atuar em solo americano. Durante três temporadas pelo time da Flórida, o “Príncipe de Milão” anotou 24 gols e distribuiu 21 assistências.

3) Thierry Henry – New York Red Bulls

Thierry Henry - New York Red Bulls (Foto: MLS/Divulgação)
Thierry Henry – New York Red Bulls (Foto: MLS/Divulgação)

Após três grandes temporadas no Barcelona, o lendário atacante francês Thierry Henry decidiu levar seu talento para os Estados Unidos ao aceitar a proposta do New York Red Bulls em 2010. Por lá, o artilheiro marcou 51 gols em cinco temporadas e conquistou a Supporter’s Shield, em 2013.

4) Zlatan Ibrahimovic – LA Galaxy

Zlatan Ibrahimovic - LA Galaxy (Foto: MLS/Divulgação)
Zlatan Ibrahimovic – LA Galaxy (Foto: MLS/Divulgação)

Depois de uma passagem frustrada pelo Manchester United marcada por uma grave lesão no joelho, o sueco Zlatan Ibrahimovic levou seu talento e ego inflado para o Los Angeles Galaxy em 2018 e entrou para a história da liga americana. Em duas temporadas, marcou 53 gols em 58 jogos, média de quase um gol por jogo.

5) Wayne Rooney – DC United

Wayne Rooney no DC United (Foto: MLS/Divulgação)
Wayne Rooney no DC United (Foto: MLS/Divulgação)

Após deixar o Everton em 2018, Rooney aceitou o desafio de jogar na MLS ao assinar com o DC United. Em meio a críticas pelo declínio técnico e físico, o atacante inglês teve grandes atuações em solo americano em duas temporadas. Ao todo, ele registrou 25 gols e 14 assistências em 52 partidas pelo time da capital americana.

6) Didier Drogba – Montreal Impact e Phoenix Rising

Didier Drogba no Montreal Impact (Foto: MLS/Divulgação)
Didier Drogba no Montreal Impact (Foto: MLS/Divulgação)

Depois de uma carreira lendária na Inglaterra pelo Chelsea e passagens no futebol chinês e turco, o artilheiro Didier Drogba levou seus talentos para o Canadá para atuar pelo Montreal Impact, da MLS, em 2015. Em duas temporadas, o atacante marcou 23 gols em 41 jogos. Em 2017, assinou com o Phoenix Rising para encerrar sua carreira, marcando 16 gols em 26 jogos por duas temporadas.

7) Andrea Pirlo – New York City FC

Andrea Pirlo no New York City FC (Foto: MLS/Divulgação)
Andrea Pirlo no New York City FC (Foto: MLS/Divulgação)

O New York City Football Club realizou diversas contratações de nomes conhecidos ao longo dos últimos anos. O principal deles foi o volante Andrea Pirlo, lendário meio-campista italiano campeão do mundo em 2006. Ele atuou no clube durante três temporadas, marcando 60 gols e levando NY para os playoffs durante dois anos.

8) Steven Gerrard – LA Galaxy

Steven Gerrard - LA Galaxy (Foto: MLS/Divulgação)
Steven Gerrard – LA Galaxy (Foto: MLS/Divulgação)

Um dos principais ídolos da história do Liverpool, Steven Gerrard assinou com o LA Galaxy para encerrar sua carreira. Foram cinco gols e cinco assistências durante duas temporadas.

9) Frank Lampard – New York City FC

Lampard - New York City FC (Foto: MLS/Divulgação)
Lampard – New York City FC (Foto: MLS/Divulgação)

Outro grande nome do futebol inglês a migrar para o futebol americano foi Frank Lampard, ídolo do Chelsea. Ele assinou com o New York City FC em 2015 e ficou por lá em duas temporadas, marcando 15 gols em 31 jogos.

10) Juninho Pernambucano – New York Red Bulls

Juninho Pernambucano - New York Red Bulls (Foto: MLS/Divulgação)
Juninho Pernambucano – New York Red Bulls (Foto: MLS/Divulgação)

Um dos grandes ídolos da história do Vasco e do Lyon, o meia Juninho Pernambucano assinou com o New York Red Bulls na temporada de 2013 para se aventurar na MLS. No entanto, a passagem do brasileiro não foi boa, com apenas 13 jogos e nenhum gol marcado.

11) Bastian Schweinsteiger – Chicago Fire

Bastian Schweinsteiger (Foto: MLS/Divulgação)
Bastian Schweinsteiger (Foto: MLS/Divulgação)

O alemão Bastian Schweinsteiger é conhecido como um dos melhores volantes da história do futebol europeu. Ao deixar o Manchester United em 2016, o ídolo do Bayern de Munique assinou com o Chicago Fire para jogar na MLS. Em três temporadas, ele marcou oito gols em 85 jogos.

12) David Villa – New York City FC

David Villa (Foto: MLS/Divulgação)
David Villa (Foto: MLS/Divulgação)

Depois de fazer história no futebol espanhol e ser um dos principais nomes do inédito título da Copa do Mundo de 2010 para a Fúria Espanhola, David Villa chegou ao futebol americano em 2015 para fazer história. Durante quatro temporadas, o artilheiro atuou pelo New York City FC, registrando 80 gols e seis assistências em 126 jogos.

13) Alexandre Pato – Orlando City

Alexandre Pato no Orlando City (Foto: Orlando City/Divulgação)
Alexandre Pato no Orlando City (Foto: Orlando City/Divulgação)

O ano de 2021 marcou a ida de Alexandre Pato para a MLS. Assinando com o Orlando City, sua passagem foi marcada por uma grave lesão que o tirou de quase toda a temporada de 2021. Em suas duas temporadas pela equipe da Flórida, o brasileiro marcou apenas quatro gols e distribuiu cinco assistências em 32 jogos.

14) Alessandro Nesta – CF Montreal

Alessandro Nesta no Montreal Impact (Foto: MLS/Divulgação)Alessandro Nesta no Montreal Impact (Foto: MLS/Divulgação)
Alessandro Nesta no Montreal Impact (Foto: MLS/Divulgação)

Depois de uma lendária carreira no Milan, o elegante zagueiro Alessandro Nesta levou seu talento defensivo para o Canadá para atuar no CF Montreal, na MLS. Em duas temporadas, o jogador atuou em 34 jogos e não marcou nenhum gol.

15) Carlos Valderrama – Tampa Bay Mutiny, Miami Fusion e Colorado Rapids

Carlos Valderrama na MLS (Foto: MLS/Divulgação)
Carlos Valderrama na MLS (Foto: MLS/Divulgação)

Um dos percursores dos nomes mundiais a atuarem na MLS foi o lendário colombiano Carlos Valderrama. Ainda na década de 90, o meio-campista chegou na liga americana em 1996 ao assinar com o Tampa Bay Mutiny. Ele ainda atuou pelo Miami Fusion e pelo Colorado Rapids, somando 192 jogos e 17 gols durante seus anos nos Estados Unidos. Ele, inclusive, possui um recorde que não foi quebrado até hoje: 26 assistências somente na temporada de 2000.

16) Denílson – FC Dallas

Denilson no FC Dallas (Foto: Reprodução)
Denilson no FC Dallas (Foto: Reprodução)

O veloz e driblador Denílson passou por diversos clubes durante sua carreira. Um deles foi o FC Dallas, em uma passagem bastante apagada e pouco lembrada. Foram apenas nove jogos pelo clube do Texas, marcando somente um gol em 2007.

17) Lothar Matthaus – New York MetroStars

Lothar Matthaus no New York MetroStars (Foto: MLS/Divulgação)
Lothar Matthaus no New York MetroStars (Foto: MLS/Divulgação)

Único jogador alemão a ser eleito o melhor do mundo, Lothar Matthaus encerrou sua lendária carreira no futebol ao assinar com o New York MetroStars em 2000. Com apenas 21 jogos em solo americano, a discreta passagem pelo clube novaiorquino rendeu apenas uma assistência.

18) Gonzalo Higuaín – Inter Miami CF

Gonzalo Higuaín no Inter Miami (Foto: MLS/Divulgação)
Gonzalo Higuaín no Inter Miami (Foto: MLS/Divulgação)

Por muitos anos, Higuaín foi uma das referências no ataque do futebol europeu. No entanto, ele assinou com o Inter Miami, de David Beckham, em 2020. Foram três temporadas na MLS, anotando 29 gols e 13 assistências em 70 jogos.

19) Hristo Stoichkov – Chicago Fire e DC United

Stoichkov no Chicago Fire (Foto: MLS/Divulgação)
Stoichkov no Chicago Fire (Foto: MLS/Divulgação)

Eleito vencedor da Bola de Ouro em 1994 e um dos principais ídolos da história do Barcelona, o búlgaro Stoichkov encerrou sua carreira em solo americano ao atuar por dois clubes da MLS. Com passagens por Chicago Fire e DC United, fez 72 jogos, marcando 22 gols e 15 assistências.

20) Ashley Cole – LA Galaxy

Ashley Cole no LA Galaxy (Foto: MLS/Divulgação)
Ashley Cole no LA Galaxy (Foto: MLS/Divulgação)

Um dos principais laterais da história do futebol inglês, Ashley Cole deixou a Roma no início de 2016 e assinou com o Los Angeles FC para atuar por três temporadas. Por lá, o veterano esteve em 86 partidas, marcando três gols e distribuindo 11 assistências.

Escrito por Matheus Costa
Matheus Costa é jornalista, repórter e redator com passagens por MMA Brasil, LANCE!, O Dia, Yahoo! e outros. Sua carreira no jornalismo iniciou na cobertura do MMA, depois se expandindo para a cobertura do futebol e dos bastidores de televisão esportiva brasileira. Já cobriu in loco eventos de MMA, futebol, basquete e jiu-jítsu.