Além de Jon Jones e Ciryl Gane, confira outros destaques do UFC 285

Igor Ribeiro | 04/03/2023 - 10:00

O UFC 285 deste sábado (4/3) marca o retorno de Jon Jones ao octógono, contra Ciryl Gane, pelo cinturão vago dos pesos-pesados (até 120,2kg). As expectativas dos fãs para a luta, no entanto, podem deixar com que outros empolgantes destaques fiquem abaixo do radar.  O Quinto Quarto BR selecionou outros motivos para os amantes de MMA acompanharem o aguardado evento que acontece na T-Mobile Arena, em Las Vegas, nos Estados Unidos. O card começa às 19h30 (horário de Brasília).  

Valentina Shevchenko x Alexa Grasso – Luta pelo cinturão 

Valentina Shevchenko e Alexa Grasso se enfrentam pelo cinturão do UFC. Foto: Reprodução/Instagram @ufcbrasil

Além de Jones e Gane, outro embate também será válido pelo cinturão do Ultimate. Destaque do MMA feminino, Valentina Shevchenko vislumbra conquistar sua oitava defesa de cinturão nos pesos-moscas (até 56,7kg.). Para isso, a campeã precisa passar pela promessa mexicana Alexa Grasso, que entra no octógono disposta a chocar o mundo.  

Dona de uma invencibilidade de nove vitórias, Valentina Shevchenko é uma das principais lutadoras da história. A quirguiz soma um cartel de 23 resultados positivos e três negativos, sendo dois deles contra a brasileira Amanda Nunes. Por outro lado, ela já bateu Holly Holm, Joanna Jędrzejczyk e Jéssica Bate-Estaca.  

Alexa Grasso vive grande momento em sua trajetória no Ultimate. A lutadora, que ocupa a sexta colocação na categoria peso-mosca feminino, tem a primeira oportunidade pelo “ouro”. Ela está embalada com quatro vitórias seguidas e conta com um cartel de 15 triunfos e três reveses.  

Jovens invictos no card principal 

Bo Nickal e Shavkat Rakhmonov são as promessas do UFC. Montagem/Reprodução UFC

O show também apresenta ao grande público uma série de lutadores que mantém invencibilidade na carreira e são apontados como grandes nomes para o futuro do UFC.  

Presente no card principal, Shavkat Rakhmonov ostenta 16 vitórias e ainda não sabe o que é ser derrotado na carrreira. Ele encara o veterano Geoff Neal, em seu maior teste nos meio-médios (até 77kg.) até o instante.  

Tricampeão nacional da Primeira Divisão na NCAA por seu talento no Wrestling, Bo Nickal faz sua estreia diante de Jamie Pickett. O norte-americano, que assinou contrato após aparição no reality show de Dana White, “Contender Series”, é uma das sensações. Apesar do retrospecto de três vitórias no MMA, ele chega com status de futuro dos pesos-médios (até 83,9kg.).  

Cameron Saaiman, Farid Basharat e Esteban Ribovics são outros atletas que ainda sentiram o sabor amargo da derrota. Eles, no entanto, competem no card preliminar. 

Ex-campeão em aflitos 

Cody Garbrandt é ex-campeão dos pesos-galos. Foto: Reprodução/Twitter @ufcbrasil

Em apuros, Cody Garbrandt precisa vencer para não correr riscos de demissão no Ultimate. Ex-campeão dos pesos-galos (até 61,2kg.), o norte-americano saiu com o triunfo em apenas uma das últimas seis lutas e agora precisa passar por Trevin Jones para respirar na categoria. Ele vem de dois resultados negativos seguidos, diante de Rob Font e Kai Kara-France.  

Duelo entre brasileiras 

Viviane Araújo e Amanda Ribas se enfrentam no UFC 285. Montagem/Reprodução/UFC

Três brasileiras representam o país no evento, mas duas delas se enfrentam. Pela divisão dos pesos-mocas femininos (até 57,1kg.), Viviane Araújo e Amanda Ribas miram o top 5 da categoria. Já Tabatha Ricci chega para sua quarta apresentação no octógono e encara a veterana Jessica Penne nos palhas femininos (até 52,1kg.). 

Lutas do UFC 285  

CARD PRINCIPAL (0h – horário de Brasília): 

Peso-pesado (até 120,2kg.): Jon Jones x Ciryl Gane – Luta pelo título  

Peso-mosca (até 56,7kg.): Valentina Shevchenko x Alexa Grasso – Luta pelo título 

Peso-meio-médio (até 77kg.): Geoff Neal x Shavkat Rakhmonov  

Peso-leve (até 70,3kg.): Jalin Turner x Mateusz Gamrot 

Peso-médio (até 83,9kg.): Bo Nickal x Jamie Pickett 

CARD PRELIMINAR (19h30 – horário de Brasília): 

Peso-galo (até 61,2kg.): Cody Garbrandt x Trevin Jones  

Peso-médio (até 83,9kg.): Derek Brunson x Dricus Du Plessis 

Peso-mosca (até 56,7kg.): Viviane Araújo x Amanda Ribas 

Peso-médio (até 83,9kg.): Julian Marquez x Marc-André Barriault 

Peso-meio-médio (até 77kg.): Ian Garry x Song Kenan 

Peso-galo (até 61,2kg.): Mana Martinez x Cameron Saaiman  

Peso-palha (até 52,1kg.): Jessica Penne x Tabatha Ricci 

Peso-galo (até 61,2kg.): Farid Basharat x Da'Mon Blackshear 

Peso-leve (até 70,3kg.): Esteban Ribovics x Loik Radzhabov