Lutas e MMA

Israel Adesanya x Marvin Vettori 2 – Resultado, destaque e reação

Neste sábado (12) aconteceu, no Arizona (EUA), o UFC 263. Neste evento tivemos na luta principal a tão aguardada luta entre Israel Adesanya x Marvin Vettori. Em uma revanche de um dos testes mais difíceis de Adesanya nos médios, o nigeriano acabou com todas as dúvidas anteriores, vencendo Vettori por decisão unânime.

1° ROUND

No início da luta,  Adesanya começou chutando as pernas de Vettori com grande volume, que tentava revidar na mesma frequência que recebia. O italiano aproveitou que o campeão estava chutando muito e pegou a perna do nigeriano para derrubá-lo usando a grade ao seu favor. Enquanto a luta estava no solo, Vettori tentava ferir o campeão usando o “ground and pound“, porém Adesanya utilizou da grade para conseguir se levantar.

Quando a luta ficou de pé novamente, o combate tendia totalmente para o campeão, que se esquivava rapidamente e movimentava muito bem, algo bem bonito de se ver. Com a movimentação e as esquivas, o nigeriano não era atingido pelos golpes do italiano. Perto do fim do round, Adesanya aumentou o volume de golpes e fez o Vettori passar por um pouco de aperto.

Com isso, marcamos o round para Israel Adesanya, num 10-9.

2° ROUND

Foto: Mark J. Rebilas-USA TODAY Sports

No início do segundo round, o italiano veio com uma estratégia de impor uma pressão em Israel Adesanya, que foi um pouco maior que a do primeiro assalto. Por isso, até conseguiu conectar alguns bons golpes no rosto e no corpo do nigeriano. Porém, a movimentação e a velocidade dos golpes de Izzy faziam com que ele conseguisse sair dos golpes e atingir o Vettori antes de ser golpeado.

Da metade até o final do segundo round, Adesanya se impôs na luta novamente e conseguiu conectar os melhores golpes do round. Vettori até tentou grudar no nigeriano, mas a tentativa falhou, pois o Israel saiu com facilidade.

Sendo assim, consideramos a vitória do Israel Adesanya, no segundo round, com um bem nítido 10-9.

3° ROUND

Sem sombra de dúvidas, o melhor momento da luta para o Vettori veio no terceiro round, quando ele conseguiu quedar bem no início do round. Então, por cima, conseguiu pegar as costas de Adesanya. Nas costas do nigeriano, o italiano conseguiu encaixar um mata-leão. No entanto, a luta no solo foi breve, pois Adesanya se moveu muito bem para sair e conseguiu ficar em pé novamente. Quando os dois ficaram de pé, o campeão desferiu muitos chutes na perna de apoio do desafiante, e mais uma vez, Isarel dominou as ações da luta até o soar do gongo.

Assim, pontuamos mais um round a favor do campeão, outro 10-9.

4° ROUND

Foto: Mark J. Rebilas-USA TODAY Sports

Na maioria dos inícios de rounds, quem sempre colocava pressão era o Marvin Vettori, mas, nesse round, o Israel Adesanya começou o usando bastante velocidade nos golpes e, principalmente, na movimentação. Após levar duros golpes, o italiano teve que encurtar a distância e até conseguiu derrubar o nigeriano outra vez, mas o campeão utilizou da grade para reverter a posição e depois ficar em pé novamente. Depois de tentar várias quedas, o italiano acabou cansando e se tornou alvo fácil no final do round, o que levou Izzy a faturar mais um round.

Assim, consideramos outro 10 a 9, para o Israel Adesanya.

5° ROUND

No início do quinto round, o desafiante tentou mais uma vez grudar o campeão na grade, que se defendeu muito bem das tentativas de queda. Quando a luta voltou para a trocação, mais uma vez o Israel Adesanya teve um domínio total na luta em pé. Vettori tentou voltar para a luta agarrada, mas Izzy conseguiu se movimentar e se livrar das investidas do italiano.

E, mais uma vez, marcamos o quinto round para Israel Adesanya, num 10-9.

PONTUAÇÃO DOS JUÍZES

Scorecard | Imagem: UFC

OPNIÃO E CRÍTICAS SOBRE AS ATUAÇÕES

Foto: Mark J. Rebilas-USA TODAY Sports

De início, a atuação do Vettori não foi das piores, pois ele fez o que tinha ao seu alcance, porém um erro dele foi quedar o campeão perto da grade, o que facilitava as levantadas de Israel Adesanya, diferente de Jan Blachowicz que conseguiu quedar no meio do cage, dificultando Izzy de levantar. Outro erro do Marvin foi insistir demais na luta em pé, pois ele sabia que o nigeriano é muito melhor tecnicamente na trocação.

Além disso, o campeão mostrou que em pé não existe adversário que o faça correr perigo nos médios. Porém, na luta agarrada mostrou que é quedado ainda com uma certa facilidade, precisa melhorar com uma certa urgência, pois alguns lutadores podem tentar usar dessa área para buscar a vitória.

RESULTADOS DO UFC 263

CARD PRINCIPAL

Israel Adesanya derrotou Marvin Vettori na decisão unânime dos juízes (50-45, 50-45, 50-45)

Brandon Moreno finalizou Deiveson Figueiredo com um mata-leão a 2m26s do R3

Leon Edwards derrotou Nate Diaz na decisão unânime dos juizes (49-46, 49-46, 49-46)

Belal Muhammad derrotou Demian Maia na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Paul Craig derrotou Jamahal Hill por nocaute técnico a 1m59s do R1

CARD PRELIMINAR

Brad Riddell derrotou Drew Dober na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Eryk Anders derrotou Darren Stewart na decisão unânime dos juizes (29-27, 29-28, 29-27)

Lauren Murphy derrotou Joanne Calderwood na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Movsar Evloev derrotou Hakeem Dawodu na decisão unânime dos juízes (29-27, 29-27, 29-27)

Pannie Kianzad derrotou Alexis Davis na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Terrance McKinney derrotou Matt Frevola por nocaute a 7seg. do R1

Steven Peterson derrotou Chase Hooper na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Fares Ziam derrotou Luigi Vendramini na decisão dividida majoritária dos juízes (29-28, 28-28, 29-28)

Carlos Boi derrotou Jake Collier na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Foto: Reprodução / Mark J. Rebilas-USA TODAY Sports

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular

To Top