UFC Lutas e MMA

Brasil no topo mundial dos médios: Alex Poatan Pereira nocauteia Adesanya

Brasil no topo mundial dos médios: Alex Poatan Pereira nocauteia Adesanya

Brasil no topo mundial dos médios: Alex Poatan Pereira nocauteia Adesanya. A saber, a luta aconteceu nesta madrugada de sábado (12) para domingo (13) pelo UFC 281. Direto do Madison Square Garden, em Nova York, surgiu um novo campeão mundial dos médios da famosa organização americana. Enfim, confira detalhes de mais uma vitória do brasileiro Alex Poatan Pereira frente ao nigeriano Israel Adesanya.

Brasil no topo mundial dos médios: Alex Poatan Pereira nocauteia Adesanya

Uma batalha intensa antes mesmo do início. Muitos davam o nigeriano como favorito e de fato era compreensível. Todavia, mesmo com seu favoritismo, todos, inclusive Adesanya, sabiam que este seria o ultimate fight da vida de Israel. E que fight!

Show de entradas. Grito expressivo marcando presença pelo lado indígena brasileiro da tribo Pataxó por Poatan. Além da entrada bem bolada de Adesanya com a sacada de Jogos Mortais. Difícil não gostar do carismático nigeriano, mas mesmo os que torcem o nariz, devem admitir que o ex-campeão sabe conduzir um evento.

Apesar das provocações, mais da parte do ex-campeão que o atual, ocorreu um grande respeito dentro do octógono. Como dito em textos anteriores, Alex Pereira, antes do título mundial, provavelmente era menos conhecido que Israel. No entanto, o nigeriano conhecia Alex muito bem. Naturalmente espera-se que hajam outras grandes lutas de alta performances, mas numa hipótese onde esta seja a última de Adesanya, com certeza, foi digna de disputa dos médios.

Mesmo o brasileiro mais introvertido, focado no objetivo, o respeito existiu desde o início da luta. Ambos não tocaram as luvas, mas as guarda altas a quase todo o momento valiam mais do que qualquer outro gesto. Adesanya estava em casa, era seu momento. Visivelmente preparado, mas também tenso para que acabasse o 5º round. Sem muito jogo de chão, por mais de Israel tenha tentado… O brasileiro é muito forte. Parecia uma draga tentando sair debaixo de Adesanya.

De fato, não se chega atoa numa posição de destaque como a que tem Alex Pereira agora. Campeão dos peso-médios do UFC, a organização mais famosa no mundo do MMA.

Cinco rounds para a consagração mundial

Em resumo, um 1º round muito equilibrado com os dois lutadores bem cuidadosos. Nenhuma queda ou tentativa de finalização, além do tempo estar totalmente igual.

A saber, no 2º round permaneceu equilibrado, com mais trocações de golpes, mas aparentemente com o brazuca em leve vantagem. Ainda assim, duelo seguia muito parelho.

No 3º round, uma queda para cada lado e mais golpes trocados. Porém, desta vez, Israel Adesanya um pouco mais no controle.

De fato, o 4º round não fugiu daquela tensão dos rounds anteriores. Alex Pereira terminou com 89 golpes, 60 consideráveis e uma queda pra conta. Por outro lado, Adesanya conseguiu 93, contudo, 68 foram significativos. Ademais, obteve uma queda e mais controle de tempo.

Por fim, no 5º e último round era de se esperar um Alex Pereira mais ativo, buscando mais golpes, como foi. O brasileiro passou dos 130, Adesanya não saiu muito dessa linha, mas ainda estava bem na disputa, controlando melhor o tempo no octógono.

Realmente Adesanya mostrou que se preparou para este duelo, parecia que cada gota de suor e respiração eram para movimentos totalmente planejados. No entanto, o que talvez mais temia aconteceu. As poderosas bazucas que Pereira chama de braços apareceram no momento certo.

Quando o de esquerda furou a guarda de Adesanya foi um abraço. O resto é história. Sequência de socos, Adesanya cada vez mais desorientado e consagração veio após nocaute técnico do juíz. Enfim, título que já foi de Anderson Silva, agora, fica com Alex Poatan Pereira, campeão do peso-médio de MMA no UFC.

 

Foto destaque: Divulgação/MMA Mania

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top