UFC: Fim da linha? Após derrota no UFC 293, Adesanya revela planos para o futuro

Marcelo Cartaxo | 13/10/2023 - 18:21

Depois de perder o cinturão para Sean Strickland no UFC 293, Israel Adesanya revelou os planos para o seu futuro no UFC. Considerado um dos melhores lutadores de MMA da atualidade, parece o nigeriano está pronto para deixar o mundo das artes marciais. Pelo menos por um tempo.

Em entrevista ao podcast The Rock, Adesanya comentou que ficará fora de ação no UFC, organização pela qual se tornou campeão mundial no peso médio (até 83.9kg), por ‘bastante tempo’. Neste ínterim, o lutador comentou que cuidará de si mesmo, mas que não irá se aposentar.

—  Tirarei um tempo pra me cuidar e ficarei sem lutar por bastante tempo. Não vou me aposentar porque me conheço – não vou embora assim. Mas se eu fizer isso, tudo bem. Não preciso provar mais nada. Vocês não vão me ver lutar por muito tempo. — Disse o lutador de 34 anos.

Adesanya não vem de uma fase incrível, ao contrário de como foi boa parte de sua carreira. São 24 vitórias, três derrotas e nenhum empate em seu cartel de lutas. Recentemente, em setembro no UFC 293, Israel foi derrotado Por Sean Strickland, perdendo o cinturão da divisão pela segunda vez em menos de um ano. O primeiro a conseguir este feito foi o brasileiro Alex “Poatan” Pereira.

O nigeriano conquistou o cinturão contra Robert Whitaker em julho de 2019, e desde então tem sido uma das maiores forças no MMA mundial. A primeira derrota no evento foi para o polonês Ian Blachowski em 2021, e só encontrou novamente um oponente capaz de vencê-lo em novembro de 2022, quando enfrentou Alex “Poatan” Pereira.

Adesanya perdeu duas das últimas três lutas que disputou no UFC

A derrota para o brasileiro surgiu no UFC 281, quando foi nocauteado no quinto e último round daquela ocasião. Adesanya estava vencendo a luta por pontos, mas Poatan acabou com as chances do adversário quando deferiu um combo de ganchos, cruzados e diretos perto da metade do 5° round.

Em seguida, recebeu a chance de lutar novamente contra Poatan, e dessa vez não poupou tempo, vencendo no segundo assalto com um direto da mão direita, fazendo Poatan cair no chão praticamente desacordado.

Adesanya recuperou o cinturão da divisão, mas foi colocado frente à frente com o norte-americano Sean Strickland, que por sua vez se tornou o atual detentor do cinturão do peso-médio no UFC. Strickland tem 28 vitórias como profissional, cinco derrotas e nenhum empate.

LEIA MAIS

+ UFC São Paulo: Jailton Malhadinho ganha novo adversário para luta principal

++ UFC 294: Charles do Bronx sofre lesão e está fora da revanche com Makhachev

Escrito por Marcelo Cartaxo
Marcelo Cartaxo é um estudante de jornalismo na Universidade Veiga de Almeida, cujo interesse e paixão pelo jornalismo esportivo o levaram a acumular experiências em várias plataformas renomadas. Sua trajetória inclui colaborações notáveis em veículos como Premier League Brasil, Minha Torcida, Esportelandia, Futebol na Veia e ShaftScore.