UFC Vegas 89: Brasileiro é desclassificado por ato bizarro e acaba demitido

Matheus Costa | 23/03/2024 - 23:45

O confronto entre brasileiros durante o UFC Vegas 89 foi protagonizado por uma cena completamente bizarra e poucas vezes vista na história do MMA.

O duelo entre André Lima e Igor Severino pela categoria dos moscas, durante o card preliminar do UFC Vegas 89, acabou terminando em uma desclassificação durante a metade do segundo o round. O motivo? Igor acabou mordendo o bíceps do braço esquerdo do adversário, mesmo usando protetor bucal, e acabou sendo pego pelo árbitro central que imediatamente encerrou o combate. A mordida, inclusive, deixou uma marca bizarra no braço de André.

Confira:

Desclassificado, brasileiro é demitido pelo UFC durante o UFC Vegas 89

No entanto, a derrota por desclassificação não foi a única consequência pelo ato bizarro do brasileiro Igor Severino. Em declaração ao jornalista Kevin Iole, Dana White, presidente do UFC, afirmou que o peso mosca foi demitido imediatamente após a luta e deve ser suspenso pela Comissão Atlética de Nevada.

– Eram dois lutadores invictos e estreantes. Se você fica frustrado e quer sair da luta, existem várias maneiras de fazer isso, mas a pior coisa que você pode fazer é morder o seu oponente. Agora, você é demitido e perdeu a maior oportunidade da sua vida. Além do mais, ele vai ter muitos problemas com a NSAC (Comissão Atlética de Nevada) -, afirmou.

Confira os resultados completos do UFC Vegas 89.

Escrito por Matheus Costa
Matheus Costa é jornalista, repórter e redator com passagens por MMA Brasil, LANCE!, O Dia, Yahoo! e outros. Sua carreira no jornalismo iniciou na cobertura do MMA, depois se expandindo para a cobertura do futebol e dos bastidores de televisão esportiva brasileira. Já cobriu in loco eventos de MMA, futebol, basquete e jiu-jítsu.