UFC Vegas 87: Vitor Petrino mantém invencibilidade, vence e ‘aposenta’ rival

Márcio Júnior | 02/03/2024 - 22:22

O brasileiro Vitor Petrino segue invicto na sua carreira como profissional e neste sábado (2) fez mais uma vítima. Na luta co-principal do UFC Vegas 87, o brasileiro venceu o australiano Tyson Pedro, pela categoria dos peso meio-pesado (até 83,9kg). Em três rounds, o brasileiro não teve muita dificuldade e faturou a vitória por decisão unânime dos juízes.

No UFC, são quatro lutas e quatro vitória. Na carreira, Petrino chega agora a sua 11ª vitória e segue sem saber o que é perder. A vitória desde sábado, inclusive, ainda serviu para aposentar o rival Tyson Pedro. Aos 32 anos, o australiano anunciou a sua aposentadoria do octógono depois de 15 lutas profissionais. O resultado deixa Vitor Petrino numa boa e com moral na organização, e aproveitou depois da luta para desafiar o Anthony Smith, ex-desafiante ao cinturão da categoria.

— Dana, mostrei que estou pronto para estar entre os top 15 da divisão. Vi que o Anthony Smith está aí, é o próximo cara que quero mirar, o topo da categoria, quem sabe me tornar campeão. Então Anthony, vamos fazer isso acontecer — disse Petrino após a luta.

Vitor Petrino domina e vence australiano no UFC

Desde os primeiros minutos da luta o brasileiro Vitor Petrino não teve muita dificuldade para controlar o confronto, apesar da luta ter começado mais lenta. Com um começo muito estudado, os dois lutadores trocaram poucos socos, com o brasileiro tomando as rédeas das ações.

No segundo assalto da luta, Petrino resolveu martelar um pouco mais. Vou mais agressivo e tomou as ações. Por outro lado, o asturaliano tentava encurtar a distância para levar o brasileiro para o chão, mas sem muito sucesso. Mesmo assim, o combate continuava lento e sem muitas ações.

No round final, parece que os dois lutadores resolveram acelerar o ritmo. O mineiro e tentou golpes mais agressivos. O ponto alto do round aconteceu quando o brasileiro ‘arremessou' o rival no chão, somando uma boa queda para a decisão os juízes. A partir daí, o brasileiro controlou a luta agarrada e conseguiu mais algumas quedas que garantiram a decisão unânime dos juízes.

Brasileiros no UFC Vegas 87

Além de Vitor Petrino, outros dois brasileiros subiram no octógono do UFC Vegas 87. O único que não venceu o seu duelo foi o paulista Claudio Ribeiro, que acabou sendo nocauteado pelo britânico Christian Leroy Duncan, no segundo round da luta. Claudio viu Leroy Duncan dominar as ações desde os primeiros minutos do confronto e aproveitar uma maior envergadura contra o brasileiro.

Com a derrota, Claudio viu a sua permanência no UFC ficar abalada após três derrotas – duas seguidas – em suas quatro primeiras lutas na organização e corre risco de ser cortado do UFC. Isso porque esta foi a última luta prevista em seu primeiro contrato e agora o brasileiro ficou em uma posição de desvantagem para uma negociação.

Mas, apesar da vitória de Petrino na luta co-principal do UFC Vegas 87, o ponto alto da noite dos brasileiros, sem dúvida, foi o nocaute brutal de Vinicius ‘LokDog’ Oliveira. Com uma joelhada voadora impressionante, Vinicius venceu o albanês Bernardo Sopaj no terceiro round do confronto, levando os prêmios de luta da noite e performance da noite.

Todos os resultados do UFC Vegas 87

Card Principal

Jairzinho Rozenstruik venceu Shamil Gaziev por nocaute técnico
Vitor Petrino venceu Tyson Pedropor decisão unânime dos árbitros
Muhammad Mokaev venceu Alex Perez por decisão unânime dos árbitros
Umar Nurmagomedov venceu Bekzat Almakhan por decisão unânime dos árbitros
Steve Erceg venceu Matt Schnell por nocaute no 2º round

Card Preliminar

Eryk Anders venceu Jamie Pickett por decisão unânime dos árbitros
Vinicius ‘Prego' venceu Benardo Sopaj por nocaute (joelhada) no 3º round
Aiemann Zahabi venceu Javid Basharat por decisão unânime dos árbitros
Christian Leroy Duncan venceu Claudio Ribeiro por nocaute técnico no 2º round
Ludovit Klein venceu AJ Cunningham por nocaute técnico no 1º round
Loikd Radzhabov venceu A. Al-Selwady por nocaute no 3º round

Escrito por Márcio Júnior
Márcio Júnior é baiano formado pela Faculdade Regional da Bahia. Cobriu de carnaval a Copa do Mundo na TVE Bahia, onde venceu o prêmio de reportagem do mês. Apaixonado por futebol, NBA, NFL e games de história. Torcedor do Bahia e Los Angeles Lakers. Passei pela ALBA, Rádio Educadora, Superesportes e Trivela. No Quinto Quarto desde julho de 2023.