Lutas e MMA UFC

UFC Vegas 65 Resultados – Nzechukwu x Cutelaba (19/11)

UFC Vegas 65 Resultados - Lewis x Spivac

Neste sábado (19), em Las Vegas, o UFC Vegas 65 movimentou a capital mundial dos cassinos com 11 combates, com a baixa do evento principal, que seria entre Derrick Lewis x Serghei Spivak. No evento, destaque para a participação brasileira de Jennifer Maia, Maria Oliveira e Natália Silva, além da luta principal, envolvendo Kennedy Nzechukwu x Ion Cutelaba. Confira, a partir de agora, os detalhes dos cards preliminar e principal.

UFC Vegas 65 Resultados: Nzechukwu x Cutelaba

Card Principal UFC Vegas 65

🇺🇸 Derrick Lewis x Serghei Spivac 🇲🇩

Luta principal do UFC Vegas 65 cancelada por motivos médicos. Derrick Lewis foi levado ao hospital com a alegação de dores nas costas e mal estar.

🇳🇬 Kennedy Nzechukwu x Ion Cutelaba 🇲🇩 – Remontada incrível e inesperada

No começo do combate, Cutelaba exerceu pressão total sobre Nzechukwu, com idas ao corner e tentativas de queda. No solo, o moldavo segurou o nigeriano por cima e, quando ambos se ergueram, o africano sofreu mais uma queda, com o lutador do leste europeu na tentativa de alcançar a finalização.

No entanto, com apenas um minuto do 2º round, Nzechukwu aplicou uma reação incrível. Com ambos em pé, o nigeriano acertou acertou joelhada no rosto de Cutelaba e, após sequência de socos no corner, o árbitro interrompeu o combate e decretou nocaute técnico para o lutador africano.

🇺🇸 Chase Sherman x Waldo Cortes Acosta 🇩🇴 – Quase rolou nocaute do dominicano, mas venceu mesmo assim no UFC Vegas 65

Depois de um começo bem estudado, Cortes Acosta tentou prevalecer no combate. Mas logo foi dominado por Sherman, que travou os movimentos do dominicano e, em seguida levou ao corner e ao solo, até o final do round inicial.

No 2º round, o equilíbrio e a trocação entre os oponentes predominaram durante boa parte do assalto. Até que, no minuto final, Cortes Acosta carimbou vários golpes em sequência, mas Sherman se segurou em pé, não caiu, mas sofreu fisicamente com os socos do dominicano.

Por fim, o último round começou em um ritmo mais lento, pelo cansaço dos pesos pesados. No entanto, o final ainda reservou uma boa trocação entre os dois lutadores. Mesmo assim, a vitória foi declarada, por decisão unânime, para Waldo Cortes Acosta.

🇵🇹 André Fialho x Muslim Salikhov 🇷🇺 – Russo dominou o português de ponta a ponta

Em um começo de combate bem estudado, Salikhov desponta, com tentativas de chutes rodados e uma queda bem realizada sobre André Fialho. No entanto, o português revidou com socos no clinch, em direção ao rosto do oponente russo. Por fim, Salikhov levou o combate para a grade, onde ficaram até o fim do 1º round.

Na sequência, pelo 2° round, o domínio de Salikhov continuou, com chutes, socos e boa defesa. No melhor momento de Fialho, o português caiu sozinho e foi alvo de sequência de golpes do russo, que quase conseguiu nocaute técnico, mas logo foi travado pelas pernas do oponente.

Por fim, no 3º round, mais chutes e socos levaram André Fialho ao corner. Assim, após um chute preciso no lado do rosto do português, Salikhov garantiu a vitória com a interrupção do árbitro.

🇦🇺 Jack Della Maddalena x Danny Roberts 🏴󠁧󠁢󠁥󠁮󠁧󠁿 – Domínio absoluto do australiano

Durante boa parte do 1º round, Della Maddalena dominou completamente Danny Roberts, com socos e joelhadas precisos que, até certo ponto, quase levaram o inglês ao nocaute. Roberts conseguiu escapar, mas por pouco tempo. Ainda antes dos cinco minutos iniciais, o australiano levou o combate ao corner e disparou mais golpes, que derrubaram o oponente, para garantir a vitória por nocaute técnico.

Card Preliminar UFC Vegas 65

🇺🇸 Charles Johnson x Zhalgas Zhumagulov 🇰🇿 – Duelo travado e baixo, literalmente

Em um combate de várias paradas por golpes baixos de ambas as partes, Zhumagulov começou melhor e tentou travar as pernas de Johnson e desferir socos. No entanto, após um desses golpes que provocaram a pausa no combate, Johnson ressurgiu e conseguiu aplicar mais socos.

Por fim, o americano ainda sofreu alguns chutes nas pernas. Mesmo assim, por decisão dividida dos jurados, a vitória ficou mesmo com Charles Johnson.

🇧🇷 Jennifer Maia x Maryna Moroz 🇺🇦 – brasileira manteve o controle do combate e levou a melhor no UFC Vegas 65

Sob um começo melhor de Maryna Moroz, Jennifer Maia conseguiu a reação e, principalmente com a mão direita, respondeu com socos. No um contra um, a brasileira também se saiu melhor, exercendo pressão sobre a adversária ucraniana.

Em seguida, o 2º round foi mais equilibrado, com a reação de Moroz, mesmo com leve superioridade de Jennifer Maia, que seguiu com golpes precisos de direita. A reação da lutadora ucraniana continuou no 3º round, mas ainda com o combate sobre o controle da brasileira. Com isso, por decisão unânime dos jurados, a vitória no UFC Vegas 65 ficou com Jennifer Maia.

🇺🇸 Vince Morales x Miles Johns 🇺🇸 – luta em nível ameno, mas com golpe fundamental de Johns

Com um duelo em ritmo lento nos dois rounds iniciais, as coisas começaram a esquentar a partir do 3º round. No final, a trocação aumentou e, com isso, o equilíbrio ficou por cima dessa vez.

Em uma luta de poucas emoções, o resultado ficou com os jurados. Por decisão unânime, Miles Johns levou a melhor, muito por conta de uma queda realizada ainda no final do 2º round.

🇺🇸 Ricky Turcios x Kevin Natividad 🇺🇸 – Duelo muito equilíbrio entre os americanos no UFC Vegas 65

Primeiramente, Turcios dominou o 1º e boa parte do 2º round, principalmente no solo. Até que, ainda no meio da luta, Natividad aplicou uma queda que equilibrou o combate. Em seguida, Natividad acertou um soco de canhota, que fez Turcios sentir o golpe, literalmente. Por fim, Turcios sofreu nova queda, antes do final do 2º assalto.

Na sequência, o último round reservou mais domínio de Natividad, que tentou estrangulamento e acertou joelhada sobre Turcios. Em seguida, o combate ficou mais equilibrado, com Turcios na tentativa de encaixar um mata-leão e com domínio no solo. Dessa forma, Richy Turcios levou a melhor, mesmo com decisão dividida dos jurados.

🇺🇸 Vanessa Demopoulos x Maria Oliveira 🇧🇷 – Sem chances para a brasileira

Sob forte domínio de Vanessa Demopoulos, Maria Oliveira foi ao solo ainda no começo do 1º round. Em seguida, a americana encaixou socos e cotoveladas sobre a brasileira.

No 2º round, o domínio no solo de Demopoulos só aumentou, com a americana por cima, golpeando a brasileira que estava refém da pressão adversária. Por fim, o 3º round apontou uma ligeira reação e melhora de Maria Oliveira, mas insuficiente sobre a predominante vantagem de Demopoulos, que conduziu bem o combate. Com isso, a decisão dos jurados foi unânime para a vitória de Vanessa Demopoulos.

🇺🇸 Brady Hiestand x Fernie Garcia 🇺🇸 – Remontada com domínio no solo

Logo no início, Garcia encaixou um golpe de direita preciso que levou Hiestand ao solo. Na sequência, tentou o estrangulamento e, com isso, levou a uma luta mais travada e agarrada. Em seguida, foi Hiestand quem tentou a finalização, mas sem sucesso, diante da boa defesa de Garcia.

Nos rounds seguintes, Hiestand conseguiu ser dominante no combate, com chutes e soberania no solo, com uma quase finalização, que foi impedida pelo final da luta. Assim, por decisão unânime dos jurados, a vitória ficou mesmo com Brady Hiestand.

🇧🇷 Natália Silva x Tereza Bleda 🇨🇿 – Vitória brasileira no último round pelo UFC Vegas 65

No começo do combate, Bleda começou no controle sobre Natália, mas sofreu queda, provocada pela brasileira de imediato. No entanto, Natália quase sofreu finalizou, por triângulo, mas conseguiu se livrar ainda no round inicial.

No 2° round, Natália começou com um soco preciso de direita que levou Bleda para o corner. Em seguida, a brasileira seguiu no comando e conduziu a trocação ao seu ritmo. Até que, no round final, após acertar o queixo da oponente, Natália Silva concluiu com sequência de golpes sobre a adversária tcheca, que estava no solo, para conquistar a vitória por nocaute técnico no UFC Vegas 65.

Foto destaque: Divulgação/UFC

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top