Lutas e MMA UFC

UFC Vegas 55 Resultados – Holm x Vieira – 21/05

UFC Fight Night Resultados - Holm x Vieira - 21/05

Antes de mais nada, confira detalhes do UFC Vegas 55 resultados ou UFC Fight Night 206 – Holm x Vieira, que se enfrentaram neste sábado (21), a partir das 17h (horário de Brasília), nas instalações do UFC Apex em Enterprise, Nevada, parte da área metropolitana de Las Vegas, Estados Unidos. Portanto, confira tudo sobre o UFC Vegas 55 resultados.

A saber, seis brasileiros estavam no evento. Então, no card preliminar, Felipe “Cabocão” Colares foi derrotado por nocaute. Já Jailton “Malhadinho” Almeida finalizou seu adversário ainda no 1º round. Por outro lado, no card principal, tivemos a luta entre as brasileiras Polyana Viana x Tabatha Ricci, vencida por Tabatha por decisão unânime.

Bem como o argentino Santiago Ponzinibbio foi derrotado pelo brasileiro Michel Pereira em duelo acirrado pelo co-main event. De fato, foi uma verdadeira guerra para dividir os corações brasileiros. Por fim, a americana e ex-campeã, Holly Holm, foi derrotada pela brasileira Ketlen Vieira na luta principal, por decisão dividida.

UFC Vegas 55 Resultados – Holm x Vieira – 21/05

Card Principal

Brasileira Ketlen Vieira vence a ex-campeã Holly Holm por decisão dividida

O grande embate da noite do UFC Vegas 55 começou com a brasileira na luta agarrada, jogou a americana na grade e conectou dois golpes no rosto de Holly. Por outro lado, a ex-campeã travou Ketlen na grade, mas sem efetividade. Assim a americana levou até o fim do round.

O 2º round teve um chute alto de Ketlen como primeira tentativa, mas Holm defendeu bem. A partir do segundo minuto o duelo ficou mais estudado. Mas no minuto seguinte a brasileira conseguiu a queda na rival, que logo conseguiu se levantar, não antes de sofrer alguns golpes. Ketlen chegou a colocar um mata-leão na americana, que quase bateu, mas escapou.

No round #3, após quase ser finalizada, a americana voltou com muita vontade, mas logo foi para a estratégia dos outros rounds: travar a rival na grade. A brasileira conseguiu sair da grade e começou a cercar a rival, que a afastava com chutes. Então, outra vez, Holly Holm levou Ketlen às grades e foi pontuando. Vieira respondia com chutes na barriga. A brasileira ainda foi para cima e conseguiu um bom direto antes do round terminar.

Ainda mais cansada, Holly sofreu bons golpes no início do round 4, mas não se entregou. Ketlen cercava e golpeava mesmo que caminhando para trás, vencendo a americana no jogo em pé. Holm conseguiu um knockdown na brasileira com um chute, mas Vieira rapidamente se levantou. A americana ainda jogou a rival na grade, que rapidamente saiu. Ketlen conectou bons golpes, acertando o rosto da ex-campeã.

Em resumo, o último round , Ketlen Vieira conectou um bom chute e um bom soco rodada, com sangue nos olhos para vencer. Apesar da mão da brasileira entrar, Holly sempre apelava para a luta agarrada. Holm conseguiu três bons chutes altos, mas Ketlen absorveu. Mas a americana novamente colocou a rival na grade. Por fim, no último minuto, a ex-campeã garantiu mais pontos na grade. Contudo, não foi o suficiente para sair vencedora. Então, a brasileira levou a luta por decisão dividida.

Em um verdadeiro show dos dois lutadores, Michel Pereira vence Santiago Ponzinibbio em decisão dividida

Um dos duelos mais aguardados do UFC Vegas 55, Santiago Ponzinibbio x Michel Pereira começou com Michel chutando e indo para cima. Santiago respondeu com chute baixo, sendo contragolpeado pelo rival com um bom direto de direita. Além disso, Pereira era perigoso nas combinações. Pouco mais tarde, o brasileiro balançou o argentino com outro direto. A saber, foi um round inicial bastante técnico.

Já o 2º round teve Michel tentando caminhar mais para frente. De fato, quando golpeava levava mais perigo que o argentino. O brasileiro dominava o round até metade do round, quando começou a ve a luta se equilibrar e Santiago crescer. Entretanto, Michel conseguiu tocar o rosto de Ponzinibbio, que teve um corte em seu nariz. O argentino ainda conseguiu uma queda, mas o round terminou.

Michel conectou um chute alto e depois um soco forte, acuando o rival. Ainda deu um operscut, quando o argentino contragolpeou. A luta se desenhou em uma trocação bem acirrada, com ambos tocando a face do adversário. A luta ficou bem franca no último minuto em uma luta muito disputada e que levantou o público em um verdadeiro show dos atletas. Por certo, um empate agradaria a todos e tem tudo para ser a luta da noite.

Chidi Njokuani nocauteia Dusko Todorovic no 1º round com uma cotovelada

Os dois atletas começaram tentando chutes altos. Assim, Njokuani tentou a luta agarrada e jogou o rival no chão. Dessa forma, tentou o estrangulamento em um triângulo, mas o sérvio se defendeu bem. Em contrapartida, Todorovic também trabalhou no chão, buscando igualmente a finalização, mas acabou ficando nas costas sem fazer muita coisa.

Então, no último minuto, quando Dusko soltou, Chidi é quem foi para a luta agarrada pelas costas. Por fim, quando Todorovic se soltou, Njokuani soltou uma cotovelada feroz em cheio no rosto do sérvio e o nocauteou no 1º round.

Tabatha Ricci vence Polyana Viana por decisão unânime dos juízes

Tabatha começou logo levando para a luta agarrada. Poly tentou pegar o pescoço, mas Ricci preferiu levantar e voltar com a luta em pé, local em que conseguia atingir melhor a rival. Entretanto, mais uma vez, Polyana pegou o pescoço da compatriota em pé, mas acabou soltando e caiu por baixo. Mesmo por cima, Tabatha não conseguia golpear.

No round seguinte, o duelo continuou movimentado, com chutes e trocação. Polyana começava a caminhar para frente e a rival contragolpeando. Assim, Tabatha levou a luta para o chão, mas novamente foi travado no chão por sua compatriota. Ainda mais, Ricci conseguiu colocar a adversária outra vez no chão, mas o tempo terminou.

Já no último round, a luta seguiu no mesmo desenho: Tabatha jogando Viana no chão. Em pé, Ricci estava melhor, mas, mesmo assim, jogava para baixo e Polyana não conseguia defender nenhuma queda. Grande parte do round foi com Poly no chão e a Baby Shark a chutando de pé. Portanto, vitória de Tabatha Ricci por decisão unânime.

Jun Yong Park vence Eryk Anders por decisão dividida

Primeiramente, Eryk foi para cima e jogou o sul-coreano para a grade, mas deixou o pescoço e Park o pegou. Porém, acabou dando uma joelhada baixa e o árbitro separou. A luta estava bem movimentada na trocação. No último minuto do round, quando Anders tentou a pegada nas pernas mais uma vez, Park pegou a cabeça do americano novamente, mas sem sucesso para finalizar.

O round 2 continuou com Anders buscando a luta agarrada e Jun Yong trabalhando melhor no contragolpe. Eryk retribuiu a joelhada baixa. Quando a luta voltou, o americano seguiu caminhando para frente e buscando o grappling, com Park contragolpeando. Anders ainda jogou o rival no chão, mas não conseguiu trabalhar e o sul-coreano se levantou.,

Em resumo, o sul-coreano foi para o tudo ou nada, buscando a vitória por nocaute e caminhando para frente. Entretanto, Eryk respondia no grappling. Os atletas ainda trocaram bastante vezes, mesmo demonstrando cansaço. Por fim, no último minutos, Anders tentava o single leg, enquanto Park buscava a trocação franca. Então, o vencedor acabou sendo, por decisão dividida, Jun Yong Park.

Card Preliminar UFC Vegas 55

Joseph Holmes finaliza Alen Amedovski em pouco mais de um minuto com um estrangulamento mão com mão após acertar uma joelhada voadora

O duelo começou com Amedovski caminhando para frente Holmes contragolpeando. Contudo, Joseph acertou uma joelhada voadora de direita, que levou Alen ao knockdown. Então, Holmes castigou e, quando o rival levantou, ele o jogou para o chão novamente. Por fim, mandou uma finalização mão com mão e Alen Amedovski bateu, sendo finalizado.

Jailton Malhadinho finaliza Parker Porter com um estrangulamento

Em primeiro lugar, o brasileiro Jailton Malhadinho pegou o rival pelo quadril e logo jogou para o chão, trabalhando por cima, com socos, cotoveladas e dominando o round todo por cima. Por outro lado, o americano não tinha reação, podendo sofrer um possível 10 a 8 no round. Ainda mais, o brasileiro foi para a montada e, quando Parker deu as costas, Jailton Almeida aplicou um estrangulamento e fez o rival bater.

Uros Medic nocauteia Omar Morales no 2º round

De antemão, os atletas começaram buscando a distância. Assim, quando Medic caminhou para frente e tentou o golpe, foi contragolpeado com um soco na cabeça. Bem como Morales conectava bons golpes. De fato, os golpes do venezuelano parecia melhores até que, a segundos do fim, quando Omar foi para cima, acabou contragolpeado e sentiu, mas o round terminou.

Em resumo, o 2º round começou ainda café com leite, mas rapidamente foi esquentando, com ambos tentando golpes. Contudo, não havia contundência. Até que Omar conseguiu um bom chute próximo do rosto, mas ainda sem força. Entretanto, Medic conseguiu conectar três cruzados de esquerda e Morales não resistiu, sendo nocauteado.

Jonathan Martinez vence Vince Morales por decisão unânime

A princípio, Jonathan Martinez conectava mais chutes que o rival, escolhia melhor as brechas para atacar e achou mais rápido a distância. Em contrapartida,  Morales tentava contra-atacar, mas oferecia pouco perigo. Antes do fim do round, Jonathan ainda tentou uma joelhada voadora, mas sem grande impacto.

O 2º round começou com Vince Morales mais ligado e indo para frente. Entretanto, Martinez logo tomou conta das ações do embate. De fato, a luta era mais morna do que quente. Assim, os chutes de Martinez iam marcando a perna de Vince, que chegou a acertar um bom soco no rosto do rival, que absorveu bem.

Já no último round, precisando do nocaute ou finalização, Vince Morales foi para cima, mas era controlado pelos chutes de Martinez. Este que era mais perigoso com socos e joelhadas também. Em suma, quando Vince tentou uma blitz em cima do rival, Jonathan o jogou para o chão e depois controlou na grade para vencer por pontos.

Chase Hooper nocauteia o brasileiro Felipe Cabocão no 3º round

O embate começou com Chase Hooper indo para frente e tentando os golpes, mas Cabocão controlou as ações do americano. Além disso, o brasileiro conseguiu alguns bons chutes altos, mas foi pego pela perna e jogado no chão. Assim, quase caiu em um estrangulamento, mas saiu e ficou por cima.

Ademais, a luta estava muito movimentada, principalmente pelo lado de Hooper. Ainda mais, quando Colares conseguia se recuperar, era agarrado pelo americano novamente, que o castigou até o final do round. Então, o 2º round começou com o Chase indo para a luta agarrada, que quase pegou seu braço.

Por outro lado, Felipe saiu por cima, mas nada pode fazer para evitar a luta agarrada do americano. Porém, conseguiu ficar por cima e trabalhar algumas cotoveladas no rival. Contudo, Hooper era muito flexível e conseguia se manter vivo na luta, jogando a responsabilidade parao brasileiro.

Em conclusão, o americano colocou o brasileiro para baixo outra vez no último round. Assim, foi golpeando e pontuando por cima. Felipe até tentava se livrar dos socos, mas Chase Hooper estava por toda parte, nocauteando o brasileiro.

Sam Hughes domina Elise Reed no chão e vence por nocaute no 3º round

Em primeiro lugar, Elise Reed começou melhor e conectou alguns golpes, mas Sam Hughes foi rapidamente para a luta agarrada. Então, Reed, com velocidade, conseguia golpear e levar vantagem, mas seus descuidos a levaram ao chão novamente, onde começou a ser castigada por Sam, tendo um calombo na testa ainda no 1º round.

No 2º round, Reed foi para cima, mas acabou sendo afoita e Sam Hughes a levou ao chão mais uma vez e seguiu dominando. Assim, dominou Elise durante todo o round, mas sem grande efetividade.

Em conclusão, o último round se desenhou da mesma forma que o 2º, Sam em cima de Reed no chão, tentando a finalização. Por certo, o jogo de chão predominou sobre a inexperiência de Elise. Assim, após uma montada, Hughes nocauteou a rival e chegou a sua sétima vitória profissional.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top