UFC 287: Durinho ‘cala’ torcida em Miami, bate Masvidal e aposenta rival

Igor Ribeiro | 09/04/2023 - 01:27

Pela luta co-principal do UFC 287, evento realizado neste sábado (8/4), os meio-médios (até 83,9 kg) Gilbert Durinho e Jorge Masvidal subiram no octógono com o objetivo de se aproximarem de nova chance pelo cinturão da categoria. E quem levou a melhor foi o brasileiro na decisão unânime dos juízes.

Com o resultado, Durinho emplaca a segunda vitória seguida e volta a sonhar com o título que pertence a Leon Edwards. O brasileiro é o quinto colocado e somou seu 22º resultado positivo na carreira. Ele também tem outros cinco negativos.

Durinho domina Masvidal

Masvidal optou por não tentar a joelhada inicial para surpreender. Gilbert teve as primeiras iniciativas, com chutes na perna esquerda, seguidos de um cruzado de direita que passou raspando o rosto do rival. Durinho buscou uma queda, mas quase acabou contragolpeado. Na reta final, o brasileiro aplicou um direto e, além de acertar Jorge, também colocou para baixo e garantiu o round.

Durinho voltou com tudo para o segundo assalto e acertou um soco que fez Masvidal cair. O norte-americano rapidamente se levantou, mas voltou a ser quedado após uma linda movimentação do brasileiro. Jorge ainda tentou sair da posição, mas viu Gilbert quebrar sua base com mais um golpe.

O terceiro round também foi bom para Gilbert, que aplicou bons golpes e balançou Masvidal. O norte-americano balançou, mas se recusava a desistir. Ele seguiu sendo quedado e recebeu cotoveladas.

Jorge Masvidal anunciou aposentadoria

Ainda no octógono, Jorge Masvidal anunciou sua aposentadoria do esporte. O Jesus das Ruas, como é conhecido, fez sua última luta em casa e revela estar milionário após 20 anos de carreira profissional.

– Comecei minha carreira há mais de 20 anos, 50 lutas e, às vezes, o jogador já não acerta a mesma cesta. Espero ter inspirado alguém hoje, seja no esporte ou entretenimento. Amo a todos e o esporte. Sou multimilionário e não tinha nada como comecei. É uma boa forma de deixar o esporte -, disse.

Masvidal sentiu o sabor amargo do quarto revés em série. Agora, em sua carreira, ele deixa o esporte com um cartel de 35 triunfos e 16 reveses.