Renan Problema planeja ‘sacrifício’ para esperar luta contra Ngannou na PFL

Matheus Costa | 06/03/2024 - 20:35

Depois de defender o cinturão peso pesado da PFL com um nocaute avassalador no PFL vs. Bellator, o foco do brasileiro Renan Problema é claro: enfrentar Francis Ngannou. No entanto, isso pode demorar.

O confronto contra o norte-americano Ryan Bader, ex-campeão peso pesado do Bellator, foi estipulado sob a premissa de dar ao vencedor a oportunidade de enfrentar Ngannou em sua primeira luta na organização em seu retorno ao MMA. No entanto, o problema é justamente esse: quando o camaronês, que está focando em sua carreira no boxe e irá enfrentar Anthony Joshua na próxima sexta-feira (08), voltará ao cage para retomar sua carreira no esporte.

Durante entrevista ao “MMAJunkie Radio”, Renan falou sobre o confronto com Ngannou e afirmou que está disposto a esperar até o fim de 2024 para enfrentar Francis Ngannou no cage da PFL. O brasileiro, que receberá uma bolsa de 2 milhões de dólares garantidos para o confronto, quer usar o tempo para se recuperar fisicamente das lesões sofridas nos últimos anos, já que ele disputa o torneio da organização em sequência desde 2021.

– Eu estou satisfeito por esperar. Eu estou de acordo por esperar até o meio do ano, até o fim de 2024. Funciona bem para mim. Eu vou usar esse tempo para me recuperar. Eu tenho participado dos torneios da PFL por três anos seguidos, então eu sei que meu corpo vai se beneficiar com esse descanso e para minha evolução. Eu vou usar esse tempo para afiar algumas armas, aprender novos golpes, algumas coisas novas para usar quando eu enfrentar o Francis -, afirmou.

Se vencer Ngannou, Renan Problema faz previsão ousada

Campeão do torneio da temporada de 2023 da PFL na categoria dos pesos pesados, Renan construiu seu nome na organização e se tornou um atleta respeitado mundialmente. Aos 34 anos, o ‘Problema' é bem claro sobre sua mentalidade se vencer Francis Ngannou: ele será o melhor lutador do mundo.

– Acho que não preciso nem dizer nada. Lutando com ele e conseguindo a vitória me coloca numa posição de afirmar que eu sou o melhor peso pesado do mundo na atualidade do esporte -, disparou.

Escrito por Matheus Costa
Matheus Costa é jornalista, repórter e redator com passagens por MMA Brasil, LANCE!, O Dia, Yahoo! e outros. Sua carreira no jornalismo iniciou na cobertura do MMA, depois se expandindo para a cobertura do futebol e dos bastidores de televisão esportiva brasileira. Já cobriu in loco eventos de MMA, futebol, basquete e jiu-jítsu.