Naldo Benny critica promotor e desafia Popó no boxe: ‘Se forem homens comigo…’

Matheus Costa | 28/02/2024 - 20:31

Logo após a vitória sobre Kleber Bambam em apenas 36 segundos com um nocaute avassalador, o tetracampeão mundial Acelino Popó Freitas tem um novo desafio público: o cantor Naldo Benny.

Popó e Naldo negociaram para se enfrentarem no Fight Music Show 3, em 2023, mas o confronto acabou não sendo finalizado por conta da desistência do cantor. Depois de meses em silêncio, o funkeiro resolveu dar o seu lado da história e fez revelações fortes, incluindo uma acusação.

Através de um vídeo publicado nas suas redes sociais, Naldo afirmou que tinha um acordo para receber uma bolsa de R$ 600 mil pelo confronto, mas que a organização e o promotor Mamá Brito não honraram com o acordo e ‘não foram homens' com ele. Inclusive, ele afirma que tem dois lutadores como testemunhas do caso.

– Edvaldo Badola (treinador) e Rogério Minotouro (ex-lutador) podem provar isso. A ideia inicial da minha luta contra o Popó eram R$ 600 mil de bolsa que o mamá Brito (CEO e promotor do Fight Music Show) falou para mim, para o Minotouro e para o Badola, e vocês não foram homens comigo. Não foram corretos, por isso eu não lutei -, disparou.

Naldo Benny garante que não correu de Popó e lança desafio

Acusado de ter corrido do desafio de enfrentar Popó no boxe, Naldo se mostrou indignado com as acusações e afirmou que aceita enfrentar o ex-boxeador profissional se o pagamento combinado for cumprido por parte da organização. Ele ainda garante que não tem medo do pugilista.

– Eu não corri de nada. Se for homem comigo e pagarem os R$ 600 mil de bolsa, como falaram antes, eu vou lugar e vou ganhar essa porr* e vou trazer orgulho para o Rio de Janeiro. Eu não sei de onde o Bambam é, mas fez vergonha. Nego do Borel fez vergonha para o Borel e para o Rio de Janeiro. Se forem homens e honrar o ‘bagulho' comigo, Mamá, Popó e Fight Music Show, bota os 600 mil ou mais que eu faço acontecer. Eu vou lutar. Não tenho medo de Popó, nem de Bambam e nem de ninguém. Se honrar, eu vou -, desafiou.

Escrito por Matheus Costa
Matheus Costa é jornalista, repórter e redator com passagens por MMA Brasil, LANCE!, O Dia, Yahoo! e outros. Sua carreira no jornalismo iniciou na cobertura do MMA, depois se expandindo para a cobertura do futebol e dos bastidores de televisão esportiva brasileira. Já cobriu in loco eventos de MMA, futebol, basquete e jiu-jítsu.