Conor McGregor é acusado de estupro após jogo das Finais da NBA

Igor Ribeiro | 15/06/2023 - 14:14

Conor McGregor, ex-campeão do UFC, é acusado de estupro contra uma mulher após o Jogo 4 entre Denver Nuggets e Miami Heat pelas Finais da NBA. A informação foi divulgada pelo TMZ.

O lutador, que esteve na primeira fileira do ginásio Kaseya Center, foi promover sua marca de spray analgésico. O irlandês nega as acusações.

De acordo com a publicação do TMZ Sports, McGregor teria estuprado uma mulher com uma ajuda de seguranças do Miami Heat e da NBA. O lutador teria recebido um auxílio dos profissionais, que, segundo o veículo, forçaram a entrar em um banheiro feminino.  

De acordo com Ariel Mitchell, advogado da suposta vítima, McGregor teria buscado um contato próximo e forçado um beijo de língua na boca da mulher.

Em seguida, ele teria levado a mulher para um banheiro, onde a teria agredido sexualmente. O relato também menciona que a mulher conseguiu dar uma cotovelada em McGregor e escapar, deixando para trás uma bolsa.

O que diz McGregor?

Ainda em relatos do advogado, os seguranças do lutador teriam a feito de refém até que ela implorasse pela devolução da bolsa. Ela denunciou o caso às autoridades locais e busca um acordo com McGregor, Heat e NBA antes de um litígio na justiça.

Os representantes do ex-campeão negam as acusações e dizem que ele não será intimado pela polícia. Ele é um dos treinadores da 31ª edição do The Ultimate Fighter e se prepara para voltar ao octógono do UFC. 

Em entrevista a um programa também da TMZ, McGregor se manifestou pela primeira vez sobre o ocorrido com o mascote. Segundo o ‘Notorius’, a atuação de ambos foi “espetacular” e tudo “tinha que ser como foi”.

— Esse mascote é bom. Foi uma brincadeira e tudo saiu do jeito que tinha que ser. Passei um tempo com ele depois disso, a gente se abraçou e está tudo bem agora. Foi uma esquete. Parte dos show. A gente se encontrou nos bastidores, está tudo bem entre a gente. Faz parte do show. Acabei de estrear no cinema e vi que não sou tão mau ator assim — ironizou McGregor.

UFC se pronuncia sobre acusação de estupro contra Conor McGregor

O UFC se pronunciou sobre a acusação de estupro contra Conor McGregor, que explodiu nas redes sociais nesta quinta-feira (15/5). A organização, em seu site oficial, declarou que está ciente das recentes alegações e optou por esperar as investigações para tomar uma decisão sobre o assunto.

— A organização está ciente das recentes alegações sobre Conor McGregor e continuará reunindo detalhes adicionais sobre o incidente. O UFC permitirá que o processo legal se desenrole antes de fazer quaisquer declarações adicionais —

McGregor já enfrentou acusação de assédio sexual 

McGregor enfrentou duas acusações de assédio sexual na Irlanda em 2019, que teriam acontecido em outubro e dezembro do ano anterior. Na época, pelas leis do país, o acusado não teve a identidade revelada até o jornal New York Times revelar que se tratava do lutador irlandês. 

Em 2020, McGregor também precisou prestar depoimento à justiça francesa por acusações de agressão sexual e exibição sexual. 

o auxílio de seguranças da NBA e do Miami Heat, que a forçaram a entrar em um banheiro masculino com Conor, até ela conseguir escapar. 

McGregor deu soco em mascote no mesmo dia

McGregor também se envolveu em outro episódio desagradável no mesmo dia. O irlandês, durante o intervalo do jogo, foi ao meio da quadra divulgar o seu spray e protagonizou um momento curioso. 

O irlandês simulou uma briga com Burnie, mascote do Heat, e chegou a nocautear o personagem, que caiu estatelado. O primeiro soco, sim, parece encenação, mas um segundo pareceu fora do controle.  

O ex-campeão peso-pena (até 65,7 kg) e peso-leve (até 70,3 kg) acertou um soco com a mão direita na cabeça de Burnie e levou o adversário ao chão. Antes de colocar fim ao espetáculo, o lutador ainda deu mais uma pancada no rosto da fantasia, já caída no solo. 

De acordo com Sam Amick, insider da NBA e repórter do The Athletic, McGregor não calculou muito bem a força usada no soco e mandou Burnie para o hospital. Segundo fontes, o homem que interpreta o mascote teve de tomar medicamento para dor. Após ficar um período em observação, ele foi mandado para casa e passa bem. O Miami Heat apagou das redes sociais qualquer menção ao episódio com o mascote.

 

Escrito por Igor Ribeiro
Igor Ribeiro é especialista em lutas e MMA e começou a carreira na área como redator e repórter do site Super Lutas, até se tornar coordenador. Foi reporter do Quinto Quarto até julho de 2023.