Lutas e MMA Desbravando Lendas COLUNAS UFC

Jon Jones – Notícias, estatísticas e salário

Primeiramente, Jonathan Dwight Jones, mais conhecido como Jon Jones, é um lutador americano de MMA que carrega consigo um dos maiores e mais notórios legados que o esporte já produziu.

Bicampeão dos meio-pesados no UFC, Jones passou os últimos 10 anos apenas competindo em lutas valendo cinturão, e dessa forma, ele atingiu o histórico recorde de mais vitórias em lutas válidas por título, 14 no total. Apelidado de “Bones”, Jon Jones possui um estilo de luta muito completo, que é aprimorado por suas características físicas avantajadas. A saber, o americano tem 1,93m de altura e absurdos 2,14m de envergadura, a maior já registrada em um lutador do UFC.

ESTATÍSTICAS DE JON JONES NO MMA E NO GRAPPLING

CARTEL NO MMA

TOTAL DE LUTAS NO MMA: 28

  • Vitórias: 26
    • Nocautes: 10
    • Finalizações: 6
    • Por decisão: 10
  • Derrotas: 1
    • Desqualificação: 1
  • Sem resultado: 1

CARTEL NO GRAPPLING

TOTAL DE LUTAS NO GRAPPLING: 5

  • Vitórias: 5
    • Por finalização: 5

TÍTULOS E OUTRAS CONQUISTAS

  • UFC
    • Campeão Meio-Pesado do UFC (duas vezes)
      • Onze defesas de título bem sucedidas (no total)
        • Oito defesas de título bem sucedidas (primeiro reinado)
        • Três defesas de título bem sucedidas (segundo reinado)
    • Maior reinado de campeão dos meio-pesados na história do UFC (1501 dias)
    • Campeão Interino dos Meio-Pesados do UFC (uma vez)
    • Luta da Noite (quatro vezes) 
    • Nocaute da Noite (uma vez) 
    • Submissão da Noite (duas vezes)
    • Performance da Noite (uma vez)
    • Maior sequência invicta na história do UFC (18)
    • Maior número de vitórias consecutivas na divisão dos meio-pesados do UFC (13)
    • Mais defesas de título consecutivas na divisão dos meio-pesados do UFC (8)
    • Mais defesas de título na divisão dos meio-pesados do UFC (11)
    • Empatado com as defesas de título mais bem sucedidas da história do UFC (11) (com Demetrious Johnson)
    • Maior número de vitórias em lutas pelo título do UFC (14)
    • Mais lutas pelo título dos meio-pesados do UFC (15)
    • Mais vitórias em lutas pelo título dos meio-pesados do UFC (14)
    • A maioria das vitórias na divisão dos meio-pesados do UFC (20)
    • Quarta maior sequência de defesas de título consecutivas na história do UFC (8)
    • Lutador mais jovem a ganhar um cinturão do UFC (23 anos, 242 dias)
    • Hall da Fama do UFC (Fight Wing) – Luta contra Alexander Gustafsson no UFC 265
  • Associação de Kickboxing dos Estados Unidos
    • USKBA Peso Meio-Pesado (uma vez)
  • Sherdog
    • 2009 Lutador Revelação do Ano
    • 2010-2013 All-Violence 1st Team
    • 2011 Surra do Ano (contra Maurício Shogun)
    • 2011 Lutador do Ano
    • 2013 Luta do Ano (contra Alexander Gustafsson)
  • World MMA Awards
    • 2010 Lutador Revelação do Ano
    • 2011 e 2012 Lutador do Ano
    • 2013 Luta do Ano (contra Alexander Gustafsson)
  • ESPN
    • 2011 Lutador do Ano
    • 2013 Luta do Ano (contra Alexander Gustafsson)
  • Spike Guys' Choice Awards
    • 2011 Homem Mais Perigoso
  • FIGHT! Revista
    • 2009 Recém-chegado do ano

SALÁRIO DE JON JONES

Antes de tudo, de acordo com o site The Sports Daily, Anderson Silva acumulou, apenas com as bolsas de lutas e variados bônus de desempenho, um total aproximado de US 10 milhões (R$ 56,4 milhões).

Entretanto, sua maior bolsa no UFC foi de US$ 540 mil (R$ 3.04 milhões), no UFC 214, contra o americano Daniel Cormier. No entanto, como o resultado dessa luta foi alterado para “sem resultado”, Jones teve que devolver parte do dinheiro que recebeu como punição. Sendo assim, sua maior bolsa foi no UFC 182, que curiosamente, também foi contra Daniel Cormier.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE JON JONES

Com um cartel de 26 vitórias, uma derrota e uma luta sem resultado, o americano possui vitórias sobre diversos ex-campeões e outros nomes importantes no MMA. Como por exemplo: Daniel Cormier, Glover Teixeira, Rashad Evans, Rampage Jackson, Maurício Shogun, Lyoto Machida, Vitor Belfort e muitos outros. Além de um kickboxing afiado, voltado para o uso de chutes, joelhadas e, principalmente, cotovelas, Jones tem um grappling de altíssimo nível, sendo capaz de quedar diversas vezes o wrestler olímpico, Daniel Cormier, e aplicar uma série de finalizações em seus adversários.

A única derrota na carreira de Jones, no entanto, ocorreu no final de 2009, quando o mesmo enfrentou o americano Matt Hamill. Na ocasião, o futuro campeão aplicou uma série de cotoveladas ilegais no adversário, as famosas cotoveladas “12 para 6”. Sendo assim, acabou sendo desclassificado e amargando sua primeira e única derrota no UFC. Fora esse resultado, Jones nunca foi derrotado de fato em toda a sua carreira profissional.

Em agosto de 2020, Jon Jones abriu mão de seu cinturão dos meio-pesados, para dar início a uma série de preparações físicas voltadas para a sua transição ao peso pesado. Sendo assim, Jones não luta desde fevereiro de 2020, quando superou o americano, Dominick Reyes, em sua 14ª vitória em lutas valendo cinturão.

Entretanto, essa não foi a última notícia a respeito do ex-campeão. No mês passado, Jon Jones foi preso acusado de agredir sua noiva Jessie Moses, em um hotel no qual o casal estava hospedado em Las Vegas.

O americano foi liberado sob fiança, mas esse foi mais um dos diversos problemas de Jones com a justiça. Problemas que, por mais que ocorram fora do UFC, são a maior mancha da carreira do ex-campeão.

Foto destaque: Divulgação/Quinto Quarto

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top