Lutas e MMA Bellator UFC

Ex-UFC e Bellator Anthony Johnson morre aos 38 anos

Ex-UFC e Bellator Anthony Johnson morre aos 38 anos

Ex-UFC e Bellator Anthony Johnson morre aos 38 anos. Segundo o Yahoo Sports, a causa da morte foi derivada de um câncer revelado somente horas depois do falecimento. Semanas atrás seu empresário já havia pedido orações para Anthony, demonstrando que não estava em bom momento. Confira detalhes.

Ex-UFC e Bellator Anthony Johnson morre aos 38 anos

Após uma enxurrada de mensagens nas redes sociais, foi confirmada a morte de Johnson. A precoce morte foi confirmada e, segundo o Yahoo Sports, a causa da mesma é derivada da falência de órgãos relacionada ao seu diagnóstico de linfoma não-Hodgkin.

Em resumo, este câncer não é considerado uma sentença de morte. É um distúrbio do sistema linfático, onde os gânglios linfáticos drenam produtos residuais e fluidos do corpo. Os gânglios linfáticos atuam como pequenos filtros, removendo organismos e células estranhos. Mas no linfoma não-Hodgkin, as células dos linfonodos se multiplicam incontrolavelmente e depois invadem outros tecidos corporais.

A saber, a última luta da carreira de Johnson aconteceu em maio de 2021 contra o brasileiro Gugu Azevedo pelo Bellator.

Enfim, Anthony terminou sua carreira com um recorde profissional no MMA de 23 x 6. A saber, dentre elas ocorreram 17 vitórias por nocaute ou nocaute técnico. Infelizmente Johnson deixa vida e carreira após um ano de uma oportunidade recebida de disputar o cinturão meio-pesado do Bellator. Cabe lembrar que Anthony só não lutou pelo cinturão, pois este câncer o havia impedido.

Carreira de Anthony ‘Rumble' Johnson

Anthony Johnson é mais lembrado pelas duas passagens no UFC (2007-2012 e 2014-2017). Em sua primeira trajetória, emergiu com uma promoção de perspectiva intrigante nos meio-médios. Dono de um poder de nocaute incomparável. Após sua primeira fase, Johnson voltou diferente. Em suma, em sua segunda passagem no UFC disputou como meio-pesado. De fato, foi durante a segunda fase de Anthony no UFC que Rumble derrotou nomes como Glover Teixeira, Ryan Bader, Alexander Gustafsson e Phil Davis. Ademais, disputou duas vezes o cinturão dos meio-pesados do UFC.

Em resumo, Anthony anunciou sua aposentadoria após uma derrota na luta pelo título de 2017 para Daniel Cormier no UFC 210. Cormier realmente foi um carrasco na vida do Rumble. Por curiosidade, nas duas oportunidades de disputar o cinturão no UFC, Johnson perdeu para o compatriota Daniel Cormier. Como se já não bastassem as derrotas, ambas foram por nocaute técnico derivados de mata-leão. A primeira em 2015 no UFC 187, nocauteado no 3º round, enquanto em 2017 não passou do 2º round.

No entanto, voltou ao MMA em 2021, desta vez pelo Bellator, derrotando Gugu Azevedo por nocaute no 2º round. Também lutou apenas esta e depois se afastou. A saber, em outubro de 2021, Johnson lutaria contra Vadim Nemkov, campeão meio-pesado do Bellator. Seria como parte de um torneio do Grand Prix, mas Rumble foi forçado a se retirar da competição devido ao linfoma não-Hodgkin.

Fato é que Rumble, apelidado assim pelo seu poderoso soco, teve uma boa carreira e de certa forma sempre terminou em alta. Se aposentando em 2017 como primeiro no ranking dos meio-pesados no UFC e nocauteando na sua última luta em maio de 2021.

 

Foto destaque: Divulgação/Entertainment Tonight

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top