Cinco motivos para assistir o UFC Atlantic City

Matheus Costa | 30/03/2024 - 15:30

O UFC realiza mais um evento neste sábado (30) repleto de confrontos interessantes do início ao fim. Com um card repleto de promessas e lutadores brasileiros, o UFC Atlantic City será sediado diretamente da Boardwalk Hall em Atlantic City, Nova Jérsei (EUA).

Além de um confronto entre duas grandes promessas para definir a futura desafiante da categoria dos moscas entre Manon Fiorot e Erin Blanchfield, o card reúne diversos nomes conhecidos. O brasileiro Vicente Luque encara Joaquin Buckley na luta coprincipal da noite nos meio-médios, enquanto Bruno Blindado enfrenta o ex-campeão dos médios Chris Weidman no card principal. Além disso, outros compatriotas também estão no card como Virna Jandiroba, Herbert Burns e Melissa Gatto.

Por isso, o Quinto Quarto reuniu novamente cinco motivos para assistir o UFC Atlantic City a partir das 20h deste sábado (30). O evento terá transmissão exclusiva do UFC Fight Pass, serviço de assinatura por streaming da organização.

1) UFC Atlantic City: Blanchfield e Fiorot definem nova desafiante dos moscas

Erin Blanchfield encara Manon Fiorot na luta principal do UFC Atlantic City (Foto: Icon Sport)
Erin Blanchfield encara Manon Fiorot na luta principal do UFC Atlantic City (Foto: Icon Sport)

A luta principal reúne duas das lutadoras mais talentosas da atualidade no UFC. A norte-americana Erin Blanchfield e a francesa Manon Fiorot travam um interessante duelo na luta principal para definir a futura desafiante do cinturão peso mosca feminino, que atualmente está nas mãos de Alexa Grasso.

Forjada no Muay Thai, Blanchfield tem se destacado no Ultimate com sua habilidade no jiu-jítsu com quatro vitórias por finalização e nomes como Jéssica Andrade e Taila Santos no seu currículo. Por outro lado, Manon Fiorot se destaca por seu poder de nocaute e habilidade na luta em pé, enfileirando nomes como Mayra Sheetara, Jennifer Maia e Rose Namajunas em sua trajetória.

2) Sonhando com o cinturão, Vicente Luque tem luta importante no UFC Atlantic City

Vicente Luque retorna no UFC Atlantic City contra Joaquin Buckley (Foto: Icon Sport)
Vicente Luque retorna no UFC Atlantic City contra Joaquin Buckley (Foto: Icon Sport)

Depois de algumas tentativas falhas de tentar uma disputa de cinturão nos meio-médios, o brasileiro Vicente Luque faz seu retorno ao octógono no UFC Atlantic City, neste sábado (30), para enfrentar o perigoso nocauteador Joaquin Buckley.

Luque admitiu recentemente durante uma entrevista que ainda tem o sonho de disputar o cinturão. Por isso, o lutador de 32 anos tem a chance perfeita de retornar ao top 10 da categoria com uma boa vitória sobre o lutador norte-americano, que vive sequência de dois triunfos. Uma boa performance pode colocar Vicente novamente na conversa de grandes lutas da divisão.

3) Com emprego em risco, Bruno Blindado encara Chris Weidman no UFC Atlantic City

Bruno Blindado retorna no UFC Atlantic City contra Chris Weidman (Foto: Icon Sport)
Bruno Blindado retorna no UFC Atlantic City contra Chris Weidman (Foto: Icon Sport)

Na famosa batalha dos desesperados, Bruno Blindado soma apenas uma vitória em suas últimas cinco lutas e precisa de uma boa atuação para assegurar seu emprego no UFC. Neste sábado (30), ele irá enfrentar o veterano Chris Weidman, que tenta superar a péssima fase da carreira acumulada com as graves lesões dos últimos anos.

Ex-campeão dos médios, Weidman venceu apenas uma luta em suas últimas cinco aparições no octógono e fará sua estreia no calendário de 2024. Aos 39 anos, o norte-americano tenta provar que ainda conseguir competir em alto nível na maior organização de MMA do mundo.

4) O retorno do perigoso Nursulton Ruziboev contra promessa americana no UFC Atlantic City

Contratado em 2023 como uma promessa do MMA do leste europeu, o desconhecido Nursulton Ruziboev chegou ao UFC e impressionou em sua estreia ao nocautear brutalmente o brasileiro Brunno “The Hulk em míseros 77 segundos de luta. Agora, é a vez do atleta fazer seu retorno durante o UFC Atlantic City.

Desta vez, Ruziboev é escalado para enfrentar outra promessa, que tem feito seu nome na organização com boas atuações. O norte-americano Sedriques Dumas, contratado através do Contender Series 2022, somou duas vitórias em três lutas e venceu o perigoso alemão Abu Azaitar por decisão unânime em outubro.

5) Brasileiros completam card do UFC Atlantic City com a necessidade de vitória

Completando o card do UFC Atlantic City, o Brasil ainda será representado por mais três lutadores no card preliminar: Virna Jandiroba, Herbert Burns e Melissa Gatto.

Quinta colocada no ranking dos palhas e vivendo grande momento, uma boa vitória sobre a mexicana Lupita Godinez pode colocar Virna Jandiroba na briga por uma disputa de cinturão. Por outro lado, o peso pena Herbert Burns não vence desde 2020 e retorna ao octógono após quase dois anos para enfrentar Julio Arce. Por fim, Melissa Gatto quer voltar a vencer após duas derrotas consecutivas e terá que superar a promissora russa Victoria Dudakova na divisão dos moscas.

Escrito por Matheus Costa
Matheus Costa é jornalista, repórter e redator com passagens por MMA Brasil, LANCE!, O Dia, Yahoo! e outros. Sua carreira no jornalismo iniciou na cobertura do MMA, depois se expandindo para a cobertura do futebol e dos bastidores de televisão esportiva brasileira. Já cobriu in loco eventos de MMA, futebol, basquete e jiu-jítsu.