Indy 500: pneu voa em direção à arquibancada, e Newgarden vence

André Avelar | 28/05/2023 - 17:15

Prova mais tradicional do automobilismo norte-americano, a Indy 500 foi realizada na tarde deste domingo (28), no oval de Indianápolis. Já na parte final da disputa, um pneu do carro de Kyle Kirkwood voou em direção às arquibancadas em um acidente assustador, depois de uma batida com Felix Rosenqvist.

Josef Newgarden (Team Penske) venceu a prova ainda mais acidentada nas voltas finais, com três relargadas, com Marcus Ericsson (Chip Ganassi) e Santino Ferrucci (A.J. Foyt) nas posições seguintes. Os brasileiros Tony Kanaan, que fez a sua última participação na Indy 500, e Helio Castroneves, que tentava o quinto anel de vencedor, ficaram em posições intermediárias: 14º e 15º lugar respectivamente.

A IndyCar e o Indianapolis Motor Speedway disseram que não houve feridos e o pneu caiu em uma área de estacionamento. Apenas um carro de passeio, que estava parado, apareceu com marcas de borracha e um tremendo amassado no capô.

A 14 voltas do fim, de 200 no total, Rosenqvist (Arrouw McLaren) perdeu o controle do carro, bateu na saída da curva 1 e, ao voltar para a pista com a força do impacto, acabou atingido por Kirkwood (Andretti Autosport). O pneu do carro rosa passou sobre a grade de proteção, voou para a fora da pista e passou em um vão entre duas arquibancadas.

Pouco depois do acidente, com os pilotos já em segurança, imagens das redes sociais mostraram um carro amassado no estacionamento, com marcas de pneu. Não há informações de feridos.

— Fiquei do lado errado da disputa, não me recordo com quem estava brigando e peguei a sujeira da pista. Acredito que depois da batida alguma coisa tenha quebrado no carro por que não consegui manter o controle e levar o carro aos boxes — disse Rosenqvist.

Na saída do centro médico do autódromo, ainda assustado com o acidente assustador, Kirkwood lamentou o acidente:

— Graças a Deus esses carros são muito seguros. Não sei o que poderia ter acontecido em uma situação como essa. Feliz por estar bem, feliz pelo carro bom, mas desapontado pelo acidente — disse Kirkwood que, atordoado, de cabeça para baixo na capotagem, inadvertidamente abriu a viseira do capacete.

Visita do troféu da NBA

Um convidado ilustre estava presente na Indy 500: o troféu Larry O’Brien. O Denver Nuggets, que varreu o Los Angeles Lakers na final da Conferência Oeste, já está na decisão pelo título. No Leste, Miami Heat e Boston Celtics farão o Jogo 7 para decidir quem fica com o título.

Assim como na NBA, a Indy 500 também valoriza demais o seu troféu e, inclusive, promove excursões para que fãs do mundo inteiro tenha acesso. O campeão de cada uma das corridas ao longo dos anos, e essa foi a 107ª edição, tem o seu rosto cravado no objeto mais desejado do automobilismo norte-americano.

Escrito por André Avelar
André Avelar foi editor-chefe de esportes no R7, onde cobriu três Copas do Mundo e dois Jogos Olímpicos. Com passagens pela Band, Jornal da Tarde e Estadão, foi coordenador do Quinto Quarto até julho de 2023.