Olimpíadas

Austrália x EUA como aconteceu – resultado, destaques e reação

Na última quinta-feira (5), Austrália x EUA se enfrentaram na Saitama Super Arena, em Tóquio, pela semifinal do basquete masculino das Olimpíadas de 2020. A esquadra estadunidense levou a melhor, com o placar final de 97 x 78. Kevin Durant, cestinha da partida, contribuiu em 23 pontos para o Team USA, enquanto Patty Mills anotou 15 para o escore australiano.

Assista aos melhores momentos de Austrália x EUA

1° quarto: paredão australiano

A princípio, o jogo se mostrou totalmente favorável aos Boomers. A defesa da Austrália se consolidou na região do perímetro e segurou a artilharia americana ao logo do primeiro período. Apesar de terem encontrado a região do garrafão mais aberta, a seleção estadunidense parecia perdida nos dez minutos iniciais.

Aliás, os Estados Unidos sofreram com diversas interceptações em seus ataques e não converteram nenhuma bola de três até o fim do primeiro período. Por outro lado, Joe Ingles e Patty Mills uniram forças no ataque e ampliaram o marcador para a seleção australiana. O placar do primeiro período foi de 24 x 18 para o país oceânico.

2° quarto: recuperação em processo

Assim como no primeiro quarto, o time de Devin Booker continuou errando cestas fáceis, bem como bandejas e enterradas. Da mesma forma, erros em transição e nos passes acumularam oito turnovers para os Estados Unidos até a metade do segundo período.

No entanto, os australianos também afrouxaram a marcação e permitiram maior volume aos seus adversários. Os estadunidenses acabaram com a seca das bolas no perímetro com uma de Booker, na 11ª tentativa da seleção.  Dessa maneira, a diferença caiu para três pontos e o placar da primeira metade do jogo fechou em 45 x 42 para os Boomers.

3° quarto: arrancada norte-americana

Da mesma forma que no último período, a Austrália perdeu um pouco da sua intensidade de jogo e abriu brechas para a virada no escore. A equipe norte-americana trabalhou melhor a posse de bola e Kevin Durant chamou a responsabilidade para planejar as jogadas e pontuar.

Assim, o Team USA disparou em uma corrida de 28 x 6 pontos contra a seleção australiana. Mills e cia, por outro lado, tiveram cada vez mais dificuldades nos ataques e perderam lentamente a vantagem no escore. Além disso, a marcação permaneceu desleixada, o que permitiu bolas do perímetro e mais chances no garrafão. O placar do terceiro quarto foi de 74 x 55 para a equipe estadunidense.

4° quarto: cumprindo tabela

Mesmo com a continuidade de erros e com uma sutil melhora no aproveitamento australiano, os norte-americanos conseguiram manter o ritmo e confirmaram a vitória. Por outro lado, os australianos não recuperaram o fôlego do primeiro quarto e encerraram a partida com 41% de aproveitamento nos arremessos de quadra e 20 rebotes.

Dessa forma, os últimos dez minutos de jogo foram apenas para consolidar ainda mais a vitória e classificação do Team USA. Com enterradas de JaVale McGee e ponte aérea de Jrue Holiday para Zach LaVine, os últimos minutos de jogo foram tranquilos para os estadunidenses. O placar final fechou em 97 x 78 para o time norte-americano.

Austrália x EUA – E agora?

Com a vitória do Team USA, Kevin Durant e cia enfrentam a França na final, em busca da medalha de ouro, na próxima sexta-feira (6), às 23h30 (horário de Brasília). A Austrália, por sua vez, vai disputar a medalha de bronze contra a Eslovênia, no sábado (7), às 8h (horário de Brasília).

Foto destaque: Reprodução/New York Post

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular

NFL, NBA MMA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: contact@quintoquartobr.com
Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright © 2015 The Mag Theme. Theme by MVP Themes, powered by Wordpress.

To Top