NFL

Sean Payton: contratação de delator do Bountygate pela NFL é inacreditável

Sean Payton, treinador dos Saints

(Crédito: Twitter/reprodução)

Sean Payton, head coach do New Orleans Saints, expressou seu espanto após a ‘Fox Sports’ noticiar que Mike Cerullo, que foi da sua comissão técnica, agora trabalha para o escritório na National Football League.

“Notícia problemática de Jay Glazer no que diz respeito à contratação da NFL do ex-empregado dos Saints. Inacreditável”.

Cerullo, ex-assistente defensivo da franquia da Louisiana, forneceu evidências importantes para a liga punir a equipe em 2011 por causa do Bountygate (caso em que os jogadores eram recompensados por lesionar outros atletas) e os Saints o classificaram como um “mentiroso” que fez isso por ter sido demitido.

Ele passou os últimos dois anos como diretor de operações de futebol americano de Princeton antes de ser contratado pela NFL como diretor da administração de futebol americano no meio do ano.

O porta-voz Michael Signora afirmou que Cerullo trabalha em estreita colaboração com Rod Graves – vice-presidente sênior de administração de futebol americano e serviços das equipes – em assuntos relacionados com administração e desenvolvimento das equipes, além de apoiar esforços para envolvendo jogos universitários e projetos de gerenciamento.

Os Saints se mostraram céticos com o fato dele estar recebendo uma recompensa da liga, principalmente porque eles deixaram claro na investigação que ele fez um trabalho ruim em New Orleans. No entanto, Signora afirma que Cerullo não está envolvido com nenhuma situação disciplinar que representaria um conflito de interesse.

Mike Cerullo, que não permaneceu no time da Louisiana após a conquista do Super Bowl em 2009, enviou à NFL um e-mail, em novembro de 2011, alegando que os Saints são uma “organização suja” e afirmando que ele tinha provas de que o assistente Joe Vitt havia mentido para a liga sobre a existência de um sistema de recompensas.

No final das contas, Sean Payton foi suspenso por uma temporada e a NFL puniu severamente Vitt, o general manager Mickey Loomis e toda a organização com multas e perda de escolhas de draft. Alguns jogadores também foram punidos, mas algumas das punições foram revogadas pelo ex-comissário Paul Tagliabue.

Ao ser questionado do motivo de ele ter apresentado a denúncia, Cerullo disse que estava com “raiva” por ter sido demitido. Depois de seu nome ter sido revelado, Cerullo foi acusado de diversas coisas e a NFL o defendeu em declarações públicas.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top