NFL

Rams contratam Sean McVay como novo técnico; head coach é o mais jovem da NFL

Sean McVay, técnico do Los Angeles Rams

(Crédito: Instagram/reprodução)

O Los Angeles Rams já definiu quem será seu próximo técnico principal e contratou Sean McVay, ex-coordenador ofensivo do Washington Redskins para o cargo. Atualmente com 30 anos de idade, ele agora é o head coach mais jovem de toda a história moderna da National Football League.

A contratação já foi confirmada de maneira oficial pela organização da Califórnia.

De acordo com Ian Rapoport, do ‘NFL.com', o contrato de Sean McVay com os Rams é de cinco anos de duração.

McVay, que vai completar 31 anos no dia 24 de janeiro, chega para substituir o demitido Jeff Fisher, que foi desligado do cargo antes do fim da temporada 2016.

De acordo com o ‘ESPN Stats & Information', McVay se torna o técnico mais jovem da NFL desde que Art ‘Pappy' Lewis, aos 27 anos de idade, assumiu o posto de comandante do Cleveland Rams em 1938. Nesta época, contudo, a liga ainda nem havia se profissionalizado.

O Los Angeles Rams parece ter ficado tão satisfeito com McVay que resolveram contratá-lo antes mesmo de entrevistar Kyle Shanahan, atual coordenador ofensivo do Atlanta Falcons e um dos favoritos a ficar com o cargo quando o processo de pesquisa começou.

“Estou incrivelmente honrado por esta oportunidade e quero começar agradecendo o Sr. (Stan) Kroenke e Kevin Demoff pela fé em mim para liderar o Los Angeles Rams como técnico. Coletivamente, estamos empenhados em construir um time com calibre de campeão, e estou animado para começar esse processo e deixar nossos torcedores orgulhosos”, declarou McVay, em comunicado oficial.

McVay passou os últimos três anos comandando o ataque dos Redskins e foi um profissional crucial no desenvolvimento do quarterback Kirk Cousins. Agora nos Rams, como treinador principal, ele terá a chance de desenvolver o jovem quarterback Jared Goff, escolha número 1 do draft de 2016.

Jared Goff, inclusive, não escondeu sua empolgação com a contratação.

“Empolgado com o futuro dessa equipe. Vamos!”, escreveu o signal caller de 22 anos em seu Twitter oficial.

Kirk Cousins, que deve muito de sua evolução a McVay, também não escondeu sua felicidade pelo amigo.

“Realmente feliz por Sean McVay”, publicou o camisa 8 no Twitter.

“As realizações e o sucesso que ele teve em menos de uma década em nossa liga são notáveis. Estou confiante em sua visão de transformar um time em um vencedor constante e, finalmente, trazer um título de Super Bowl para Los Angeles”, falou Stan Kroenke, proprietário dos Rams, em nota oficial.

Com sua experiência como coordenador ofensivo, McVay poderá ajudar a melhorar um ataque horrível que foi o pior da NFL em jardas nos últimos dois anos.

Ele é o neto de John McVay, um bem-sucedido executivo do San Francisco 49ers que presidiu várias equipes campeãs de Super Bowl nos anos 1980 e 1990.

Confira o convite de Paulo Mancha para o Curso All-Star, organizado pelo QQ

Sean McVay começou sua carreira na NFL como técnico assistente de wide receivers do Tampa Bay Buccaneers em 2008, quando Kevin Demoff, atual chefe de operações dos Rams, trabalhava na diretoria da franquia da Flórida. McVay treinou wide receiver na atualmente extinta United Football League em 2009 e se juntou ao Washington Redskins em 2010, indo de técnico assistente de tight ends ao cargo de coordenador ofensivo.

Em seus três anos comandando o ataque dos ‘peles vermelhas’, o time ganhou a quinta maior quantidade de jardas em toda a NFL. No ano de 2016, especificamente, o ataque dos Redskins teve média de 400 jardas por jogo pela primeira vez na história da franquia e terminou como o terceiro melhor da NFL.

Jeff Fisher, que estava em sua quinta temporada nos Rams, foi demitido após 13 jogos na temporada 2016. O time californiano terminou o campeonato com uma campanha bem ruim de quatro vitórias e 12 derrotas.

A título de curiosidade, atualmente o Los Angeles Rams tem um jogador no elenco mais velho do que Sean McVay e ele é o defensive end William Hayes, que tem 31 anos de idade atualmente.

Em contato com a ‘ESPN' norte-americana, Logan Paulsen, tight end do Chicago Bears e ex-jogador dos Redskins de 2010 a 2015, se referiu a McVay como “um dos melhores vendo o jogo de uma perspectiva grande”.

Como já era esperado, Wade Phillips, ex-coordenador defensivo do Denver Broncos, foi contratado para ser coordenador defensivo dos Rams. E, com a chegada dele, o time terá uma grande mente ofensiva (McVay) e um gênio defensivo (Phillips).

Em outras notícias da franquia, os Rams provavelmente não vão manter Rob Boras como coordenador ofensivo, mas devem manter John Fassel, que serviu como técnico interino na reta final da temporada 2016, como coordenador de special teams.

Já o general manager Les Snead, que parecia ameaçado no cargo, deve continuar na função, de acordo com Dan Graziano, da ‘ESPN'.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top