Cincinnati Bengals

Por que o Cincinnati Bengals vence o Super Bowl LVI?

Cincinnati Bengals

Primeiramente, se lá no dia 12 de setembro do ano passado, o torcedor mais otimista do Cincinnati Bengals dissesse que o time estaria disputando o Super Bowl no próximo domingo (13), após vencer os Vikings, ninguém acreditaria. Porém, a temporada foi seguindo, o time foi se superando até chegar ao jogo mais importante do ano. Então, veja o que pode fazer a franquia se sagrar campeã da NFL 2021/22.

A FOME DE JOE BURROW

Na primeira temporada completa da carreira do jovem quarterback de 25 anos, seu time está no Super Bowl. Nesse sentido, podemos dizer que ele é um dos principais responsáveis por isso, basta olhar os números. O Cincinnati Bengals é o 7º melhor time em jardas passadas por jogo, com média de 259 na temporada regular. Enquanto nos playoffs, das 1012 jardas que os Bengals avançaram, 748 foram através de passes.

Além dos números, Burrow tem a força mental do seu lado, característica comum aos vencedores. Mais de uma vez viu seu time em situações adversas, principalmente nos playoffs, e soube traçar estratégias e rotas para sair com a vitória. Por exemplo, contra os Titans sofreu nove sacks e não se abalou, dando o passe que proporcionou a possibilidade de chutar o field goal da vitória. Então, ele chega calejado e pronto para levar o Super Bowl e o prêmio de MVP.

MCPHERSON 100%

Mais um jovem está ajudando os Bengals a voltar ao Super Bowl após mais de 30 anos. O kicker de apenas 22 anos, foi totalmente decisivo para que a time de Cincinnati chegasse até aqui. Para começar, nos playoffs, o jogador está 100%, são 12 field goals e mais quatro extra points. O calouro parece não sentir a pressão de grandes jogos, se sente à vontade principalmente nos momentos mais decisivos.

Novamente falando dos playoffs, sem ele, o time simplesmente não estaria aqui. Contra os Titans, o time venceu no último quarto, com um field goal, por exemplo. Quando o time fez história e mandou Patrick Mahomes e companhia para casa, quem definiu no Overtime foi exatamente Mcpherson, chutando um field goal. Logo, se por acaso o Cincinnati Bengals precisar de uma bola no Y nesse Super Bowl, sabe com quem contar.

A FORÇA DO ELENCO

Quando se olha para o elenco dos Bengals, não temos nomes estrelados, com grandes contratações. Por isso mesmo esse é um elenco que tem muita força, já que pelo comprometimento de todos, o time soube suportar momentos difíceis durante a temporada. Por exemplo, a virada histórica sobre o Kansas City Chiefs quando perdiam por 21 x 10 e saíram classificados, vencendo por 27 x 24.

Além disso, o que muitos pensam ser uma desvantagem, pode ser visto como ponto positivo, o time chega como o “azarão” desse Super Bowl. Nesse sentido, a pressão fica toda com o lado adversário, bem como, nos jogos de semifinais e finais de conferência, quando derrubaram times que claramente eram os favoritos. Em resumo, o elenco pode até ter seus pontos fracos, mas é certo que tem uma vontade de vencer é um destaque desses jogadores.

Esses são os principais pontos que nos levam a acreditar que o troféu do Super Bowl LVI vai para Cincinnati em 2022. Então, com um jovem quarterback, pronto para fazer história, um kicker calouro, que parece ser incapaz de errar um field goal e um elenco, que está acostumado a derrubar gigantes, o Cincinnati Bengals volta ao Super Bowl após quase 33 anos, para levar o seu primeiro título.

Foto destaque: Divulgação / Cincinnati Bengals

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top