Playoffs da NFL: Love é esperança da torcida dos Packers na era pós-Rodgers

Alice Tamashiro | 12/01/2024 - 17:30

Primeiro campeão do Super Bowl, o Green Bay Packers chega aos playoffs da temporada após superar o Chicago Bears na Semana 18 da NFL.

O Green Bay Packers foi fundado em 11 de agosto de 1919 por Earl “Curly” Lambeau e George Whitney Calhoun. Lambeau solicitou que a Indian Packing Company, empresa para qual trabalhava, fornecesse um patrocínio para os uniformes da equipe. Em contrapartida, a franquia recebeu o nome de Packers.

Em 27 de agosto de 1921, os Packers receberam o direito de ter uma franquia na nova liga nacional de futebol profissional dos Estados Unidos formada no ano anterior. Já em 1929, o Green Bay Packers deu início ao seu espetacular histórico de títulos.

Principal motivo para o Green Bay Packers ter se classificado

Os Packers chegaram aos playoffs da NFC com uma temporada surpresa proporcionando um recorde de nove vitórias e oito derrotas, depois de cair para um ponto baixo de 2-5 durante a temporada regular. A edição 2023-24 foi marcado por um surto de lesões na franquia – Aaron Jones (joelho), AJ Dillon (polegar/pescoço) e Tyler Davis (joelho) são alguns lesionados.

A presença de Jordan Love no elenco pode ser o principal motivo da classificação dos Packers. Mesmo com as derrotas sofridas, o quarterback foi destaque sempre que esteve presente.

Principal jogador: Jordan Love

Jordan Love (10). Foto: Icon Sport
Jordan Love (10). Foto: Icon Sport

Esta será a primeira partida de Jordan Love nos playoffs, no entanto não é a primeira vez em um time na pós-temporada. O Green Bay Packers chegou aos playoffs duas vezes nas três temporadas de Love como reserva de Aaron Rodgers.

Aos 25 anos, Love possui a segunda melhor nota de aprovação na NFL desde a Semana 9, levemente atrás de Brock Purdy. Além disso, está apenas atrás de Dak Prescott em arremessos importantes. O quarterback chega aos playoffs após dois jogos consecutivos pelos quais foi nomeado Jogador Ofensivo da Semana da NFC – tornando-se o primeiro jogador do Packers desde o recebedor Don Beebe em 1996 a ganhar o prêmio de jogador da semana duas vezes consecutivas.

Ele tem sido tão bom quanto qualquer quarterback nos últimos oito jogos, com 18 touchdowns e uma interceptação. Ao longo da segunda metade da temporada, a liderança de Love também se tornou aparente, mesmo que algumas das histórias por trás dela tenham sido exageradas.

Números de Jordan Love:

  • Jardas: 4,159
  • Touchdown: 32
  • Interceptações: 11
  • QBR: 62.0

Razões para acreditar que os Packers podem chegar ao Super Bowl

O Green Bay Packers soma 13 títulos da NFL, um recorde na história da NFL, sendo nove deles anteriores à era Super Bowl e 4 conquistas após a criação do principal evento esportivo norte-americano. A franquia de Wisconsin é também a primeira campeã do Super Bowl, vencendo o Kansas City Chiefs na decisão. Na segunda edição, foi bicampeão ao derrotar o Oakland Raiders. Além disso, os Packers venceram o Super Bowl XXXI e XLV.

Atualmente, entre as equipes da NFC que estão classificadas para os playoffs, Green Bay é um dos times que teve menos destaque durante a temporada regular, classificando-se em sétimo lugar. Dos último cinco compromissos, a franquia venceu apenas dois.

Razões para não acreditar que os Packers chegarão ao Super Bowl

O duelo envolvendo Green Bay Packers e Dallas Cowboys promete ser um dos mais equilibrados, visto que as equipes contam com dois dos principais quarterback da temporada regular da NFL. Dak Prescott jogou em alto nível após uma temporada de 2022 abaixo do esperado. Ele está atualmente em terceiro lugar na NFL em líderes defensivos.

Somado a isso, a campanha apresentada pelo Dallas Cowboys foi superior. Enquanto, os Cowboys venceram 12 jogos e perderam cinco, os Packers saíram com a vitória em nove oportunidade e oito derrotas.

 

Escrito por Alice Tamashiro
Alice chegou ao Quinto Quatro em 2021 e soma passagens por Futebol na Veia, Esportelândia e Rádio Outra Dimensão. Estudante de jornalismo no IESB e apaixonada pelo mundo esportivo desde 2008, seus esportes favoritos são o voleibol e o basquete.