NFL: jogadores seguem exemplo de LeBron em briga contra Twitter

Paola Zanon | 01/04/2023 - 16:35

Grandes jogadores da NFL seguiram o exemplo de LeBron James e decidiram não pagar a mensalidade do Twitter para manter o selo de verificação em seus perfis oficiais.

A nova regra foi imposta pelo empresário Elon Musk, que comprou a rede social em outubro do ano passado. O perfil oficial da plataforma avisou que os selos de verificação começariam a ser removidos gradualmente, a partir deste sábado (1º), das contas de quem não aderisse o Twitter Blue, por US$ 8 mensais (cerca de R$ 42).

— Quando vão tirar nossa verificação? — questionou Patrick Mahomes, do Cansas City Chiefs, no próprio Twitter.

— Pague os oito dólares para os caras — aconselhou Marquez Valdes-Scantling.

— Não posso, cara, tenho filhos — ironizou o quarterback.

— Tenho sido inundado com e-mails e alertas da NFL sobre esse selo azul do Twitter… Pelo o que entendi, temos que comprar a verificação agora? Bom, eu não vou mudar meu manuseio — afirmou Robert Mathis, do Indianapolis Colts.

Os jogadores da NFL têm seguido a tendência de perfis oficiais que não vão pagar para continuar com o selo azul de verificação, que antes gratuita, tinha o objetivo de comprovar a identidade de usuários e personalidades relevantes.

Na última sexta-feira (31), LeBron James também usou a própria rede social para avisar os fãs que não iria pagar para manter a verificação.

— Acho que meu azul vai acabar em breve, porque se você me conhece, [sabe que] não vou pagar — garantiu ele, brincando com a fama de pão-duro.

Segundo Elon Musk, a medida é para que o Twitter se torne mais rentável. Mas o perfil verificado para qualquer usuário que pagar acaba colocando em cheque a veracidade de informações e funciona como um buraco no combate às fake news.

A própria NFL tem sofrido com uma onda de informações falsas a respeito da liga por parte de perfis com o selo azul que não pertencem a nenhum veículo de comunicação oficial, de acordo com o jornalista Paul Hosford. “Os resultados serão caóticos”, previu ele.

Escrito por Paola Zanon
Paola Zanon é jornalista formada pela Cásper Líbero, repórter e redatora com passagens pelo Notícias da TV, R7 e UOL Esporte. A carreira no jornalismo esportivo começou com a cobertura dos Jogos Pan-Americanos de 2019 pelo R7 até chegar ao Quinto Quarto em fevereiro de 2023. São-paulina de coração e apaixonada por basquete, futebol e viagens.