NFL

Marquise Goodwin fala sobre perda de filho no parto e agradece apoio

Marquise Goodwin, wide receiver do San Francisco 49ers

(Crédito: Instagram/reprodução)

Marquise Goodwin chamou a atenção neste último final de semana ao entrar em campo para defender o San Francisco 49ers contra o New York Giants mesmo horas depois de sua esposa ter perdido o bebê devido às complicações na hora do parto.

E essa demonstração de resiliência comoveu a todos.

O recebedor, que foi encorajado por sua esposa Morgan a atuar, chegou de moletom no hotel dos Niners, vindo diretamente do hospital onde seu filho nasceu ainda vivo, mas veio a falecer na madrugada do domingo (12).

Goodwin não tinha dormido depois de passar a noite em claro ao lado da esposa e ia atuar em uma partida de futebol americano profissional completamente despreparado, exceto pelas duas coisas mais importantes de sua vida segundo ele próprio: sua fé e sua esposa.

“Honesto pela verdade de Deus, a única razão pela qual eu fui para o jogo é a minha fé em Deus. Eu, mentalmente e fisicamente, não estava preparado para atuar no jogo. De maneira alguma. Na verdade, eu nem mesmo treinei na semana, estava passando por muita coisa. Apenas tentando descansar meu corpo das semanas anteriores. Entrando no jogo, eu não estava realmente nisso porque tinha acabado de perder meu bebê. Minha esposa, nós oramos e acho que ela sentiu que Deus a disse para permitir que eu jogasse e ela me encorajou. Ela melhorou meu ânimo e me ajudou a me preparar para o jogo”, declarou Goodwin nesta terça-feira (14).

“Então o que é tão legal sobre a situação é que minha esposa, quão solidária e encorajadora ela é, todas essas grandes coisas que ela faz para me ajudar a ir lá e jogar como fiz. Eu acho que fala mais sobre o caráter dela do que o meu, porque aqui está ela, ela poderia estar me segurando, poderia fazer eu me sentir culpado por jogar futebol americano, que é apenas um jogo no grande esquema das coisas e o que lidamos era uma situação da vida real, uma morte. Não apenas uma morte, mas a morte de nosso bebê. Então, em situações como essa, você apenas consegue com sua fé em Deus”, prosseguiu.

Goodwin não apenas jogo contra os Giants como fez duas das maiores jogadas da partida, ajudando os Niners a conquistarem a primeira vitória na temporada 2017. O wideout, inclusive, fez uma recepção para touchdown de 83 jardas no segundo quarto.

Em sua longa recepção para TD, Goodwin mandou um beijo em direção aos céus antes de cruzar a goal line e se ajoelhou na end zone visivelmente emocionado.

“Toda a dor que eu estava sentindo no momento veio de uma vez. Não era algo que foi planejado. Se você tivesse perdido algo que você queria mais do que tudo, algo que você esperava porque podia ver sem realmente ver, você saberia como me senti naquela situação. Então poder marcar um touchdown e finalmente ajudar minha equipe a vencer foi um ótimo momento na minha vida e é algo do qual vou me lembrar para sempre porque eu poderia facilmente não estar naquele jogo e isso nunca teria acontecido. Ninguém jamais saberia sobre essa história e não poderíamos ajudar nós mesmos e depois ajudar outras pessoas ao longo do caminho (a) se curar. Sou grato por ter podido jogar e conseguir um touchdown”, observou.

No meio do jogo, Goodwin também foi visto ajoelhado orando depois que um jogador dos Giants se lesionou. É parte de uma abordagem baseada na fé que o wide receiver disse ter adotado quando ficou velho o suficiente para compreender isso.

“Eu rezo por todos durante o jogo, inclusive meus adversários. Fora do jogo ainda temos que viver a vida, ainda temos que levar vidas normais e ainda precisamos dos nossos corpos. Rezar por ele é bastante simples, porque se eu estivesse caído, eu gostaria que rezassem por mim. Eu simplesmente acredito em ajudar outras pessoas”, ressaltou.

A decisão de divulgar o drama familiar partiu do jogador e de sua esposa, que fizeram isso na intenção de evitar rumores e ajudar outras pessoas com problemas semelhantes.

E o wideout dos 49ers agradeceu todo ao apoio que recebeu.

“Morgan e eu apreciamos todo o amor que recebemos. Nós não percebemos que compartilhar nossa jornada com esse bebê levaria tantas pessoas (a apoiar). Nós temos muitas pessoas que nos seguiram durante esta jornada, então talvez possamos ajudar pessoas que lidaram com coisas similares e aprender coisas de pessoas que passaram por nossa situação”, falou.

Abordando um assunto tão doloroso dias depois do ocorrido, Goodwin já tem uma mensagem para outros que podem estar passando por dificuldades similares.

“Nunca deixem de acreditar. A recompensa durará mais do que a dor. Apenas porque algo que você queria a vida toda não funcionou bem como você planejou – muitas vezes não é para funcionar como você queria – isso fará você crescer como pessoa e melhorar. Eu conheço minha esposa e eu serei melhor após essa situação e saberemos como lidar com isso da próxima vez ainda melhor”, disse. “E fé, fé (é) número 1, acredite que Deus tem um plano para tudo. Não importa qual é o resultado, desde que você reze para Ele e seja genuíno porque Ele sabe quando você é genuíno e quando não é e mantenha a fé, eu acho que as coisas vão melhorar para você. Sei que as coisas vão mudar para você. E, finalmente, você sempre será vitorioso quando tudo está dito e feito”, finalizou Marquise Goodwin.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top