NFL

Kyler Murray faz medição no Combine e é listado com 1,79m e 94kg

Kyler Murray, quarterback da Universidade de Oklahoma

(Crédito: Twitter/reprodução)

Na medição mais aguardada no mundo da National Football League, o quarterback Kyler Murray, da Universidade de Oklahoma, foi listado em 1,79m e 94kg nesta quinta-feira (28) no NFL Scouting Combine.

As dimensões físicas do signal caller, que foi vencedor do Troféu Heisman, tem sido um dos tópicos mais discutidos nos círculos da NFL quando o assunto são os prospectos para o draft de 2019.

Murray tem uma combinação de grande desempenho no jogo aéreo, estilo de corrida bastante eficiente e capacidade atlética que o torna um dos prospectos mais interessantes entre os jogadores que estão vindo do futebol americano universitário. E, em uma liga sempre com times sedentos por um franchise quarterback, Murray pode ser uma hot commodity.

Contudo, a altura pode ser um fator, já que ele seria um dos quarterback titulares mais baixos em toda a história da NFL.

Dois quarterbacks com quem Murray tem sido comparado em termos de tamanho são Drew Brees, do New Orleans Saints, e Russell Wilson, do Seattle Seahawks. Wilson atualmente é o único QB titular na NFL com altura abaixo de 1,83m.

Outros quarterbacks que estão participando do Combine, tais como Dwayne Haskins, de Ohio State, Drew Lock, de Missouri, e Daniel Jones, de Duke, têm alturas mais condizentes com a história da posição de quarterback profissional, ou seja, acima de 1,90m até a faixa dos 2,0m.

Na última quarta (27), John Elway, presidente de operações de futebol americano e general manager do Denver Broncos, que foi um grande QB na NFL, foi questionado sobre Murray e disse que acha que o prospecto tem a habilidade para ser um “grande jogador” na NFL.

“Ele é um grande atleta e teve uma grande carreira. O único ano em que ele jogou em Oklahoma foi ótimo lá e mostra que ele é um grande atleta. Obviamente, o tamanho é sempre a questão, mas vimos caras que tiveram sucesso na liga que não são necessariamente os protótipos no que diz respeito à altura. Ele tem a habilidade para ser um grande jogador”, frisou o dirigente.

Em sua única temporada completa como titular do Oklahoma Sooners, Murray terminou com 4.361 jardas de passe, 42 touchdowns e sete interceptações. Ele somou 1.001 jardas corridas e 12 touchdowns, uma média de 7,2 jardas por corrida.

Murray afirmou que ele está comprometido com o futebol americano mesmo depois de assinar um contrato com o Oakland Athletics, time da Major League Baseball (MLB), acordo que inclui um bônus de assinatura de US$ 4,66 milhões.

Os A’s selecionaram Murray com a nona escolha do draft de 2018 da MLB.

“Eu acho que (altura) provou não ser um fator tão grande quanto era anos atrás”, falou Jon Gruden, técnico do Oakland Raiders, na manhã desta quinta, acrescentando que não sabia se a altura tinha “verdadeiro impacto” na “questão para o desempenho” de um quarterback.

Os Raiders têm a quarta escolha do draft de 2019 e podem estar de olho em Murray.

Elway acrescentou que qualquer altura de um quarterback pode ser um problema se ele for pedido para jogar atrás do center em grande parte em vez de ser utilizado na formação shotgun. Assim, qualquer time que selecionar Murray, ou um jogador como ele, teria que considerar colocá-lo na formação shotgun na maior parte do tempo.

Kyler Murray não deve fazer lançamentos no Combine, mas ainda não houve uma confirmação disso por parte de sua equipe. O QB deve lançar apenas no pro day da Universidade de Oklahoma.

Comments
To Top