NFL

Jason Pierre-Paul conta detalhes de acidente que o fez perder dedo indicador

(Crédito: Instagram/reprodução)

(Crédito: Instagram/reprodução)

O defensive end Jason Pierre-Paul sofreu um grave acidente no feriado de 4 de julho (Dia da Independência dos Estados Unidos) do ano passado e teve sérios danos na mão direita, sendo obrigado a amputar o dedo indicador. E, nesta terça-feira (12), em entrevista exclusiva concedida à ‘Sports Illustrated’, o jogador do New York Giants contou detalhes sobre o incidente.

Pierre-Paul revelou ter visto cada ligamento em sua mão depois da explosão e o tirou de metade da temporada 2015 da National Football League.

“Estou olhando para minha mão e vendo cada ligamento. Você apenas vê esse tipo de coisa nos filmes”, relembrou JPP. “Você vê todos seus ligamentos, seus tendões, tudo. Eu vi como a mão realmente é sem pele”, prosseguiu.

Com a mão enrolada em uma camiseta, Pierre-Paul foi levado ao hospital por Tarvarus Jackson, seu amigo, no carro de Farraw Germain, mãe do filho de Pierre-Paul. Como frisa a reportagem da ‘Sports Illustrated’, dentro do carro, o sangue foi derramado em toda parte e seu cheiro metálico contaminou a Porsche Cayenne.

Ao chegar ao hospital, o defensive end dos Giants passou por cirurgias emergenciais e tomou altas doses de analgésicos. O jogador não consegue se lembrar muito do que aconteceu em seguida, mas ele se lembra de ter falado uma coisa aos médicos de forma enfática.

“O que quer que vocês façam, não cortem a minha mão”, falou o jogador, antes de entrar em um estado semiconsciente.

Na cirurgia de emergência, mais de uma dúzia de pinos foi inserido na mão de Jason Pierre-Paul e um enxerto de pele foi removido de seu antebraço e colocado na mão. Na ocasião, o médico disse a Germain que a carreira dele na NFL estava praticamente acabada. Posteriormente, transferido para o Jackson Memorial Hospital, em Miami, o atleta se encontrou com o Dr. Patrick Owens, que afastou o temor de ele não poder mais atuar.

No total, Pierre-Paul passou por dez cirurgias, permanecendo duas semanas e meia no hospital.

Mesmo depois de ter passado por momentos tão difíceis por causa do acidente, Jason Pierre-Paul não se arrepende de nada do que aconteceu. Ele assumiu seu erro e até chegou a apagar de seu celular e de suas redes sociais todas as fotos dele próprio dos dias em que ele tinha todos os 10 dedos.

“Não tenho arrependimentos apesar de tudo. Eu me porto de forma diferente. Olho para as coisas de forma diferente. Tento não me colocar em situações horríveis mais. Eu tenho muitas pessoas que dependem de mim e até mesmo pessoas que eu não sabia dependiam de mim”, declarou. “Eu poderia insistir nisso, como… eu gostaria de ter aquele dedo, mas quando eu olho no espelho, estou feliz. Graças ao Senhor… poderia ter sido pior”, finalizou o defensive end de 27 anos de idade.

Em março, os Giants aplicaram a franchise tag em Jason Pierre-Paul e, depois, acertaram um novo contrato de um ano com o defensor. Recentemente, ele passou por outra cirurgia na mão danificada, que ele classifica como um sucesso, e ele espera jogar sem nenhum tipo de proteção no local na próxima temporada.

Para conferir a entrevista completa da ‘Sports Illustrated, clique aqui. (Atenção: dentro da matéria, há uma galeria com imagens bem fortes mostrando a mão de Jason Pierre-Paul depois do acidente e das cirurgias. Só confira se tiver estômago forte).

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top