NFL

Em Super Bowl LI épico, Tom Brady comanda maior virada da história e New England Patriots bate Atlanta Falcons

Tom Brady, quarterback do New England Patriots

(Crédito: Instagram/reprodução)

Atlanta Falcons 28 x 34 New England Patriots

– Fator de desequilíbrio: essa é simples. Tom Brady. O quarterback é um verdadeiro monstro, maior de todos os tempos (chiem os que quiserem). O camisa 12 é uma lenda e agora se torna o primeiro quarterback da história da National Football League a vencer cinco Super Bowls na carreira.

– Destaque Quinto Quarto do jogo: precisa falar? Brady absolutamente. O signal caller dos Pats acertou 43 passes de 62 para 466 jardas (ambos recordes do Super Bowl), dois touchdowns e uma interceptação.

– Análise geral dos Falcons: o time da Geórgia fez um jogo muito consistente, ofensivamente e defensivamente, colocando muitos pontos e pressionando bastante Tom Brady durante grande parte do jogo. Porém, a equipe caiu muito de produtividade a partir do terceiro quarto e pagou caro para um time absurdo.

– Análise geral dos Patriots: o New England Patriots se consolida como um dos maiores times da história da NFL e a dinastia foi ampliada de maneira espetacular. Sete Super Bowls em 15 anos, com cinco títulos conquistados. Não é preciso falar muito.

– Resumo da partida

O primeiro quarto foi dominado pelas defesas e todas as campanhas de ambos os times terminaram em punt, com o placar permanecendo zerado. A primeira campanha ofensiva do Atlanta Falcons, contudo, teve uma boa corrida de Devonta Freeman, para um ganho de 37 jardas, e os representantes da Geórgia deram uma mostra inicial de seu poder ofensivo.

O segundo período começou péssimo para o New England Patriots, já que LeGarrette Blount sofreu um fumble em uma corrida pela esquerda e a bola foi recuperada por Robert Alford. Os Falcons aproveitaram o turnover forçado logo e, cinco jogadas depois, o primeiro touchdown do jogo saiu, em corrida de cinco jardas de Devonta Freeman.

Os Falcons ainda anotaram um touchdown minutos depois, quando Matt Ryan conectou passe longo de 19 jardas com Austin Hooper e a vantagem foi para 14 a 0.

Os Patriots estavam fazendo uma campanha ofensiva longa na sequência. Mas então veio uma jogada que mudou bastante a dinâmica da partida. Em uma situação de terceira para seis da linha de 23 do campo ofensivo, Brady forçou um passe para a esquerda para Danny Amendola e foi interceptado por Robert Alford, que retornou 82 jardas até a end zone. O pick six deixou o placar em 21 a 0.

A equipe de Bill Belichick então tinha que correr atrás de uma pontuação para diminuir o prejuízo e James White recebeu um passe curto de Brady e avançou até a linha de três jardas, mas tudo foi anulado por uma segurada de Martellus Bennett. Os Pats então tiveram que se contentar com um field goal de 41 jardas de Stephen Gostkowski. O anticlímax deixou o placar em 21 a 3.

Após um show extremamente performático de Lady Gaga, o ataque dos Falcons gaguejou e logo sofreu o seu primeiro three and out da partida. Do outro lado, contudo, os Pats também chutaram o punt e ainda tomaram um touchdown minutos depois, quando Ryan conectou com Tevin Coleman e o placar ficou em 28 a 3.

Ao final de uma campanha longa, de 5min25s de duração, os Pats anotaram seu primeiro touchdown da partida, em passe de cinco jardas de Brady para James White, mas essa pontuação só veio com 2min06s restantes no terceiro quarto. O placar era de 28 a 9, já que Stephen Gostkowski errou o extra points, e os Patriots ainda tinham que remar muito.

A defesa de New England forçou uma saída rápida do ataque dos Falcons de campo na sequência. O ataque dos Patriots, contudo, avançava em campo com muita dificuldade. A pontuação seguinte foi um field goal de 33 jardas de Gostkowski que reduziu a diferença para duas posses de bola: 28 a 12.

Para muitos, o jogo estava praticamente decidido. Mas ainda tinha muita coisa para rolar. Estamos falando de futebol americano, não é mesmo?

A pouco mais de oito minutos para o final do jogo, Matt Ryan sofreu um sack e cometeu um fumble recuperado por Alan Branch na linha de 25 do território ofensivo. Em menos de 2min30s, os Pats chegaram o touchdown, em passe de seis jardas de Brady para Danny Amendola, e a conversão de dois pontos foi bem-sucedida: 28 a 20.

A defesa dos Pats forçou o punt na sequência e Matt Bosher colocou a bola na linha de nove dos Pats.

Difícil? Não para o maior QB da história. Um drive de 91 jardas, com uma recepção simplesmente histórica de Julian Edelman (lance abaixo) e a campanha terminou em TD, em passe para James White. E, claro, a conversão para dois deu certo. O jogo foi para a prorrogação pela primeira vez na história do Super Bowl.

Os Pats ganharam o cara ou coroa, receberam a bola e buscaram o touchdown em corrida de duas jardas de James White. O título foi para Foxborough pela quinta vez e o Super Bowl LI fixa seu posto como (talvez) o maior de todos os tempos.

– Estatísticas dos principais jogadores:

Atlanta Falcons

Matt Ryan – 17 passes de 23 para 284 jardas e dois touchdowns.

Devonta Freeman – 11 carregadas para 75 jardas e um touchdown.

Julio Jones – quatro recepções para 87 jardas.

Grady Jarrett – três sacks, cinco tackles (três para perda de jardas) e quatro pancadas no QB.

New England Patriots

Tom Brady – 43 passes certos de 62 jardas para 466 jardas, dois touchdown e uma interceptação.

James White – 14 recepções para 110 jardas e um touchdown, além de seis corridas para 29 jardas e dois touchdowns.

Trey Flowers – 2,5 sacks, seis tackles totais (dois para perda de jardas) e cinco pancadas no QB.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular

NFL, NBA MMA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: contact@quintoquartobr.com
Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright © 2015 The Mag Theme. Theme by MVP Themes, powered by Wordpress.

To Top