Draft NFL 2016 no Quinto Quarto: confira todas as escolhas

Julio | 01/05/2016 - 17:00
(Crédito: Instagram/reprodução)
(Crédito: Instagram/reprodução)

Com sete rodadas e 253 escolhas, o Draft da NFL de 2016 vai correr a todo vapor na cidade de Chicago e também aqui no Quinto Quarto. Como gostamos de um listão – veja aqui 2 da free agency – aqui você poderá ver todas as escolhas do evento, no mesmo momento que elas acontecerem.

Para as primeiras escolhas ainda teremos um resumo e apresentação de quem eles são, para você ainda sair sabendo tudo.

Não fique de bobeira e acompanhe o Draft conosco.

1ª rodada do Draft

1ª escolha: Los Angeles Rams – Jared Goff (clique aqui para saber mais sobre Goff) – QB – Universidade da Califórnia (troca com Tennessee Titans)

2ª escolha: Philadelphia Eagles – Carson Wentz (clique aqui para saber mais sobre Wentz) – QB – North Dakota State University (troca com Cleveland Browns)

3ª escolha: San Diego Chargers – Joey Bosa – DE – Ohio State

Melhor defensive end do draft 2016, Joey Bosa é um nome pronto para causar impacto na NFL. Muito forte e explosivo, o jogador tem ótimo primeiro passo, causando grande bullrush. Tem mãos ágeis que lhe garantem sempre vantagem. Conta contra ele pesa sua falta de agilidade comparado a outros pass rushers da liga. Também tem problemas de leitura pré-snap que tolhem seu ótimo primeiro passo. Ele chega nos Chargers para ajudar em uma defesa que foi muito fraca na última temporada, tanto contra o jogo corrido como atacando o quarterback.

4ª escolha: Dallas Cowboys – Ezekiel Elliott – RB – Ohio State

Se tivesse nascido há 20 anos, Ezekiel Elliott provavelmente teria sido uma escolha de primeira rodada e franchise player. Mas como o jogo hoje é voltado para o passe, mesmo grandes running backs não recebem o devido valor, mas não se engane com ele: o produto de Ohio State é um dos jogadores mais prontos do atual draft com seu estilo de corrida agressivo sem medo de enfrentar defensores para conseguir jardas a mais. Se dentro de campo Eliott parece imparável, fora dele sofre de alguns problemas. Já foi publicamente reclamar das chamadas de seu técnico após uma derrota, levantando questões sobre seu comportamento dentro do grupo. Além disso, o jogador foi o centro do ataque de Ohio State por dois anos, e em uma posição tão desgastante sua vida útil dentro da NFL pode ser afetada.

Os Cowboys procuravam um running back dominante depois da saída de DeMarco Murray e com uma linha ofensiva sensacional, mais Tony Romo para dividir as atenções da defesa, a escolha é muito agressiva, por ser um running back, mas tem razão para ser.

5ª escolha: Jacksonville Jaguars – Jalen Ramsey – CB – Florida State

Comparado com Charles Woodson, Jalen Ramsey  era cotado até para ser selecionado em primeiro antes dos Titans terem trocado sua escolha. Ramsey é um grande atleta que além de futebol, praticou corrida e salto em distância durante seu tempo de Florida State. Tem como principal atributo a habilidade de marcação por pressão, sendo capaz de atuar em todas as posições da secundária. É agressivo contra o passe, e usa de sua grande impulsão vertical para marcar recebedores mais altos. Sua média de passes que são completos quando lançados na sua direção é de 38,5%. Apesar de muito rápido, tem problemas em corridas laterais, além de ter um primeiro passo precipitado e também precisar ganhar mais massa para enfrentar wide receivers mais fortes da NFL.

Com a escolha, os Jaguars reforçam uma secundária que precisava de um jogador dominante e era um dos setores que mais necessitava de reforços quando a temporada terminou. Com Ramsey agora, ele poderá fazer dupla com o ex-Giants Prince Amukamara.

6ª escolha: Baltimore Ravens – Ronnie Stanley – OT – Notre Dame

O nome de Ronnie Stanley pode não ter sido muito ventilado nos mock drafts nos últimos dias, mas o linha ofensiva de Notre Dame tem potencial para se tornar um dos melhores da classe, com sua combinação rara de agilidade e tamanho, podendo enfrentar de igual os mais rápidos pass rushers da liga, além de enorme dedicação ao jogo corrido para atingir o segundo nível das defesas, intangível difícil de ser encontrado em jogadores de linha. Stanley se mostrou grande conhecedor do jogo em seus quatro anos de faculdade, mostrando que técnica muitas vezes pode vencer força bruta. Ainda precisa aprimorar seus jogos de pés e sofre com defensores que atacam a parte de cima do corpo do adversário.

Depois de uma temporada horrorosa, que terminou com Joe Flacco rompendo o ligamento, a linha ofensiva era a posição mais necessária que os Ravens precisavam reforçar. Laremy Tunsil, que era um dos principais prospectos e até cogitado para ser a primeira escolha, foi preterido. Problemas fora de campo podem ter causado essa rejeição.

7ª escolha: San Francisco 49ers – DeForest Buckner – DE – Universidade do Oregon

Como quase todo produto da Universidade de Oregon, DeForest Buckner tem como grande trunfo sua grande agilidade, seja em velocidade pura, ou em corridas laterais além de físico invejável, calejado pelo ritmo frenético em que atuava em tempos de faculdade. Sua grande envergadura lhe garante boa habilidade para criar espaços entre ele e a linha ofensiva, habilidade que aliada a sua agilidade fez com que se tornasse uma máquina de tackles.

Os Niners tinham várias necessidades, mas as duas linhas são sempre o segredo para começar a reconstrução e Buckner ajudará demais na defensiva, reforçando o front seven que conta com NaVorro Bowman e também Arik Armstead, também linha defensiva e também de Oregon, escolhido em 2015 pelos Niners. E o amor de Chip Kelly por Oregon continua.

8ª escolha: Tennessee Titans – Jack Conklin – OT – Michigan State (troca com Browns, passou por Eagles e originariamente do Miami Dolphins)

Os Titans querem proteger Marcus Mariota para os próximos anos e por isso fizeram uma troca com os Browns para subir na primeira rodada e selecionar Jack Conklin. Com braços longos e muito forte, ele pode se posicionar em vários lugares da linha ofensiva, desde tackle nos dois lados até guard. É o terceiro ano nos últimos quatro que os Titans selecionam na primeira rodada um jogador de linha ofensiva. Os outros dois selecionados foram Chance Warmack e Taylor Lewan.

E Laremy Tunsil mais uma vez foi ultrapassado. Veja aqui a burrada que pode ter feito ele cair até finalmente ser escolhido na 13ª posição.

9ª escolha: Chicago Bears – Leonard Floyd – LB – Georgia (troca com Tampa Bay Buccaneers)

Linebacker é uma das grandes necessidades dos Bears e por isso a equipe trocou com os Bucs para passar os Giants, que escolhem em décimo, para selecionar Floyd. Ele é um linebacker moderno, muito ágil e rápido (4,6 segundos no pique de 40 jardas), e será colocado para correr atrás do quarterback no esquema de John Fox. Mas com apenas 4,5 sacks na sua última temporada na universidade, ele ainda inspira dúvidas e precisa de trabalho.

10ª escolha: New York Giants – Eli Apple – CB – Ohio State

Era bem possível que os Giants escolhessem Floyd, mas os Bears se adiantaram e pularam para nono. Mas vazios que precisam ser reforçados no elenco que Ben McAdoo vai assumir não faltam. Assim, o Big Blue escolheu Eli Apple para jogar na Big Apple, depois de uma temporada que a equipe cedeu mais de 4.700 jardas aéreas. A escolha vem apesar de ter pago bastante dinheiro para Janoris Jenkins. Outro detalhe: ele terá um xará com bastante moral no vestiário.

Alto, atlético e forte. Os atributos de Apple seguem a risca o manual do cornerback moderno, que precisa ser capaz de marcar desde os ágeis slot receivers até o altos e fortes receivers principais. Boa habilidade de marcação durante as rotas e atua sempre com a mentalidade de interceptar todos os passes. Calejado em marcações homem a homem e em zona. Tem como ponto fraco a lentidão para ler os planos do quarterback, e precisa melhorar suas habilidade como tackleador – chegou a ser arrastado por 18 jardas em partida contra Penn State.

11ª escolha: Tampa Bay Buccaneers – Vernon Hargreaves III – CB – Florida  (troca com Chicago Bears)

Hargreaves nem precisará sair do estado da Flórida. O cornerback jogou em Florida e mostrou que é versátil, podendo atuar nos dois lados da defesa e ainda marcar por pressão ou deixar espaço para não ser batido pela velocidade.

Os Bucs permitiram que os quarterbacks rivais completassem 70% dos passes na temporada passada. Ou seja, reforçar a secundária em uma divisão com Drew Brees, Cam Newton e Matt Ryan era mais do que necessário.

12ª escolha: New Orleans Saints – Sheldon Rankins – DE – Louisville

A defesa dos Saints sempre vai precisar de ajuda e Mickey Loomis junto com Sean Payton decidiram por Rankins, que partindo da ponta da linha ofensiva pode perseguir o quarterback rival, em uma divisão com Cam Newton, Marcus Mariota e Matt Ryan. Versátil, ele pode ser posicionado no meio da linha defensiva caso quatro sejam alinhados na linha encarando a OL.

E com essa escolha, Cameron Jordan ganha ajuda na pressão ao quarterback rival e a secundária não será tão exposta. E com 4,9 jardas cedidas por carregada para os running backs rivais, os Saints precisavam de peso e força na linha defensiva. Ou seja, é pau para toda obra.

13ª escolha: Miami Dolphins – Laremy Tunsil – OT – Ole Miss (troca com os Eagles)

Em uma liga em que quarterbacks são cada vez mais importantes, grandes linhas ofensivas são vitais. Laremy Tunsil, produto de Ole Miss, é uma estrela desde que saiu do high school, e cumpriu o que prometia durante seus anos de faculdade com sua rara mistura de agilidade com os pés e tamanho. Pesa contra o fato de ter passado por alguns maus momentos: deslocou o tornozelo e quebrou a perna durante o último jogo da temporada de 2014, e logo depois sofreu uma suspensão de sete jogos da NCAA após ser acusado por violência doméstica em uma briga de família. Em seu retorno mostrou sinais de fatiga, colocando em xeque suas habilidades atléticas.

Questões pessoais e dúvidas sobre comprometimento fizeram ele descer até essa posição, mas o Miami Dolphins decidiu apostar no jogador e precisava demais de um jogador para a linha ofensiva, começando a era Adam Gase. Ryan Tannehill agradece depois de apanhar que nem um condenado desde que está na NFL.

14ª escolha: Oakland Raiders – Karl Joseph – Safety – West Virginia

Pressão no quarterback, cobertura de recebedores e até defender a corrida, Joseph fez de tudo na universidade e os Raiders esperam isso, ainda mais que o ídolo Charles Woodson aposentou nesta última temporada. Além de tudo, Joseph tem um tackle potente, forçando fumbles. Ou seja, o típico jogador físico que os torcedores dos Raiders sempre amaram.

15ª escolha: Cleveland Browns – Corey Coleman – Wide Receiver – Baylor (escolha era dos Titans e inicialmente do Los Angeles Rams)

Os Browns precisam de muitos jogadores, sendo wide receiver um dos principais, e por isso fizeram várias trocas para poder reforçar mais posições neste Draft e nos próximos. E o primeiro WR selecionado no evento foi Corey Coleman. Com boas mãos, muito rápido e que gosta de iniciar as jogadas na esquerda, Coleman será a principal arma de Robert Griffin III depois que Travis Benjamin saiu para os Chargers e Josh Gordon está suspenso.

16ª escolha: Detroit Lions – Taylor Decker – OT – Ohio State 

Alto e forte, Decker já tem o corpo para jogar na NFL e os Lions precisavam reforçar a linha ofensiva já que Matthew Stafford, franchise quarterback do time, anda apanhando e tendo que pensar rápido demais. Ele deve jogar como right tackle já que sua principal qualidade é ajudar nos bloqueios para o ataque terrestre, algo que os Lions nunca souberam desenvolver nos últimos anos. Não será um left tackle porque ainda é cru para defender o lado cego de Stafford.

17ª escolha: Atlanta Falcons – Keanu Neal – Safety – Florida

Explosivo assim como Joseph, Neal impressionou no combine e Dan Quinn, ex-coordenador defensivo dos Seahawks – vai tentar replicar Earl Thomas e Kam Chancellor em Atlanta. Ele deve jogar como strong safety na Georgia e rápido, ele bate forte. Com oito tackles por jogo, ele liderou sua equipe na categoria na última temporada.

18ª escolha: Indianapolis Colts – Ryan Kelly – Center – Alabama

Andrew Luck vai ganhar um parceiro em Kelly. Grande, ele consegue empurrar e ainda lidar com o jogo terrestre. Os Colts esperam que com essa seleção tão alta para um center, ele seja para Luck o que Jeff Saturday foi para Peyton Manning. Pronto na NFL ele já chega, porque além da qualidade, vem de um dos melhores programas do futebol americano universitário.

19ª escolha: Buffalo Bills – Shaq Lawson – DE – Clemson

Lawson caiu mais do que deveria, ocupando posições mais favoráveis em diversos mock drafts. No fim, os Bills não quiseram passar dessa escolha, selecionando um jogador que pode perseguir o quarterback, depois de ter o melhor número de sacks na temporada 2014/15 e caírem muito na categoria em 2015/16.

Rápido também, a maior preocupação com ele é um problema no ombro que pode exigir uma cirurgia antes da temporada e uma longa recuperação. E se Chip Kelly ama a sua universidade de Oregon, os Bills adoram Clemson, selecionando o sexto jogador da instituição nos últimos sete anos. Sammy Watkins, escolha de primeira rodada da franquia em 2014, também é de Clemson.

20ª escolha: New York Jets – Darron Lee – LB – Ohio State

Muito rápido (fez o pique de 40 jardas em 4,47 segundos), Lee é um linebacker que pode perseguir o quarterback rival e mesmo sem ser muito forte, ele consegue compensar em inteligência e posicionamento.  Por isso, ele se destaca principalmente correndo atrás do running back e cobrindo de lateral a lateral com velocidade.

É o sétimo ano seguido que os Jets selecionam um jogador defensivo na primeira rodada, afastando a ideia de que a franquia poderia escolher um quarterback caso não consiga fechar um contrato com Ryan Fitzpatrick.

21ª escolha: Houston Texans – Will Fuller – WR – Notre Dame (troca com Washington Redsins)

Brock Osweiler gostou dessa escolha. Agora, além de DeAndre Hopkins, o quarterback terá Fuller para lançar as bolas. E muito rápido além de alto, ele teve 30 recepções para touchdown nas duas últimas temporadas em Notre Dame.

Uma ameaça na bola longa, ele foi o wide receiver mais rápido do combine com 4,32 no pique de 40 jardas. E Bill O'Brien por pouco não levou ele para Penn State (foi sua primeira oferta de bolsa). Agora eles vão se encontrar no Texas.

22ª escolha: Washington Redskins – Josh Doctson – WR – TCU (troca com Houston Texans)

Rápido e com um pulo vertical impressionante – o melhor do Draft na posição nessa medida – ele chegará aos Redskins para receber passes de Kirk Cousins junto com DeSean Jackson e Pierre Garçon. Com braços longos, seu maior problema é o físico, ainda magro para a NFL.

Com 16,8 jardas por recepção, ele será uma arma bem forte para Cousins ainda mais que os dois wide receivers acima vão entrar nos últimos anos de contrato. Doctson é o primeiro jogador de TCU selecionado na primeira rodada desde o sensacional LaDainian Tomlinson.

23ª escolha: Minnesota Vikings – Laquon Treadwell – WR – Ole Miss

Terceiro wide receiver seguido escolhido e quarto na 1ª rodada. Mais um alvo para Teddy Bridgewater era uma das maiores necessidades para os Vikings, para complementar Stefon Diggs. Forte, ele consegue a separação dos cornerbacks e se recuperou de uma séria lesão no tornozelo para se destacar na última temporada. Com 21 anos, o maior problema é a velocidade, em relação a Doctson e Fuller por exemplo, já que ele correu o pique de 40 jardas em 4,6 segundos.

Deve ser bastante usado na red zone e agradecer aos céus que Adrian Peterson demanda muitos jogadores em sua marcação. Agora só falta Bridgewater soltar o braço e arriscar mais.

24ª escolha: Cincinnati Bengals  – William Jackson III – CB – Houston

Líder do futebol americano universitário em passes desviados, Jackson III foi uma surpresa por ter sido selecionado pelos Bengals, que precisavam de um wide receiver mas devem ter desistido depois dos quatro melhores terem sido escolhidos antes. A idade avançada de Adam Jones e uma divisão com Antonio Brown, Cincinnati precisou reforçar sua secundária

25ª escolha: Pittsburgh Steelers – Artie Burns – CB – Miami

Os Steelers precisavam de ajuda na secundária depois de ceder mais de 4.500 jardas aéreas na temporada passada. Grande e com braços longos, além de rápido, Burns é um cornerback moderno para uma secundária que perdeu grandes nomes nos últimos anos como Ike Taylor e Troy Polamalu (último defensive back selecionado pelos Steelers na 1ª rodada, em 2003). Ele teve 6 interceptações na última temporada.

A maior questão agora é sua evolução no training camp, especialmente no que tange a seu jogo físico que pode render faltas de holding e interferência na NFL.

26ª escolha: Denver Broncos – Paxton Lynch – QB – Memphis (troca com o Seattle Seahawks)

Os Broncos recorreram ao Draft para tentar completar a sucessão de Peyton Manning. Lynch chega nos Broncos para disputar posição com Mark Sanchez no atual campeão do Super Bowl. Móvel, com um bom braço, Lynch não foi tão bem colocado como Goff ou Wentz porque o esquema na sua universidade não o fazia jogar tanto under center. Portanto ele precisará de muito refinamento e aprendizado antes de impactar na NFL.

Porém, com um forte jogo corrido e com a defesa sensacional dos atuais campeões, ele pode até ser o titular na semana 1 do Denver Broncos.

27ª escolha: Green Bay Packers – Kenny Clark – DT – UCLA

Os Packers precisam de ajuda na defesa e com B.J. Raji tirando um ano sabático, Clark foi escolhido para reforçar a linha defensiva com a primeira escolha. Com seis sacks, 11 tackles para perda, ele se destacou e mesmo com 20 anos quando começar a temporada, os Packers confiaram nele com a escolha. Capitão do seu time na universidade, Clark não tem o problema por exemplo de Robert Nkemdiche, também linha defensiva e que era previsto para ter sido selecionado no meio da primeira rodada.

28ª escolha: San Francisco 49ers – Joshua Garnett – Guard – Stanford (troca com Kansas City Chiefs)

Kelly, agora com Trent Baalke nos Niners, continua surpreendendo. Os Niners trocaram para ter mais uma seleção de primeira rodada e selecionaram Garnett da universidade californiana de Stanford, uma escolha que ninguém esperava ser tão alta. Os números de Stanford não foram tão bonitos (55 sacks cedidos) na última temporada, por isso a surpresa da escolha, mesmo os Niners precisando reforçar sua linha ofensiva. Mel Kiper Jr., expert quando se trata de draft, tinha ele como o 67º melhor jogador. Mais um dado para estranhar a escolha: a equipe trouxe o guard Zane Beadles, que também joga do lado esquerdo, nesta free agency.

29ª escolha: Arizona Cardinals – Robert Nkemdiche – DT – Ole Miss

Nkemdiche é temperamental, mas caso você goste dele, é apenas excêntrico. O linha defensiva foi selecionado pelos Cardinals confiando que Bruce Arians vai conseguir controlar ele, que já disse querer uma pantera de estimação. Ele vai fazer dupla com o também explosivo Chandler Jones, reforçando ainda mais uma defesa de qualidade.

Sofrendo um processo por agressão junto com seu irmão Denzel e pego com maconha, o problema maior é a cabeça. O físico é pronto para a NFL já.

30ª escolha: Carolina Panthers – Vernon Butler – DT – Louisiana Tech

No meio da linha defesa, os Panthers vão ter Star Lotulelei, Kawann Short e agora Vernon Butler. Atlético, rápido e explosivo, Butler chega para reforçar uma defesa que teve quatro candidatos para jogador defensivo da temporada passada e deve continuar dominante, apesar de ter perdido Josh Norman.

31ª escolha: Seattle Seahawks – Germain Ifedi – OT – Texas A&M – (troca com Denver Broncos)

Gigante, mas ainda um pouco cru, Ifedi jogou como offensive tackle na universidade mas pode passar para guard na NFL. Precisando de ajuda urgentemente na linha ofensiva, Ifedi tem os atributos físicos, inclusive peso acima da conta, com quase 150 quilos. Com Russell Okung fora, a linha é um patchwork e a direção precisou reforçar a proteção a Russell Wilson antes de tudo.  Dos cinco que começaram o Super Bowl 48, vencido pelo Seahawks, só Justin Britt continua.

* A primeira rodada não terá 32 times escolhendo porque o New England Patriots, que teria a 29ª escolha, foi punido com a perda de sua seleção por causa do caso conhecido como Deflategate.

2ª rodada do Draft

1ª escolha: Cleveland Browns – Emmanuel Ogbah – DE – Oklahoma State

2ª escolha: Tennessee Titans – Kevin Dodd – DE – Clemson

3ª escolha: Dallas Cowboys – Jaylon Smith – OLB – Notre Dame

4ª escolha: San Diego Chargers – Hunter Henry – TE – Arkansas

5ª escolha: Jacksonville Jaguars – Myles Jack – OLB – UCLA (escolha adquirida em troca com o Baltimore Ravens)

6ª escolha: Kansas City Chiefs – Chris Jones – DT – Mississippi State (escolha adquirida em troca com o San Francisco 49ers)

7ª escolha: Miami Dolphins – Xavien Howard – CB – Baylor (escolha adquirida em troca com o Baltimore Ravens e originalmente do Jacksonville Jaguars)

8ª escolha: Tampa Bay Buccaneers – Noah Spence – OLB – Eastern Kentucky

9ª escolha: New York Giants – Sterling Shepard – WR – Oklahoma

10ª escolha: Buffalo Bills – Reggie Ragland – ILB – Alabama (escolha adquirida em troca com o Chicago Bears)

11ª escolha: Baltimore Ravens – Kamalei Correa – OLB – Boise State (escolha adquirida em troca com o Miami Dolphins).

12ª escolha: Tennessee Titans – Austin Johnson – DT – Penn State (escolha adquirida em troca com o Los Angeles Rams e originalmente do Philadelphia Eagles)

13ª escolha: Oakland Raiders – Jihad Ward – DE – Illinois

14ª escolha: Tennessee Titans – Derrick Henry – RB – Alabama (escolha adquirida em troca com o Los Angeles Rams)

15ª escolha: Detroit Lions – A’Shawn Robinson – DT – Alabama

16ª escolha: New Orleans Saints – Michael Thomas – WR – Ohio State

17ª escolha: Green Bay Packers – Jason Spriggs – OT – Indiana (escolha adquirida em troca com o Indianapolis Colts)

18ª escolha: Seattle Seahawks – Jarran Reed – DT – Alabama (escolha adquirida em troca com o Chicago Bears e originalmente do Buffalo Bills)

19ª escolha: Houston Texans – Nick Martin – C – Notre Dame (escolha adquirida em troca com o Atlanta Falcons)

20ª escolha: New York Jets – Christian Hackenberg – QB – Penn State

21ª escolha: Atlanta Falcons – Deion Jones – OLB – LSU (escolha adquirida em troca com o Houston Texans)

22ª escolha: Washington Redskins – Su’a Cravens – S – USC

23ª escolha: Minnesota Vikings – Mackensie Alexander – CB – Clemson

24ª escolha: Cincinnati Bengals – Tyler Boyd – WR – Pittsburgh

25ª escolha: Chicago Bears – Cody Whitehair – OG – Kansas State (escolha adquirida em troca com o Seattle Seahawks)

26ª escolha: Indianapolis Colts – T.J. Green – S – Clemson (escolha adquirida em troca com o Green Bay Packers)

27ª escolha: Pittsburgh Steelers – Sean Davis – S – Maryland

28ª escolha: Tampa Bay Buccaneers – Roberto Aguayo – K – Florida State (escolha adquirida em troca com o Kansas City Chiefs)

29ª escolha: New England Patriots – Cyrus Jones – CB – Alabama

30ª escolha: New Orleans Saints – Vonn Bell – S – Ohio State (escolha adquirida em troca com o New England Patriots e originalmente do Arizona Cardinals)

31ª escolha: Carolina Panthers – James Bradberry – CB – Samford

32ª escolha: Denver Broncos – Adam Gotsis – DE – Georgia Tech

3ª rodada do Draft

1ª escolha: Tennessee Titans – Kevin Byard – S – Middle Tennessee St.

2ª escolha: Cleveland Browns – Carl Nassib – DE – Penn State

3ª escolha: San Diego Chargers – Max Tuerk – C – USC

4ª escolha: Dallas Cowboys – Maliek Collins – DT – Nebraska

5ª escolha: San Francisco 49ers – Will Redmond – CB – Mississippi State

6ª escolha: Jacksonville Jaguars – Yannick Ngakoue – DE – Maryland

7ª escolha: Baltimore Ravens – Bronson Kaufusi – DE – BYU

8ª escolha: New York Giants – Darian Thompson – S – Boise State

9ª escolha: Chicago Bears – Jonathan Bullard – DE – Florida

10ª escolha: Miami Dolphins – Kenyan Drake – RB – Alabama

11ª escolha: Kansas City Chiefs – KeiVarae Russell – CB – Notre Dame (escolha adquirida em troca com o Tampa Bay Buccaneers)

12ª escolha: Oakland Raiders – Shilique Calhoun – DE – Michigan State

13ª escolha: Cleveland Browns – Shon Coleman – OT – Auburn (escolha adquirida em troca com o Tennessee Titans e originalmente do Los Angeles Rams)

14ª escolha: Carolina Panthers – Daryl Worley – CB – West Virginia (escolha adquirida em troca com o Cleveland Browns, passando pelo Detroit Lions e originalmente do Philadelphia Eagles)

15ª escolha: New England Patriots – Joe Thuney – OG – NC State (escolha adquirida em troca com o New Orleans Saints)

16ª escolha: Philadelphia Eagles – Isaac Seumalo – OG – Oregon State

17ª escolha: Buffalo Bills – Adolphus Washington – DT – Ohio State

18ª escolha: Atlanta Falcons – Austin Hooper – TE – Stanford

19ª escolha: Indianapolis Colts – Le’Raven Clark – OT – Texas Tech

20ª escolha: New York Jets – Jordan Jenkins – OLB – Georgia

21ª escolha: Washington Redskins – Kendall Fuller – CB – Virginia Tech

22ª escolha: Houston Texans – Braxton Miller – WR – Ohio State

23ª escolha: Miami Dolphins – Leonte Carroo – WR – Rutgers (escolha adquirida em troca com o Minnesota Vikings)

24ª escolha: Cincinnati Bengals – Nick Vigil – ILB – Utah State

25ª escolha: Green Bay Packers – Kyler Fackrell – OLB – Utah State

26ª escolha: Pittsburgh Steelers – Javon Hargrave – DT – South Carolina State

27ª escolha: Seattle Seahawks – C.J. Prosise – RB – Notre Dame

28ª escolha: New England Patriots – Jacoby Brissett – QB – NC State

29ª escolha: Arizona Cardinals – Brandon Williams – CB – Texas A&M

30ª escolha: Cleveland Browns – Cody Kessler – QB – USC (escolha adquirida em troca com o Carolina Panthers)

31ª escolha: Seattle Seahawks – Nick Vannett – TE – Ohio State (escolha adquirida em troca com o Denver Broncos)

32ª escolha: Detroit Lions – Graham Glasgow – C – Michigan (escolha compensatória)

33ª escolha: New England Patriots – Vincent Valentine – DT – Nebraska (escolha compensatória)

34ª escolha: Seattle Seahawks – Rees Odhiambo – OG – Boise State (escolha compensatória)

35ª escolha: Denver Broncos – Justin Simmons – S – Boston College (escolha compensatória)

4ª rodada do Draft

1ª escolha: Cleveland Browns – Joe Schobert – LB – Wisconsin
2ª escolha: Oakland Raiders – Connor Cook – QB – Michigan State (troca com Tennesseee Titans, passando por Philadelphia Eagles e Cleveland Browns)
3ª escolha: Dallas Cowboys – Charles Tapper – DE – Oklahoma
4ª escolha: San Diego Chargers – Joshua Perry – LB – Ohio State
5ª escolha: Jacksonville Jaguars – Sheldon Day – DT – Notre Dame
6ª escolha: Baltimore Ravens – Tavon Young – CB – Temple
7ª escolha: Kansas City Chiefs – Parker Ehinger – Guard – Cincy (troca com o San Francisco 49ers)
8ª escolha: Kansas City Chiefs – Eric Murray – CB – Minnesota (Troca com o Chicago Bears, anteriormente do Tampa Bay Buccaneers)
9ª escolha: Baltimore Ravens – Chris Moore – WR – Cincy (troca com o Miami Dolphins)
10ª escolha: Tampa Bay Buccaneers – Ryan Smith – CB – NC Central
11ª escolha: New York Giants – B.J. Goodson – LB – Clemson
12ª escolha: Los Angeles Rams – Tyler Higbee – TE – Western Kentucky
13ª escolha: Detroit Lions – Miles Killebrew – Safety – Southern Utah
14ª escolha: New England Patriots – Malcolm Mitchell – WR – Georgia (troca com o New Orleans Saints)
15ª escolha: Chicago Bears – Nick Kwiatkoski – LB – West Virginia (troca com Philadelphia Eagles, anteriormente dos Titans e Rams)
16ª escolha: Cleveland Browns – Ricardo Louis – WR – Auburn (troca com Oakland Raiders)
17ª escolha: Atlanta Falcons – De'Vondre Campbell – LB – Minnesota
18ª escolha: Indianapolis Colts – Hassan Ridgeway – DT – Texas
19ª escolha: Los Angeles Rams – Pharoh Cooper – WR – South Carolina
20ª escolha: New York Jets – Juston Burris – CB – North Carolina State
21ª escolha: Houston Texans – Tyler Ervin – RB – San Jose State
22ª escolha: New Orleans Saints – David Onyemata – DT – Canadá (troca com o Washington Redskins)
23ª escolha: Minnesota Vikings – Willie Beavers – Guard – Western Michigan
24ª escolha: Cincinnati Bengals – Andrew Billings – DT – Baylor
25ª escolha: Pittsburgh Steelers – Jerald Hawkins – OT – LSU
26ª escolha: Chicago Bears – Deon Bush – S – Miami (troca com Seattle Seahawks)
27ª escolha: Indianapolis Colts – Antonio Morrison – LB – Florida (troca com Green Bay Packers)
28ª escolha: Kansas City Chiefs – Demarcus Robinson – WR – Florida
29ª escolha: Chicago Bears – Deiondre' Hall – CB – Northern Iowa (troca com New England Patriots)
30ª escolha: Arizona Cardinals – Evan Boehm – OG – Missouri
31ª escolha: Cleveland Browns – Derrick Kindred – S – TCU (troca com o Carolina Panthers)
32ª escolha: Baltimore Ravens – Alex Lewis – OT – Nebraska (troca com o Denver Broncos)
33ª escolha: Green Bay Packers – Blake Martinez – LB – Stanford (compensatória)
34ª escolha: Baltimore Ravens – Willie Henry – DT – Michigan (compensatória)
35ª escolha: San Francisco 49ers – Rashard Robinson – CB – LSU (compensatória)
36ª escolha: Baltimore Ravens – Kenneth Dixon – RB – Louisiana Tech (compensatória)
37ª escolha: Dallas Cowboys – Dak Prescott – QB – Mississippi State (compensatória)
38ª escolha: Denver Broncos – Devontae Booker – RB – Utah (compensatória)
39ª escolha: Green Bay Packers – Dean Lowry – DE – Northwestern (compensatória)
40ª escolha: Cleveland Browns – Seth DeValve – WR – Princeton (compensatória)
41ª escolha: Buffalo Bills – Cardale Jones – QB – Ohio State (compensatória)

5ª rodada do Draft

1ª escolha: Tennessee Titans – Tajae Sharpe – WR – UMass
2ª escolha: Carolina Panthers – Zack Sanchez – CB – Oklahoma (troca com o Cleveland Browns)
3ª escolha: San Francisco 49ers – Ronald Blair – DE – Appalachian State (troca com o San Diego Chargers)
4ª escolha: Oakland Raiders – DeAndre Washington – RB – Texas Tech (troca com o Dallas Cowboys)
5ª escolha: Denver Broncos – Connor McGovern – G – Missouri (troca com Baltimore Ravens)
6ª escolha: San Francisco 49ers – John Theus – OT – Georgia
7ª escolha: Baltimore Ravens – Matt Judon – DE – Grand Valley State (troca com os Jaguars)
8ª escolha: Seattle Seahawks – Quinton Jefferson – DT – Maryland (troca com Miami Dolphins, passando por New England Patriots)
9ª escolha: Tampa Bay Buccaneers – Caleb Benenoch – OT – UCLA
10ª escolha: New York Giants – Paul Perkins – RB – UCLA
11ª escolha: Chicago Bears – Jordan Howard – RB – Indiana
12ª escolha: Detroit Lions – Joe Dahl – G – Washington State
13ª escolha: Washington Redskins – Matt Ioannidis – DT – Temple (troca com o New Orleans Saints)
14ª escolha: Philadelphia Eagle – Wendell Smallwood – RB – West Virginia
15ª escolha: Cleveland Browns – Jordan Payton – WR – UCLA (troca com Oakland Raiders)
16ª escolha: Indianapolis Colts – Joe Haeg – OT – North Dakota State
17ª escolha: Buffalo Bills – Jonathan Williams – RB – Arkansas
18ª escolha: Tennessee Titans – LeShaun Sims – CB – Southern Utah (troca com NY Jets passando com Denver Broncos)
19ª escolha: New York Jets – Brandon Shell – OT – South Carolina (troca com Washington Redskins)
20ª escolha: Houston Texans – KJ Dillon – S – West Virginia
21ª escolha: Minnesota Vikings – Kentrell Brothers – ILB – Missouri
22ª escolha: Cincinnati Bengals – Christian Westerman – G – Arizona State
23ª escolha: Kansas City Chiefs – Kevin Hogan – QB – Stanford (troca com Seattle Seahawks)
24ª escolha: Green Bay Packers – Trevor Davis – WR – California
25ª escolha: Philadelphia Eagles – Halapoulivaati Vaitai – OT – TCU (troca com Pittsburgh Steelers)
26ª escolha: Kansas City Chiefs – Tyreek Hill – WR – West Alabama
27ª escolha: Houston Texans- D. J. Reader – DT – Clemson (troca com New England Patriots)
28ª escolha: Arizona Cardinals – Marqui Christian – S – Midwestern State
29ª escolha: Cleveland Browns – Spencer Drango – OT – Baylor (troca com Carolina)
30ª escolha: Detroit Lions- Antwione Williams – OLB – Georgia Southern (troca com Denver Broncos)
31ª escolha: Arizona Cardinals – Cole Toner – OT – Harvard (compensatória)
32ª escolha: Seattle Seahawks – Alex Collins – RB – Arkansas (compensatória)
33ª escolha: Cleveland Browns – Rashard Higgins – WR – Colorado State (compensatória)
34ª escolha: Cleveland Browns – Trey Caldwell – CB – Louisiana-Monroe (compensatória)
35ª escolha: San Francisco 49ers – Fahn Cooper – OT – Ole Miss (compensatória)
36ª escolha: San Diego Chargers – Jatavis Brown – OLB – Akron (compensatória)

6ª rodada do Draft

1ª escolha: Denver Broncos – Andy Janovich – FB – Nebraska
2ª escolha: Los Angeles Rams – Temarrick Hemingway – TE – South Carolina State
3ª escolha: Kansas City Chiefs – D.J. White –CB – Georgia Tech
4ª escolha: San Diego Chargers – Drew Kaser – P –Texas A&M
5ª escolha: Minnesota Vikings – Moritz Bohringer – WR – Schwabisch Hall Unicorns
6ª escolha: Jacksonville Jaguars – Tyrone Holmes – DE –Montana
7ª escolha: Baltimore Ravens – Keenan Reynolds – RB – Navy
8ª escolha: Tampa Bay Buccaneers – Devante Bond – OLB – Oklahoma
9ª escolha: New York Giants –Jerell Adams – TE – South Carolina
10ª escolha: Chicago Bears – DeAndre Houston-Carson – CB – Williams & Marry
11ª escolha: Miami Dolphins – Jakeem Grant – WR – Texas Tech
12ª escolha: Washington Redskins – Nate Sudfelld – QB – Indiana
13ª escolha: Minnesota Vikings – David Morgan – WR – UTSA
14ª escolha: Dallas Cowboys – Anthony Brown –CB – Purdue
15ª escolha: Los Angeles Rams – Josh Forrest – LB – Kentucky
16ª escolha: Detroit Lions – Jake Rudock – QB – Michigan
17ª escolha: Buffalo Bills – Kolby Listenbee – WR – TCU
18ª escolha: Tennessee Titans – Sebastian Tretola – G – Arkansas
19ª escolha: Oakland Raiders – Cory James –LB – Colorado State
20ª escolha: Atlanta Falcons – Wes Schweitzer – G – San Jose State
21ª escolha: Philadelphia Eagles – Blake Countess –CB – Auburn
22ª escolha: Tampa Bay Buccaneers –Dan Vitale – FB – Northwestern
23ª escolha: San Diego Chargers – Derek Watt –FB – Wisconsin
24ª escolha: Cincinnati Bengals – Cody Core – WR – Ole Miss
25ª escolha: Green Bay Packers – Kyle Murphy – OT – Stanford
26ª escolha: Jacksonville Jaguars – Brandon Allen – QB – Arkansas
27ª escolha: Detroit Lions – Anthony Zettel – DE – Penn State
28ª escolha: Kansas City Chiefs – Dadi Lhomme Nicolas – OLB – Virginia Tech
29ª escolha: Miami Dolphins – Jordan Lucas – SS – Penn State
30ª escolha: Arizona Cardinals – Harlan Miller – CB – Southeastern Louisiana
31ª escolha: Los Angeles Rams – Michael Thomas – WR – Southern Miss
32ª escolha: San Francisco 49ers – Jeff Driskel – QB – Louisiana Tech
33ª escolha: New England Patriots – Kamu Grugier-Hill – SS – Eastern Illinois (compensatória)
34ª escolha: Baltimore Ravens – Maurice Canady – CB – Virginia (compensatória)
35ª escolha: Detroit Lions – Jimmy Landes – Long Snapper – Baylor (compensatória)
36ª escolha: San Francisco 49ers – Kelvin Taylor – RB – Florida (compensatória)
37ª escolha: Dallas Cowboys – Kavon Frazier – S – Central Michigan (compensatória)
38ª escolha: San Francisco 49ers – Aaron Burbridge – WR – Michigan State (compensatória)
39ª escolha: New England Patriots –Elandon Roberts – ILB – Houston (compensatória)
40ª escolha: Seattle Seahawks – Joey Hunt – C – TCU (compensatória)
41ª escolha: Dallas Cowboys – Darius Jackson – RB – Eastern Mchigan (compensatória)
42ª escolha: Dallas Cowboys – Rico Gathers – TE – Baylor (compensatória)
43ª escolha: Buffalo Bills – Kevon Seymour – CB – USC (compensatória)
44ª escolha: Denver Broncos – Will Parks – S – Arizona (compensatória)
45ª escolha: Pittsburgh Steelers – Travis Feeney – OLB – Washington (compensatória)
46ª escolha: New England Patriots – Ted Karras III – G – Illinois (compensatória)

7ª rodada do Draft

1ª escolha: Tennessee Titans – Aaron Wallace – OLB – UCLA
2ª escolha: Miami Dolphins – Brandon Doughty – QB – Western Kentucky
3ª escolha: San Diego Chargers – Donavon Clark –G – Michigan State
4ª escolha: New England Patriots – Devin Lucien – WR – Arizona State
5ª escolha: Jacksonville Jaguars – Jonathan Woodard – DE – Central Arkansas
6ª escolha: Minnesota Vikings – Stephen Weatherly – OLB – Vanderbilt
7ª escolha: Denver Broncos – Riley Dixon – P – Syracuse
8ª escolha: Pittsburgh Steelers – Demarcus Ayers – WR – Houston
9ª escolha: Chicago Bears – Daniel Braverman – WR – Western Michigan
10ª escolha: Miami Dolphins – Thomas Duarte – TE – UCLA
11ª escolha: Washington Redskins – Steven Daniels –ILB – Boston College
12ª escolha: Philadelphia Eagles – Jalen Mills –FS – LSU
13ª escolha: Oakland Raiders – Vadal Alexender – G – LSU
14ª escolha: New York Jets –Lac Edwards – P – Sam Houston State
15ª escolha: Detroit Lions – Dwayne Washington – RB –Washington
16ª escolha: New Orleans Saints –Daniel Lasco – RB – California
17ª escolha: Atlanta Falcons – Devin Fuller – WR – UCLA
18ª escolha: Indianapolis Colts – Trevor Bates – LB – Maine
19ª escolha: Philadelphia Eagles – Alex McCalister – DE – Florida
20ª escolha: New York Jets – Charone Peake – WR – Clemson
21ª escolha: Washington Redskins – Keith Marshall –RB – Georgia
22ª escolha: Seattle Seahawks – Kenny Lawler – WR – California
23ª escolha: Minnesota Vikings – Jayron Kearse – S – Clemson
24ª escolha: Cincinnati Bengals – Clayton Fejedelem – S – Illinois
25ª escolha: Pittsburgh Steeelrs – Tyler Matakevich– OLB – Temple
26ª escolha: Seattle Seahawks – Zac Brooks – RB – Clemson
27ª escolha: Indianapolis Colts – Austin Blythe – C – Iowa
28ª escolha: San Francisco 49ers – Prince Charles Iworah – CB – Western Kentucky
29ª escolha: Cleveland Browns – Scooby Wright III – LB – Arizona
30ª escolha: Philadelphia Eagles- Jon Walker – ILB – Oregon
31ª escolha: Carolina Panthers – Beau Sandland – TE – Montana State
32ª escolha: Tennessee Titans – Kalan Reed –CB – Southern Miss