NFL

Dono do Denver Broncos, Pat Bowlen morre aos 75 anos de idade

Pat Bowlen, proprietário do Denver Broncos, morre aos 75 anos de idade

(Crédito: Twitter/reprodução)

Uma notícia muito triste agitou o mundo da National Football League na madrugada desta sexta-feira (14). Pat Bowlen, proprietário de longa data do Denver Broncos, morreu aos 75 anos de idade.

O falecimento foi confirmado pela franquia do Colorado de maneira oficial.

“Nós estamos tristes em informar a todos que nosso amado marido e pai, Pat Bowlen, passou      para o próximo capítulo de sua vida no final da noite de quinta-feira pacificamente em casa cercado por sua família. Sua alma vai viver através dos Broncos, da cidade de Denver e de todos os nossos torcedores”, a família Bowlen disse em um comunicado, divulgado pelos Broncos.

Bowlen será postumamente introduzido no Hall da Fama do Futebol Americano (PFHOF) em agosto. Ele se afastou das operações diárias do time em 2014.

“Nossa família deseja expressar sua sincera gratidão pelo enorme apoio que recebemos nos últimos anos. O céu ficou um pouco mais laranja e azul nesta noite. Pat Bowlen tinha um espírito competitivo com um grande senso de humor. Tão divertido como ele era, ele sempre quis que entendêssemos o panorama geral. Nós sempre nos lembraremos de sua gentileza e humildade. Mais importante do que um proprietário incrível, Pat Bowlen era um ser humano incrível”, disse a família, em outro trecho da nota oficial.

Bowlen faleceu depois de uma longa batalha contra o mal de Alzheimer. Ele deixa sua esposa, Annabel, e sete filhos: Amie, Beth, Patrick, Johnny, Brittany, Annabel e Christianna.

Sob seu comando durante 35 anos, os Broncos tiveram uma das fases de maior sucesso da história da organização. Ele foi apresentado como dono do time no dia 23 de março de 1984 e deixou evidente durante sua liderança que queria que sua franquia estivesse focada em vencer e em fazer a diferença na comunidade.

“Eu quero ser o número 1 em tudo”. Esse era o seu mantra.

“Ninguém vai se importar se o time vale um bilhão de dólares ou o que quer que seja. Isso não importa. Trata-se mais do sucesso que você teve como organização e como time no campo e na comunidade”, falou Bowlen em uma oportunidade.

Desde que Bowlen assumiu o comando, os Broncos tiveram a mesma quantidade de aparições no Super Bowl (sete) do que temporadas com mais derrotas do que vitórias. Ele ganhou dois títulos seguidos nas temporadas 1997 e 1998 (Super Bowls XXXII e XXXIII), além do Super Bowl 50, após a temporada 2015.

Bowlen foi o primeiro dono da história da NFL com mais de 300 vitórias em seus primeiros 30 anos como dono.

Ele dizia frequentemente que a palavra “reconstrução” não estava em seu vocabulário e, via de regra, previa uma campanha de 19-0, com uma vitória no Super Bowl para seu time.

Os Broncos tiveram uma média de mais de 10 vitórias por ano durante os 35 anos de Pat Bowlen como dono da franquia, empatando na segunda maior porcentagem geral de vitórias de todos os times da NFL (59,6%, campanha de 354 vitórias, 240 derrotas e um empate).

Entre os 123 times profissionais das quatro grandes ligas dos Estados Unidos (NFL, NBA, MLB e NHL), apenas o San Antonio Spurs, o New England Patriots e o Los Angeles Lakers tiveram um retrospecto melhor do que os Broncos de Pat Bowlen.

Comments
To Top