NFL

Dennis Byrd, ex-jogador dos Jets, morre em acidente de carro

Dennis Byrd, ex-defensive end dos Jets

(Crédito: Twitter/reprodução)

Dennis Byrd, ex-defensive end do New York Jets, cuja carreira foi interrompida em 1992 após ele quebrar o pescoço, morreu em uma colisão de carros perto da sua casa em Oklahoma no último sábado (15). A informação foi confirmada pela Patrulha das Estradas de Oklahoma.

Byrd, 50 anos, foi declarado morto no local devido às lesões maciças. Segundo as informações que se tem, o acidente ocorreu às 11h da manhã.

Byrd, que estava dirigindo um Hammer H2 de 2004, foi atingido por um veículo que desviou da sua pista. O outro carro, um Ford Explorer, estava sendo dirigido por um jovem de 17. Tanto o motorista, quanto o passageiro de 12 anos do Explorer, estão em estado grave.

O ex-jogador foi uma escolha de segunda rodada do draft de 1989, saindo da University of Tulsa, e tornou-se uma lenda do New York Jets. Ele jogou por apenas quatro anos, mas sua inspiradora história se tornou tema de um livro e um filme estrelado pelo ator e diretor Peter Berg.

Em 29 de novembro de 1992, Byrd bateu a cabeça no peito do seu companheiro de equipe Scott Mersereau em um jogo contra o Kansas Citu Chiefs. Ele sofreu grandes danos no pescoço e na medula espinhal e os médicos não tinham certeza se ele iria voltar a andar.

Depois de uma grande reabilitação nos meses seguintes, Byrd retornou para o jogo de abertura da temporada da franquia nova-iorquina na temporada seguinte e caminhou – devagar, mas sem ajuda – até o meio de campo como capitão honorário.

Ele nunca se recuperou totalmente da lesão, andando com certa dificuldade e passando por reabilitação contínua durante os anos seguintes. Como cristão devoto, ele escreveu um livro em 1993 detalhando como ele se baseou na sua fé e família para passar pela lesão e a recuperação e para servir como uma inspiração para outros que possam estar em situações semelhantes.

“Estamos devastados pela perda prematura de Dennis Byrd”, disse Wood Johnson, proprietários dos Jets, em comunicado. “Pouco falante e com muita força de vontade, a inspiração que ele forneceu a todos nós, não só por suas jogadas em campo, mas pela forma como ele superou os obstáculos da vida era notável e sem medidas”.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top