NFL

Brock Osweiler anuncia aposentadoria após sete temporadas; veja mais movimentações na NFL

Brock Osweiler, ex-quarterback da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

O quarterback Brock Osweiler, que atualmente estava sem time, anunciou sua aposentadoria da National Football League nesta quarta-feira (16), após pouco mais de sete temporadas na liga.

Ex-signal caller do Denver Broncos, do Houston Texans e do Miami Dolphins, Osweiler disse aos ‘9News’, em entrevista por telefone, que era “extremamente grato pelo tempo que teve jogando na National Football League”.

As experiências que tive, pessoas que conheci, relacionamentos que fiz – não vou me debruçar sobre coisas que não aconteceram na minha carreira”, falou. “Sendo um garoto de Kalispell, Montana, jogando pelo Denver Broncos, ganhando um Super Bowl, tendo a oportunidade de assinar um segundo contrato – quando você olha para trás, eu não poderia ser mais agradecido. Foi ótimo”, frisou.

Atualmente com 28 anos de idade, Osweiler obteve duas vitórias e três derrotas como titular provisório do Miami Dolphins na temporada 2018, quando Ryan Tannehill estava lesionado.

Confira o podcast do Quinto Quarto com palpites, apostas e opinião sobre a semana #7 da NFL

Ele deu uma certa esperança à torcida dos Dolphins durante um período que ficou conhecido como ‘Brocktober’, já que ele assumiu o time em outubro e chegou a lançar para 380 jardas em uma vitória na prorrogação sobre o Chicago Bears. Contudo, seu desempenho caiu nos jogos seguintes.

Em 2018, Osweiler completou 63,5% de seus passes para 1.247 jardas, seis touchdowns e quatro interceptações.

Sua melhor participação como profissional foi em 2015, quando ele assumiu a titularidade do Denver Broncos após alguns jogos ruins de Peyton Manning, que estava lesionado, e obteve cinco vitórias e duas derrotas. Ele ajudou a equipe a ficar com a melhor campanha da Conferência Americana (AFC), em uma campanha que culminou no título do Super Bowl 50.

“Aquela temporada 2015 é algo que é muito especial. Os treinadores, os jogadores, eles significam tudo para mim. Eu fiquei grato por ter a oportunidade de exercer o papel que fiz, mas foi mesmo um negócio coletivo. Havia muito talento naquele time de futebol americano, mas eu diria que éramos o time mais próximo de todos os times da National Football League. Nossa cultura estava além de qualquer coisa que possa ser criada. Era tão genuíno, tão real que acho que qualquer treinador ou jogador daquele time teria feito qualquer coisa pelo outro naquele prédio naquele ano”, relembrou Osweiler, com visível carinho.

Aquela boa temporada em 2015 fez com que o Houston Texans ficasse de olho do QB e acertasse um contrato de US$ 72 milhões na offseason do ano seguinte. Contudo, após uma temporada complicada como titular dos Texans, Osweiler foi trocado com o Cleveland Browns.

Os Browns, entretanto, cortaram o QB pouco antes da temporada 2017, quando ele foi novamente trazido pelos Broncos.

Osweiler foi selecionado na segunda rodada do draft de 2012 pelos Broncos, com a 57ª escolha geral. Ele fecha sua carreira profissional com 15 vitórias e 15 derrotas como titular, com 59,8% dos passes completados para 7.418 jardas, 37 touchdowns e 31 interceptações. Ele tem também um anel de Super Bowl em sua galeria.

“Eu tenho a minha saúde. Eu tenho o anel. Há muitas coisas que eu ainda queria realizar. E ainda tenho muita gasolina no tanque. Mas, ei, às vezes você não tem essa oportunidade. E, dito isto, está tudo bem”, finalizou.

Confira mais notícias de lesões e transações na NFL nesta quarta (16):

– O running back Todd Gurley, do Los Angeles Rams, está cada vez mais próximo de seu retorno aos gramados. O técnico Sean McVay confirmou aos repórteres que o jogador ia participar dos treinos desta quarta.

Gurley ficou fora da derrota para o San Francisco 49ers com uma lesão na coxa. Ele não treinou durante toda a semana passada, antes do duelo contra os Niners.

O retorno do RB aos treinos é um bom sinal, em meio às três derrotas seguidas dos Rams. O running back não tem sido tão produtivo em 2019 quanto foi nas duas últimas temporadas, mas o time de L.A. sentiu a falta do camisa 30 no último domingo.

O L.A. Rams somou apenas 157 jardas totais contra os Niners, sendo 109 pelo chão. Malcolm Brown e Darrell Henderson combinaram para 17 carregadas e 79 jardas corridas.

Nesta temporada, Gurley soma 338 jardas totais e cinco TDs em 78 toques na bola.

Agora, vamos continuar a monitorar a participação de Gurley nos treinos da semana, antes do jogo do final de semana contra o Atlanta Falcons.

Em outra notícia dos Rams, o time colocou o safety John Johnson na injured reserve nesta quarta, como anunciou a equipe. O defensive back sofreu uma lesão no ombro na derrota da semana 6 para o San Francisco 49ers.

Ele é mais um jogador dos Rams a ir para a IR nesta semana. O cornerback Aqib Talib foi para a lista de lesionados devido a uma fratura nas costelas e o left guard Joe Noteboom sofreu uma lesão grave no joelho direito no domingo passado, rompendo o ligamento cruzado anterior e o ligamento colateral medial, e igualmente foi para a injured reserve.

– O quarterback Mason Rudolph, do Pittsburgh Steelers, passou pelo maior obstáculo de sua recuperação de concussão. Um neurologista independente liberou Rudolph nesta quarta para voltar às atividades sem limitações e ele não está mais no protocolo de concussão, como anunciou a equipe.

Rudolph sofreu uma concussão na semana 5, durante a derrota para o Baltimore Ravens.

“Ele é nosso quarterback quando ele passar pelo protocolo. Simples assim”, falou o técnico Mike Tomlin aos repórteres, mais cedo nesta quarta.

Art Rooney, presidente dos Steelers, também disse ao jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, no podcast RapSheet & Friends, que a expectativa era a de que Rudolph seja titular no próximo jogo dos Steelers, que é apenas no dia 28 de outubro contra o Miami Dolphins. Isso porque Pittsburgh está em sua bye week.

– No Chicago Bears, o técnico Matt Nagy disse aos repórteres nesta quarta que o time está “cautelosamente otimista” de que o quarterback titular Mitchell Trubisky será titular no domingo contra o New Orleans Saints. Trubisky perdeu a derrota na semana 5 para o Oakland Raiders devido a uma lesão no ombro esquerdo.

Após a semana de folga dos Bears, Trubisky retornou aos treinos nesta segunda pela primeira vez desde que sofreu a contusão na semana 4, em partida contra o Minnesota Vikings, no dia 29 de setembro.

Trubisky disse aos repórteres nesta quarta que ele se sentiu “próximo” dos 100%.

“Eu acho que apenas mostrei à comissão técnica e os treinadores que meu ombro e tudo mais estão fortes o suficiente para me colocar lá fora e resistir às pancadas, ser capaz de fazer o meu trabalho 100%”, afirmou o QB, que treinou normalmente nesta quarta.

O quarterback disse que terá que usar uma proteção no ombro para que os Bears o deixem jogar.

– No Denver Broncos, o wide receiver Emmanuel Sanders vai jogar normalmente no Thursday Night Football desta semana contra o Kansas City Chiefs. O jornalista James Palmer, da ‘NFL Network’, que apurou a informação.

Sanders atuou em apenas 24 snaps durante a vitória sobre o Tennessee Titans, no último domingo, antes de sair com uma contusão no joelho.

Atualmente com 32 anos de idade, Sanders treinou na terça e esse foi um indicador positivo em relação à sua disponibilidade. Nesta temporada, ele soma 25 recepções para 307 jardas e dois TDs.

– No Kansas City Chiefs, o wide receiver Sammy Watkins vai perder a segunda partida seguida neste Thursday Night Football contra o Denver Broncos devido ao seu problema no músculo posterior da coxa.

Os Chiefs descartaram Watkins oficialmente para o duelo desta quinta, além de outros quatro nomes importantes do time titular: o cornerback Kendall Fuller (polegar), o defensive tackle Chris Jones (virilha), o offensive tackle Eric Fisher (músculo central) e o guard Andrew Wylie (tornozelo).

O cornerback Bashaud Breeland foi listado como questionável por motivos não relacionados a lesão.

– No Dallas Cowboys, o wide receiver Amari Cooper, que está lidando com uma lesão na coxa, não treinou nesta quarta. O técnico Jason Garrett já havia confirmado que ele não ia treinar, acrescentando que esta é uma situação a ser monitorada ao longo da semana.

“Tomara que ele possa treinar conforme a semana se desenrola”, falou Garrett, segundo Michael Gehlken, do ‘Dallas Morning News’.

Juntando-se a Cooper no grupo dos que não participaram do treino dos Cowboys nesta quarta estão o wide receiver Randall Cobb (costas), o left tackle Tyron Smith (tornozelo), o right tackle La’el Collins (joelho), o cornerback Byron Jones (músculo posterior da coxa) e o cornerback Anthony Smith (músculo posterior da coxa).

– No New Orleans Saints, o running back Alvin Kamara (tornozelo/joelho), o tight end Jared Cook (tornozelo), o wide receiver Tre’Quan Smith (tornozelo) e o quarterback Drew Brees (polegar direito) não treinaram. O defensive end Trey Hendrickson treinou de maneira limitada devido à sua lesão no pescoço.

E, com Kamara provavelmente limitado nos treinos ao longo da semana, os Saints estão contratando o running back Zach Zenner, ex-Detroit Lions, como segurança caso Kamara não possa atuar contra o Chicago Bears, de acordo com Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

A franquia da Louisiana também está dispensando o linebacker Stephone Anthony, de acordo com Tom Pelissero, da ‘NFL Network’. Mas há boas chances de ele ser recontratado nas próximas semanas, de acordo com Pelissero.

– O New York Giants designou o cornerback Sam Beal para retornar. Beal foi colocado na injured reserve em setembro devido a uma contusão no músculo posterior da coxa.

O running back Saquon Barkley (tornozelo) e o tight end Evan Engram (joelho) treinaram normalmente nesta quarta. O técnico Pat Shurmur disse “vamos ver o que a semana reserva” ao ser questionado se os dois vão jogar no domingo contra o Arizona Cardinals.

– No Cincinnati Bengals, o cornerback Darqueze Dennard e o tackle veterano Cordy Glenn foram liberados para retornar aos treinos, como anunciou a franquia. Dennard foi colocado na lista de jogadores sem condições físicas de desempenhar (PUP list) devido a uma lesão no tornozelo esquerdo. Glenn tem estado afastado devido a uma concussão.

O técnico Zac Taylor disse aos repórteres que ele não sabe se o wide receiver A.J. Green (tornozelo) fará sua estreia na temporada neste final de semana contra o Jacksonville Jaguars. O head coach frisou que Green não treinaria ainda 100% nesta quarta e que o time precisa ver como ele desempenha antes de fazer uma avaliação. Green está sendo avaliado dia a dia.

– O Carolina Panthers contratou o wide receiver/retornador de chutes Greg Dortch para o elenco ativo.

– No Seattle Seahawks, o tight end Will Dissly vai passar por cirurgia nesta quinta em seu tendão de Aquiles rompido, de acordo com Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. Ele está fora do restante da temporada, mas deve estar pronto para o início da temporada 2020.

– No Buffalo Bills, o quarterback Josh Allen (mão) treinou normalmente nesta quarta. O wide receiver John Brown (virilha), o linebacker Matt Milano (músculo posterior da coxa) e o linebacker Corey Thompson (tornozelo) treinaram de forma limitada. O tackle Ty Nsekhe e o linebacker Lorenzo Alexander tiveram um dia de descanso.

– No Philadelphia Eagles, vários jogadores não treinaram nesta quarta: o linebacker Nigel Bradham (tornozelo), o defensive tackle Fletcher Cox (doença), o wide receiver DeSean Jackson (abdômen), o defensive tackle Timmy Jernigan (pé), o cornerback Avonte Maddox (concussão/pescoço), o left tackle Jason Peters (joelho) e o running back Darren Sproles (quadríceps). O cornerback Ronald Darby (músculo posterior da coxa) treinou de forma limitada.

– No Oakland Raiders, o técnico Jon Gruden disse que o wide receiver Tyrell Williams tem uma fascite plantar e o problema não está melhorando muito. Williams ficou fora da vitória sobre o Chicago Bears, em Londres, antes desta última semana de folga dos Raiders.

Também nos Raiders, o tight end Darren Waller recebeu uma extensão de contrato até a temporada 2023 da NFL, como anunciou a equipe na noite desta quarta.

O jornalista Tom Pelissero, da ‘NFL Network’, apurou que a extensão era de três anos de duração.

Waller estava na temporada final de seu contrato e se tornaria um free agent restrito em março.

Selecionado na sexta rodada do draft de 2015 pelo Baltimore Ravens, Waller foi contratado pelos Raiders do elenco de treinamento dos Ravens em 2018. Ele atuou apenas quatro jogos no ano passado, mas neste ano se estabeleceu como uma das boas armas ofensivas da equipe.

Até agora em 2019, o TE fez 37 recepções para 359 jardas.

– No Houston Texans, o wide receiver Kenny Stills (músculo posterior da coxa) treinou normalmente.

– No Atlanta Falcons, o wide receiver Julio Jones (quadril) e o safety Ricardo Allen (joelho) treinaram de forma limitada. O cornerback Desmond Trufant (dedo do pé) não treinou.

– No Washington Redskins, o cornerback Josh Norman (coxa/mão), e os running backs Adrian Peterson (quadríceps) e Chris Thompson (dedo do pé) não treinaram. O tight end Vernon Davis (concussão) e o offensive tackle Donald Penn (não relacionado a uma lesão) treinaram de forma limitada.

– O Green Bay Packers fechou com o wide receiver Ryan Grant e dispensou o running back Tra Carson. O tight end calouro Jace Sternberger (tornozelo) também voltou aos treinos.

Como foi na semana passada, o quarterback Aaron Rodgers (joelho) treinou de forma limitada nesta quarta. Já os wide receiver Davante Adams (dedo do pé), Geronimo Allison (concussão/peito) e Marquez Valdes-Scantling (tornozelo/joelho), e o tight end Jimmy Graham (tornozelo) não treinaram. O safety Darnell Savage (tornozelo) também não treinou.

– No Los Angeles Chargers, o defensive end Melvin Ingram (músculo posterior da coxa), o running back Justin Jackson (panturrilha), o defensive tackle Justin Jones (ombro), o wide receiver Travis Benjamin (quadríceps) e o safety Nasir Adderley (músculo posterior da coxa) não treinaram.

– No San Francisco 49ers, o tight end George Kittle (virilha), o running back Raheem Mostert (joelho) e o wide receiver Deebo Samuel (virilha) foram alguns dos que ficaram de fora do treino desta quarta.

– No Baltimore Ravens, o wide receiver Marquise Brown (tornozelo) não treinou nesta quarta, enquanto que o cornerback Jimmy Smith (joelho) treinou de forma limitada.

Comments
To Top