NFL: Bills derrotam Dolphins para vencer a AFC East

Marcelo Cartaxo | 08/01/2024 - 01:23

O Buffalo Bills viajou até a Flórida para enfrentar o Miami Dolphins no HardRock Stadium, com a intenção de conseguir a classificação para os playoffs e, de quebra, o título de campeão da AFC East. Com isso, os Bills venceram a partida por 21 x 14, garantindo 4º título de divisão consecutivo no confronto contra o Miami.

Os acontecimentos da última rodada fez com que o jogo perdesse o aspecto de vida ou morte para o Buffalo Bills, ao passo que o Jacksonville Jaguars foi derrotado pelo Tennessee Titans e os times que ficaram com as últimas duas vagas nos playoffs da AFC foram os Bills e Steelers. Ou seja, só restava uma coisa no jogo: o título de divisão. Quem vencer o jogo era campeão, um tempero que transformou a aura do jogo que antes era uma necessidade de Buffalo, em algo mais significativo agora que já estavam classificados para os playoffs.

Ambos os times começaram a partida errado. O Miami Dolphins teve a primeira posse de bola jogando em casa, mas acabou cometendo um turnover com uma interceptação sofrida por Tua Tagovailoa. Em seguida, foi a vez dos Bills de retribuir o favor com Josh Allen lançando uma interceptação na endzone. Daí em diante as equipes começaram a se encontrar em campo e a partida foi crescendo cada vez mais.

O Miami Dolphins foi o primeiro time a converter um touchdown no último Sunday Night Football da temporada. Os primeiros pontos da partida surgiram em uma corrida do running back De'Von Achane para 25 jardas.

Contudo, os Bills foram capazes de responder e continuar brigando posse à posse pela liderança, mas até a reta final do jogo quem levava a melhor era o Miami Dolphins. Tyreek Hill foi o segundo jogador na partida a anotar um touchdown para o mandante, em um passe curto de três jardas. Hill foi o rosto das manchetes durante a semana pelo o que aconteceu com sua casa em Miami.

Uma noite de lances inusitados e históricos para o Buffalo Bills

Em uma partida que validaria a temporada das duas franquias, os protagonistas eram os quarterbacks, e Josh Allen foi o maior dos artista da noite. Além de tentar passes arriscados e longos usando seu braço direito, considerado um dos mais fortes da liga atualmente, o jogador contou com um pouco de sorte no primeiro touchdown.

Allen tentou um passe curto perto da endzone, mas com tantos jogadores indo para cima do quarterback, Josh acabou passando a bola para onde ia o wide receiver Trent Sheffield, mas a bola pegou no capacete de um defensor dos Dolphins, o que fez a trajetória da bola “mudar”. Com a bola pendurada no ar, Sheffield foi no limite da endzone para converter o touchdown, mostrando um trabalho de pés que até mesmo o treinador de Miami não acreditou.

Ainda assim, o touchdown de Trent Sheffield pode não ter sido a maior loucura da noite. No começo do quarto período, os Bills precisavam de uma jogada para mudar o rumo da partida e foi aí que o retorno de punt com mais jardas na história do Buffalo Bills aconteceu. O lance mudou completamente o rumo do jogo, que parecia estar controlado por Miami até o retorno de 95 jardas de Deonte Harty para empatar o jogo.

Escrito por Marcelo Cartaxo
Marcelo Cartaxo é um estudante de jornalismo na Universidade Veiga de Almeida, cujo interesse e paixão pelo jornalismo esportivo o levaram a acumular experiências em várias plataformas renomadas. Sua trajetória inclui colaborações notáveis em veículos como Premier League Brasil, Minha Torcida, Esportelandia, Futebol na Veia e ShaftScore.