NFL

Antiga casa dos Falcons, Georgia Dome é implodido no centro de Atlanta

Georgia Dome, antiga casa do Atlanta Falcons

(Crédito: Twitter/reprodução)

O torcedor do Atlanta Falcons com certeza sentiu um pouco de dor no coração nesta segunda-feira (20). Um dos maiores estádios fechados dos Estados Unidos, o Georgia Dome foi implodido no centro de Atlanta.

Mais de 2 toneladas de explosivos foram utilizadas para derrubar a antiga casa dos Falcons. Espectadores se reuniram nas janelas dos arranha-céus, em um restaurante no hotel mais alto da cidade, nos estacionamentos e nas ruas para assistir a destruição do icônico estádio, que demorou cerca de 15 segundos.

O Georgia Dome foi inaugurado em 1992 e tinha 71.250 assentos.

O Dome foi substituído neste ano pelo novíssimo e impressionante Mercedes-Benz Stadium, nova casa dos Falcons, que custou US$ 1,2 bilhão. O novo estádio, que também é casa do Atlanta United, time da Major League Soccer (MLS), fica localizado logo ao lado do Georgia Dome.

Uma cortina industrial de força de 5 andares de altura foi erguida entre os dois estádios para evitar que houvesse danos no novo local, segundo as autoridades. Apenas 25 metros separavam o novo do velho estádio.

Vale lembrar que o Georgia World Congress Center, principal centro de convenções de Atlanta, também fica a poucos metros de onde era o Georgia Dome.

Proteger ambas as estruturas foi “um dos desafios únicos” da implosão desta segunda, segundo Morgan Smith-Williams, porta-voz da Georgia World Congress Center Authority, que inclui o Dome bem como o novo estádio.

“Não houve danos no Mercedes Benz-Stadium ou no Georgia World Congress Center”, ela disse nesta segunda, após um comunicado pós-implosão feito pelo Alamo Group.

A ideia do Georgia Dome veio no meio dos anos 1980, quando líderes civis recomendaram um estádio de futebol americano fechado ao lado do Georgia World Congress Center. A arena custou US$ 214 milhões.

O dome foi a sede de jogos estatuais de futebol americano de high school, Peach Bowls, de finais da SEC, de dois Super Bowls, do basquete das Olimpíadas de 1996, e de três Final Four de basquete da NCAA, além de shows, wrestling profissional e outros eventos.

O Georgia Dome também recebeu a ginástica nos Jogos Olímpicos de 1996, quando Kerri Strug competiu com dois ligamentos do tornozelo rompidos para ajudar os Estados Unidos a superar a Rússia e ficar com a medalha de ouro na ginástica por equipes.

Confira a implosão do Georgia Dome:

The final moments from the Georgia Dome.

Uma publicação compartilhada por Atlanta Falcons (@atlantafalcons) em

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top