NFL

Aaron Hernandez viola a lei e faz tatuagem atrás das grades

(Crédito: Stephen Savoia/ AP)

(Crédito: Stephen Savoia/ AP)

Depois de brigar com outro detento, o ex-jogador do New England Patriots, Aaron Hernandez, cometeu dentro da prisão mais um delito. Em julgamento realizado nesta quinta-feira, o tight end apareceu com uma nova tatuagem no pescoço.

As câmeras flagraram a palavra “Lifetime” (vida inteira) desenhada acima de uma estrela. O resto da tatuagem ficou escondido debaixo do colarinho da camisa.

Fazer uma tatuagem e possuir equipamentos para tatuar dentro da cela viola as leis carcerárias do estado de Massachusetts, onde o ex-jogador está detido desde 2013. Hernandez pode ser punido com a transferência para uma prisão disciplinar ou perder privilégios, como TV e rádio por 60 dias. Até o momento, ele não recebeu sanções do Departamento de Justiça do estado.

No início da semana, o ex-tight end foi isolado dentro da cadeira após facilitar uma briga entre detentos dentro de sua cela. Na confusão, carcereiros descobriram as tatuagens novas de Hernandez.

 

Não é a primeira confusão que Aaron, condenado pelo assassinato de Odin Lloyd, se envolve na prisão. Em janeiro de 2014, brigou com um companheiro de cela e foi transferido para uma unidade solitária.

Julgamentos que não acabam mais

Além da morte de Odin Lloyd, que era namorado da sua cunhada, Hernandez é o principal suspeito de ter assassinado dois homens em uma boate de Boston, em 2012. O caso só veio à tona meses depois do caso de Lloyd, em julho de 2013.

Nesta quinta-feira, o ex-jogador foi inocentado pelo crime de intimidar para silenciar uma testemunha do caso. Mesmo assim, a Justiça quer ouvir novamente Hernandez no dia 4 de junho sobre o mesmo homicídio.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top