‘Colapso’: técnico detona Nuggets após derrota para Heat no Jogo 2

Pedro Rubens Santos | 05/06/2023 - 06:30

A derrota do Denver Nuggets por 111 a 108 no Jogo 2 das finais da NBA, contra o Miami Heat, em casa, revoltou o técnico Michael Malone. Na entrevista coletiva após o duelo, o treinador usou palavras fortes e enfáticas para descrever o desempenho de seu time, batido após tomar a virada no último quarto.

Para o comandante, a equipe de Miami conseguiu ser melhor que os Nuggets mesmo jogando em Denver e aproveitou o que chamou de colapsos em quadra para pontuar e sair com a vitória, que empatou a série em 1 a 1.

A primeira pergunta da coletiva foi sobre a dificuldade dos jogadores, com exceção de Nikola Jokic, em pontuar na noite de domingo (4). Mas Malone não queria falar sobre isso, e inverteu a conversa.

— Não acho que essa é a principal questão. Vamos falar sobre esforço. Essas são as finais da NBA, e essa é uma grande preocupação minha — desabafou o treinador dos Nuggets. — Vocês acharam que eu estava inventando uma história depois do Jogo 1 quando disse que não jogamos bem. Nós não jogamos bem. E hoje, a escalação titular começou o jogo levando 10 a 2 de Miami. No início do terceiro quarto, eles anotaram 11 pontos em 2:10 minutos.

Depois da vitória na abertura da série, por 104 a 93, na última quinta-feira, o técnico demonstrou preocupações com o basquete apresentado pelo elenco, apesar do resultado positivo. Ele chegou a dizer que a equipe não jogou bem, fala reforçada após o tropeço na segunda partida.

Michael Malone critica time dos Nuggets

Ainda de cabeça quente após deixar a quadra e ver a chance de um 2 a 0 ir por água abaixo, Malone não poupou seus comandados de críticas incisivas.

Bam Adebayo, Miami Heat x Denver Nuggets, finais da NBA. Foto: Reprodução/Twitter/@MiamiHEAT
(Foto: Reprodução/Twitter/@MiamiHEAT)

— Tivemos caras lá que estavam sentindo pena de si mesmos por não acertar arremessos ou achando que eles poderiam ligar e desligar — comentou. — Essa não é a pré-temporada, não é a temporada regular. São as finais da NBA. Para mim, isso é muito desconcertante e decepcionante.

Depois de conversar com o time no vestiário e subir para a sala de imprensa, ainda havia muito a ser dito. E Malone fez questão de tornar público seu descontentamento com o que viu na Ball Arena.

— Eu perguntei ao time se eles sabiam por que perdemos esse jogo, e eles sabiam a resposta. Miami veio aqui e nos superou — disse, à imprensa. — Este foi, de longe, o nosso jogo menos disciplinado de nossos 17 jogos de playoffs. Muitos colapsos, e eles (Heat) aproveitaram cada um deles e pontuaram.

Depois de duas partidas em Denver e uma vitória para cada lado, a série está empatada em 1 a 1 e, agora, segue para Miami, onde serão disputados os jogos 3 e 4. Os Nuggets têm a vantagem, por conta da melhor campanha, de decidir um eventual Jogo 7 em casa. Mas, para isso, é importante que esta passagem pela Flórida não termine em duas derrotas.

— Se vamos lá tentar retomar o controle da série, precisamos superar Miami, o que não fizemos hoje à noite, e ter disciplina exemplar — finalizou Malone.