NBA

Suns x Clippers como aconteceu – resultado, destaque e reação

O jogo dois das finais da Conferência Oeste foi emocionante até o fim. Nesta terça-feira (22), o Phoenix Suns bateu o Los Angeles Clippers por 104 x 103, no Arizona. Decidido no último segundo, o duelo contou com muita disputa, marcação, polêmica e sangue. Com isso, os donos da casa abriram 2 x 0 na série.

ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DE SUNS X CLIPPERS

1º QUARTO: EQUILÍBRIO E BRILHO DE AYTON

Apesar de os Clippers abrirem 6 x 0 no início da partida, os Suns não deixaram os adversários se distanciarem no placar. Com ótimo desempenho do pivô Deandre Ayton – que anotou 12 pontos – os donos da casa terminaram o primeiro quarto com dois pontos da frente.

Os visitantes trabalharam melhor o jogo coletivo e o destaque individual foi Reggie Jackson, contribuindo com sete pontos.

2º QUARTO: PAYNE CHAMANDO A RESPONSA

O substituto de Chris Paul nos primeiros confrontos das finais de conferência chamou a responsabilidade. Cameron Payne, que já havia anotado sete pontos no primeiro quarto, terminou o primeiro tempo com 16. Desta forma, o armador foi importante para manter sua equipe na frente do marcador, já que Devin Booker fazia péssima partida. A principal estrela de Phoenix na temporada e no primeiro jogo, foi ao intervalo com apenas nove pontos e cinco turnovers.

Enquanto isso, LA continuou sem um brilho individual. Sete jogadores pontuaram no período, mas nenhum com dois dígitos.

3º QUARTO: SUNS PREVALECERAM

O 3° quarto foi de dominância dos Suns. Com isso, os Clippers precisaram correr atrás do placar durante boa parte do período. O cenário não mudou muito em relação ao primeiro tempo. Portanto, Ayton e Payne comandaram as ações ofensivas dos donos da casa. Enquanto Booker ganhou destaque por um cabeçada acidental sofrida por Patrick Beverley e precisou estancar o sangramento.

Os visitantes dependeram de boas ações de Paul George para manter a disputa acirrada no último quarto, com apenas quatro pontos de desvantagem.

4º QUARTO: INSANIDADE NOS ÚLTIMOS SEGUNDOS

Os últimos 12 minutos fizeram jus a uma final. As estrelas de ambas as equipes apareceram. Com isso, Paul George e Devin Booker chamaram a responsabilidade aparecendo mais no jogo e alternando bolas importantes.

Apesar de mais participativo, PG13 pecou em um momento crucial do jogo: dois lances livres não convertidos que poderiam abrir três pontos de vantagem, com oito segundos no relógio. Porém, o mais impressionante estava por vir.

Faltando apenas nove décimos de segundo para o fim, em uma saída de fundo quadra, Jae Crowder conectou linda ponte aérea cravada por Deandre Ayton. Era a virada dos Suns, que vencera por apenas um ponto de diferença.

No fim, os destaques de LA foram George com 26 pontos e Jackson com 19. Pelo lado de Phoenix, Payne totalizou 29 pontos e nove assistência, Ayton com duplo-duplo de 24 pontos e 14 rebotes, além de Booker, que mesmo apagado terminou com 20 pontos.

CLIPPERS X SUNS – E AGORA?

Após um final de partida intenso e inesperado como o do Jogo 2, os Suns ganham ainda mais moral para o próximo duelo. Desta forma, na expectativa do retorno de Chris Paul, o objetivo é conseguir vencer fora de casa e ampliar ainda mais a vantagem.

Já os Clippers precisam fazer algo semelhante ao que fizeram nas semifinais. Na ocasião, perderam os dois primeiros jogos fora de casa, mas depois embalaram quatro vitórias seguidas para a classificação. Com Kawhi Leonard ainda sendo uma incógnita, precisarão usar as dores deste último jogo como inspiração.

O Jogo 3 das finais do Oeste acontece nesta quinta-feira (24), às 22h (horário de Brasília) no Staples Center, em Los Angeles.

Foto destaque: Divulgação/Phoenix Suns

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular

To Top