NBA: Em noite de recorde de LeBron, coadjuvantes garantem triunfo dos Lakers

Victor Francisco | 26/01/2024 - 03:18

Na semana que a Academia de Artes e Ciências de Hollywood apontou seus concorrentes para 2024, o maior indicado da noite foi LeBron James. O icônico e lendário jogador do Los Angeles Lakers conseguiu sua 20ª indicação para o All-Star Game, um feito inédito. Em quadra, o ator principal do time da Califórnia até que brilhou no último quarto, mas quem garantiu e sustentou o domínio dos Lakers sobre o Chicago Bulls fora os coadjuvantes Austin Reeves, Jared Vanderbilt e D'Angelo Russell.

Se DeMar DeRozan foi o cestinha do jogo – principalmente devido às bolas de três pontos – com 32, Russell marcou 29 para os Lakers, com boas pontuações também de Reeves (20) e Vanderbilt (17). LeBron fez 25 pontos e ajudou no recorde de pontos dos Lakers na temporada – o time não tinha marcado mais de 141 pontos em um só jogo em 2023-24.

O jogo: depois de um primeiro quarto equilibrado, domínio dos Lakers

Os Lakers tiveram que usar um tempo para parar Caruso, ‘on fire' com bolas de três. Na volta do tempo, o jogo equilibrou-se no primeiro quarto, com as duas equipes alternando a liderança no placar – foram simplesmente 18 mudanças!

O segundo quarto começou com 32 a 31 para o Bulls e a maior diferença de pontos até a metade do segundo quarto foi de quatro pontos, quando os anfitriões roubaram a bola e fizeram 47 a 43.

A partir deste ponto, o aproveitamento das bolas roubadas dos donos da casa passou a fazer a diferença, assim como as bolas de três do Bulls não obtiveram a mesma eficiência do primeiro quarto. O jogo foi para o intervalo com o time da casa à frente: 73 a 57.

O terceiro quarto voltou com o Bulls um pouco mais acordado, pontuando primeiro após um toco brutal em Reeves e uma cesta de três de Caruso. No entanto, a melhora anímica dos visitantes não foi o suficiente para diminuir o ímpeto e concentração dos Lakers, algo que por vezes falta na temporada atual. Ao final do quarto em que D'Angelo Russell brilhou pelos Lakers, 112 a 93.

O último quarto começou com LeBron marcando e sofrendo falta, ampliando a vantagem em mais três pontos, que ainda fez os próximos três pontos dos Lakers lançando do perímetro. O último quarto reservou bons momentos para o veterano, que após um rebote importante, lançou a bola rapidamente para uma improvável enterrada de Austin Reeves.

Apesar da desconcentração dos donos da casa e a reação dos Bulls no final, o placar final deu a vitória para o time da Califórnia: 141 a 132.

Próximas partidas de Lakers e Bulls

O Lakers conseguiu sua 22ª vitória, contra 23 derrotas, e vai tentar empatar o desempenho contra outro icônico time – o Golden State Warriors. Já o Bulls tem 21 vitórias e 24 derrotas e terá uma missão um pouco mais fácil diante do Portland Trail Blazers.

Escrito por Victor Francisco
Campeão Brasileiro de Futebol Americano pelo Corinthians Steamrollers (2011), Victor é jornalista, com experiência na área esportiva como Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League. É fundador da plataforma de mídia Salão Oval, destinada ao futebol americano no Brasil. Foi narrador e comentarista do futebol americano praticado no Brasil no BandSports, Fox Sports, Globo Esporte.com e ESPN.