NBA: Orlando Magic aproveita ‘apagão’ dos Timberwolves e vence de virada

Márcio Júnior | 03/02/2024 - 01:06

Apagou ai? Em Minnesota, sim. Minnesota Timberwolves e Orlando Magic se enfrentaram na noite desta sexta-feira (2) em um jogo cheio de emoções e reviravolta. Depois de estar vencendo por 17 pontos, os lobos sofreram um verdadeiro apagão jogando em casa, no Target Center, e viu os visitantes levarem a melhor por 108 a 106.

Destaque para o armador de Orlando, Paolo Banchero, selecionado pela primeira vez para o All Star, que anotou 23 pontos e foi o cestinha do jogo. Franz Wagner w Wendell Carter Jr contribuíram com 19 e 18 pontos, respectivamente.

E nem mesmo os 22 pontos e 16 rebotes do francês Rudy Gobert foram capazes de evitar a décima quinta derrota dos Timberwolves na temporada, que agora começa a se preocupar com os Thunder na tabela de classificação.

Wolves tem início avassalador, mas vacila no 2ª quarto

O primeiro quarto do Minnesota Timberwolves no confronto contra o Orlando Magic foi digno da posição que a equipe ocupa na Conferência Oeste da NBA. Lideres com 34 vitórias, os lobos acertaram tudo e mais um pouco nos primeiros 12 minutos do jogo, com mais de 70% no aproveitamento de quadra.

Tudo isso rendeu a equipe uma boa vantagem de 12 pontos ao fim do primeiro período, com uma boa atuação coletiva, liderando quase todas as estatísticas contra um bom Orlando Magic. Mas o que eram as mil maravilhas, de repente se tornou um caos para os Lobos. Aos poucos, a equipe foi vendo a sua vantagem diminuir a cada posse de bola, com a franquia de Orlando se aproximando.

Orlando Magic aproveita apagão do Timberwolves para definir vitória

Logo no terceiro período o Orlando Magic mostrou que não iria entregar a vitória de mão beijada. Muito pelo contrario. Liderados pelo All Star Paolo Banchero, o Magic foi para cima dos líderes da Conferência Oeste. E conseguiu o que queria. Ainda no terceiro quarto, Magic chegou a virar o duelo.

Mas foi no início do último período que a coisa mudou. Logo nos primeiros minutos do último quarto, os Timberwolves sofreram um apagão, e durante 5 minutos a equipe marcou apenas dois pontos, enquanto o Magic anotou 15 para virar o jogo. Os irmãos Moritz Wagner e Franz Wagner foram os responsáveis por conduzir a virada.

Atrás do placar, os donos da casa tentavam correr atras do prejuízo mas, diferente do primeiro período do jogo, sofria com a falta de pontaria dos seus jogadores. Nos 12 minutos finais do jogo, os lobos fizeram apenas 18 pontos com um aproveitamento de menos de 30% nos arremessos de quadra.

O Orlando Magic, por sua vez, aproveitou o grande número de erros e faltas cometidas pelos donos da casa para garantir a sua segunda vitória seguida na temporada.

Escrito por Márcio Júnior
Márcio Júnior é baiano formado pela Faculdade Regional da Bahia. Cobriu de carnaval a Copa do Mundo na TVE Bahia, onde venceu o prêmio de reportagem do mês. Apaixonado por futebol, NBA, NFL e games de história. Torcedor do Bahia e Los Angeles Lakers. Passei pela ALBA, Rádio Educadora, Superesportes e Trivela. No Quinto Quarto desde julho de 2023.